A zebra aparece em Belo Horizonte



O complemento da primeira rodada da Superliga feminina teve uma surpresa daquelas. Em Belo Horizonte, o Camponesa/Minas foi derrotado em sets diretos pelo São Cristovão/São Caetano, parciais de 25-21, 25-22 e 25-23.

Fernanda Tomé, grande nome do time na última temporada, foi eleita a melhor em quadra. Ela terminou o jogo com 14 pontos.

– A gente sabia que ia ser um jogo muito difícil, mas entramos em quadra determinadas fazer aquilo que treinamos a semana toda, nosso saque entrou bem e a nossa defesa fez a diferença. A gente buscou ponto a ponto e foi uma vitória importante do grupo nesta estreia – disse a ponta, alvo de vários times na última janela de transferência.

Carol Gattaz, capitã do time mineiro, não poupou críticas ao desempenho na noite de ontem.

– É inaceitável a gente jogar em casa desse jeito, o time não encaixou. Temos que correr atrás e treinar. Estamos no começo da temporada, não esperávamos estrear dessa maneira. A gente achava que o time estava preparado, mas vimos que o nosso time precisa melhorar muito. Hoje, a gente não conseguiu jogar.

Em Barueri, na reprise da final do Paulista, o Vôlei Nestlé voltou a derrotar o Hinode/Barueri por 3 a 1 (25-17, 23-25, 25-20 e 25-17). O saque foi a grande arma da equipe da casa. Foram 11 aces. Tandara terminou o jogo com 22 pontos.

E duelo teve várias novidades em quadra. Sem Mari Paraíba, lesionado, Spencer Lee colocou Bruna como titular. Quem também ganhou uma chance foi Lorenne, que atuou na vaga de Paula. A sérvia Ninkovic foi outra a ter uma chance no meio de rede, na vaga que era ocupada anteriormente por Nati Martins. Já em Barueri, a estreia na Superliga marcou a apresentação da ponta Jaqueline e da levantadora Francine, ex-Rio do Sul, que entrou na inversão, pela ausência de Naiane, lesionada.

– Estou me sentindo bem. Mantive minha forma física, mas ritmo de jogo ainda me faltou e o Zé entende isso. Acho que foi importante a minha estreia para ajudar a equipe do banco, entrando para sacar ou até para dar uma palavra de apoio para as meninas. Estou super feliz na nova casa, o Zé me conhece há anos e espero ter muitas alegrias aqui no Hinode – analisou Jaqueline.

Outros dois favoritos estrearam com vitória. O Sesc foi até Santo André e fez 3 a 0 no Sesi, parciais de 25-16, 25-9 e 25-21. Monique foi eleita a melhor em quadra. Também fora de casa, o Dentil/Praia Clube bateu o Renata/Valinhos, substituto de última hora do Rio do Sul na Superliga, por 3 a 0: 25-21, 25-15 e 27-25.

Já o Pinheiros fez valer o fator casa e derrotou, de virada, o Bauru por 3 a 1: 23-25, 25-23, 25-17 e 25-21.

– Começamos com o pé direito na Superliga, mas foi bem puxado. A superliga está muito equilibrada esse ano. Demoramos pra entrar no ritmo do jogo, mas deu certo – comemerou Vanessa, a melhor da partida.

 



MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo