Zebraça na areia (ou lama) de Guadalajara



A zebra passeou com tudo nesta terça-feira, em Guadalajara. Os campeões do mundo Emanuel e Alison perderam para os cubanos Gonzalez e Piña, por 2 sets a 0, parciais de 21-19 e 21-10.

Agora, os brasileiros precisarão vencer na próxima rodada os desconhecidos dominicanos Ventura e Cuevas para evitar uma surpreendente e precoce eliminação.

O jogo foi marcado por várias provocações dos caribenhos, que até dançaram após vitória no primeiro set.

– Eles foram muito bem, não erraram quase nada, e a gente errou muito, principalmente nas jogadas de ataque. Eles são muito fortes, saltam muito. Mas é só o começo, temos mais um jogo pela frente e vamos tentar vencer para classificar para as quartas de final – disse Emanuel à TV Record.

Até então, a coisa mais importante que havia acontecido no vôlei de praia pan-americano era a qualidade da areia, se é que podemos chamá-la assim. Na verdade, com atletas suados, o material se transforma em barro ou lama, e fica grudado no corpo. As duas fotos da agência Efe explicam melhor do que minhas palavras.

Em 2003, estava em Santo Domingo e presenciei o mesmo descaso com o vôlei de praia. A Feria Ganadera, o local dos jogos, era uma arena de touros, adaptada para o evento. O piso era muito duro, com pedras, inclusive. Até pesquisei aqui e achei uma citação do COB sobre o assunto.

– O chão atrapalhou muito mesmo, principalmente para os brasileiros. Aqui não se jogou o vôlei de praia que estamos acostumados, se a competição fosse na areia mesmo, na areia de praia, acredito que o resultado poderia ser diferente. Queríamos o ouro, lutamos para isso, veio o bronze e temos que comemorar – comentou Marcelo Penner, técnico de Ana Richa/Larissa, após o bronze da dupla.



  • TIGRAO

    Daniel parece que vai dar BRASIL X ARGENTINA na final masculina na PRAIA, os argentinos despacharam a dupla americana e vem com tudo para a semfinal contra a venezuela, já ALISSON e EMANUEL vão ter que enfrentar os donos da casa nas semi por causa do tropeço contra os cubanos. Esse cubanos foram eliminados pela dupla do México.
    No feminino, já era esperado que a experiente dupla Mexicana que vem medalhando sempre no PAN estivesse no podium:a habilidosa mexicana MAYRA GARCIA foi PRATA em 2003 e BRONZE em 2007, ALÉM DE TER DISPUTADO AS OLIMPÍADAS de Atenas/2004 e Pequim/2008, espero uma final emocionante pois dessa vez as mexicanas jogam em casa contra JULIANA e LARISSA.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo