Zé Roberto no LANCE!



Os companheiros Claudinei Queiroz e Rafael Valesi fizeram, na semana passada, uma entrevista com o tricampeão olímpico José Roberto Guimarães.

Ela foi publicada neste domingo. Para quem não comprou o LANCE!, segue link com o material.

http://www.lancenet.com.br/mais-esportes/Ze-Roberto-jogadoras-acreditam-Brasil_0_774522642.html

 



  • diego

    olaa,esse e meu primeiro comentario mais aconpanho aqui faz um tempinho.quero te parabenizar pelo blog.e um blog leve sem nenhum tipo de critica e nem veneno como de outros por ai.venho tbm vendo o blog de um certo blogueiro (blog do BV) e parei pra pensar na diferença entre uns e outros.entao decidi te deixar um obrigado por um blog leve e ate com um pouco de humor.nao sei se vc vai ler mais ta postado..

    • Daniel Bortoletto

      leio todos, Diego

  • Clivia

    Parabens ao Lance pela reportagem.

  • Luiz

    O Zé Roberto podia deixar a Mari em paz um pouquinho. Chega de ficar gongando a garota. Já passou. Já colocou nas costas dela a culpa pela perda da vaga olimpica na copa do mundo; já deu a entender que ela é uma desequilibrada mental; já disse aos quatro cantos que ela não tem energia, não tem alegria. Então, chega! Deve ser terrível passar por um momento ruim na vida e ainda ficar escutando besteira. E o pior de tudo é que ele está seguindo o coro de parte de uma torcida imbecil e mal educada. Ele quer que a Mari se mate? É isto? Porque se uma pessoa está tão desligada do mundo, como ele vem dizendo, ele continua alfinetando? Só pode ser pra prejudícá-la. Deixe a mina em paz! Mas é porque tudo que envolve o nome dela rende mídia. O Auê olimpico já passou, não é mesmo? Eu sei que os jornalistas perguntam, mas cabe a ele dizer que já foi tudo esclarecido (na cabeça dele) e pronto.

    • Jairo(RJ)

      Luiz, desculpe por não concordar contigo
      Não li nada depreciativo em relação a Mari. Muito pelo contrário, acho que hoje a Mari está na Turquia muito por ainda ouvir o Zé, que de bobo não tem nada. Assim, Mariane Stenbrecher terá a oportunidade de longe dos problemas extra quadra desenvolver seu melhor voleibol… Só um puxão de orelha, dizendo… “Mari tá na hora de crescer !!!”

      Na matéria ele coloca a responsabilidade da volta à seleção nas mãos dela, bem como de qualquer outra jogadora. Desencana amigo Luiz… até ao primeiro jogo no Maracanãzinho muito coisa vai acontecer e com isso nossa querida (as vezes odiada) Mari terá um descanso. rsrrs

    • Luiz

      E falando de Mari. Parece que o Fenerbahçe vai fazer a Mari jogar de oposta, para que Paula e Kim fiquem nas pontas. Estas três – em forma – podem dar trabalho.

      http://www.melhordovolei.com.br/index.php/noticias/nacional/item/3716-mari-diz-que-vai-comecar-jogando-no-fenerbahce-de-oposto-vai-para-a-ponta-e-volta-para-a-saida-de-novo

      • leandro

        Luiz, na Turquia o limite de estrangeiras em quadra é 2. Portanto, Mari ou Paula vão dançar, pois a Kim é titular absoluta.

        • Luiz

          Não em jogos internacionais, como por exemplo o campeonato Mundial, e outros dois que o Fene vai jogar ainda este ano.

    • Perikito

      Eu não acho que o Zé esteja “gongando” a Mari. Ele é o cara que mais acredita no potencial dela, tanto que insistiu em vários campeonatos nela como titular, dando oportunidade dela se recuperar em quadra. Quem não gostaria de ter uma chance dessas? A Paula viveu uma fase terrível na carreira no ciclo que acabou e teve que provar do banco que ainda é “o” cara. Foi quem mais penou para se manter na seleção. Bastava uma sequência de duas ou três bolas mal recepcionadas pra voltar pro banco. Se via isso com a Mari? Nunca.

      Gosto de todas duas, Mari é minha preferida, mas não vou tapar o sol com a peneira. Dentre as ponteiras de força, nenhuma foi mais privilegiada pelo Zé do que ela.

      • Luiz

        Você enlouqueceu? O Zé sempr epegou no pé da Mari. Se ela errada três vezes era banco. E ele só deixava ela jogar de ponteira titular porque a Jaqueline pediu dispensa da seleção umas mil vezes. A Jaqueline sempre foi a preferida do Zé.

        • Perikito

          Eu me referi a “ponteira de força”, você notou? A escalação dos sonhos do Zé no ciclo de Londres seria sempre com a Mari (a ponteira de força) mais uma ponta passadora nata, que seria a Jaque se essa estivesse com a seleção. Reitero: essa dupla faz parte da formação preferencial dele.

          Só que elas estiveram juntas poucas vezes, pois sempre uma delas era obrigada, por alguma razão, a não estar na seleção. (A Jaque ficou de fora em 3 oportunidades nesse ciclo: quando pediu um tempo pra casar; quando abortou e quando se lesionou seriamente). Raramente a Mari, assim como a Jaque, iniciava uma partida do banco. Raro mesmo.

          Quando a Mari começa a quinar, o Zé tem a paciência de deixá-la se recuperar. Se não acontece, ele põe outra ponteira em seu lugar e depois sempre volta com ela. Sempre.

          Repito: eu também sou fã da Mari. Só que não sou como 99% dos seguidores dela que veem implicância do Zé ou da comissão técnica com ela. Quando você viu o Zé gritar com ela do mesmo modo que faz com a Paula? Me mostre.

          Mari teve todas as chances dela, e ainda as tem. Se ela quiser, ela volta pra seleção. Tanto que o Zé sempre deixa claro que as portas não estão fechadas. Ele não é besta e sabe muito bem a Mari é única, tem condições físicas pra mais uma olimpíada e não temos pra esse ciclo que está por se iniciar uma jogadora com as características dela. Ele ainda precisa dela. É claro que ela tem que mostrar que continua sendo, coisa que não fez desde que voltou da lesão no joelho.

    • Luiz

      Não estou falando apenas desta entrevista. Mas sim de várias. Icluindo também a declaração que ele deu no programa “Bem Amigos”. Ele colocou a culpa da perda da vaga olimpica na copa do mundo toda nas costas da Mari. Veja:

      http://www.youtube.com/watch?v=pb_PlYXb0wQ

      • flavio

        essa entrevista eh classica. esse cara eh um covarde! em detrimento de fabiola, mari e brait, levou tandara, natalia e fernandinha que tiveram participacao zero em londres. mas fazer oq? depois do ouro, ele que ja era queridinho da midia, se tornou intocavel.
        preguiça!
        isso sem contar que ele disse em outra entrevista recente, que jaque so nao foi titular em pequim porque se contundiu. que paula e mari brigavam pela outra vaga. essa declaracao eh de rolar no chao de dar risada!

  • RafaelCasta

    Parabens LUIS assino tudo que voce escreveu. Pareci que pra prova que tava certo:ps nao tava nao: tem que fica o tempo todo diminuindo a MARI. Que eu saiba todas as jogadoras tambem perderao !!!!!!!!!!.

  • RafaelCasta

    Parabens LUIS assino tudo que voce escreveu. Pareci que pra prova que tava certo:ps nao tava nao: tem que fica o tempo todo diminuindo a MARI. Que eu saiba todas as jogadoras tambem perderao !!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Eduardo Araujo

    Ele esta por cima da carne seca, vai falar mesmo e claro ele não vai falar que mais da metade da seleção brasileira, não vai com a cara dele, que a Fabizona na reunião colocou os pingos nos Is, e que obrigaram ele a mudar a escalação da seleção brasileira.

    Uma grande prova disso foi a atitude das jogadoras do Sollys no jogo contra a equipe dele, fora a falta de elegância dele depois do jogo quando ele fala que é a base da recepção do Sollys é da seleção e ele que treino e deixa elas, pq vamos chegar…

    Eu já falaria outra coisa para o ZR a base pode ser vista como a recepção do Brasil, mas a novidade lá é a Fernanda Garay, no esquema de recepção todo mundo já joga junto a um bom tempo!!!

    • Daniel_Sam

      Eu tbm percebi uma certa comemoração extravagante das jogadoras do Sollys/Osasco em vários pontos do jogo e tbm um certo desrespeito da parte do José Roberto Guimarães após o jogo, quando ele falou em entrevista ao sportv2 “deixa elas, nós vamos chegar”, ele poderia se conter na parte do DEIXA ELAS…

    • Luiz

      Eu também notei. Até a Sheilla estava gritando na cara das jogadoras do Campinas. O Zé parecia que não estava entendendo muito coisa.

  • Paulo Henrique

    Zé Roberto já está saturado na mídia, não acham? Espn, Lance, Globo, Sportv, Band, Record, enfim. Quem viu, como eu, na época das olimpíadas sua entrevistas pós-ouro já viu e ouviu o que ele tinha a dizer. Sou fã de seu trabalho, mas sinto uma falta de consideração por parte da mídia pela seleção masculina. Não vi nenhuma entrevista especial com Bernardinho. Perdemos o ouro? sim, mas uma seleção chegar em três finais olímpicas seguidas, acredito que nenhuma. Foi um fim de uma geração vitoriosa. Esporte coletivo que mais títulos conquistou e mesmo assim só damos atenção aos que vencem. Infelizmente os homens não levaram e consequentemente tiveram seu papel na mídia completamente esquecido.

    • Daniel Bortoletto

      vários tentaram e ele não quis falar

  • Perikito

    “Quando começamos a competição jogando mal fiquei sem entender, e procurei tirar essa pressão das jogadoras. Mas quando ganhamos da Rússia, tive a sensação de que tínhamos de passar por isso, que essa geração não podia terminar um ciclo sem ganhar uma partida dessa maneira, como nós tínhamos perdido para a Rússia em várias competições. Foi o retorno.”

    Quase choro ao ler isso. Ele tem razão. As meninas precisavam vencer a Rússia passando por um sufoco desses. É bom ganhar dando uma surra, mas foi bom provar que mesmo apertando o juízo delas são capazes de vencer.

  • RafaelCasta

    Daniel o que eu vou pergunta nao tem nada a ver com o poste.?Voce sabe si algum canal Brasileiro vai transmitir o campeonato mundial feminino?

    • Daniel Bortoletto

      não sei

  • flavio

    que preguiça desse ze ruela!

    • Luiz

      Ele fez uma grande cagada nestas olimpiadas: Tandara, Fernandinha e Natália entraram quando os jogos estavam difíceis e não fizeram NADA. Só atrapalharam. Mas, como ele ganhou, vai continuar fazendo M… até prejudicar a seleção, como o Bernardinho fez após o Mundial de 2010.

MaisRecentes

E vem mais um Zenit Kazan x Sada/Cruzeiro por aí!



Continue Lendo

Após virada incrível no 3º set, Minas avança na Copa



Continue Lendo

O tetra está vivo! Sada/Cruzeiro na semi do Mundial



Continue Lendo