Volta Redonda na próxima Superliga



O Volta Redonda acertou os ponteiros com a CBV e vai disputar a próxima Superliga masculina. O tema encerra minha coluna Saque, publicada hoje, no LANCE! (o assunto principal é polêmico: comprem na banca mais próxima ou no próprio site, acessando a edição digital).

As reuniões entre a entidade e Rogério Loureiro, presidente do clube, levaram os dois lados a um entendimento. O Voltaço vai resolver as pendências salariais do início da temporada passada com alguns atletas (outros entraram com ações para recebimento via judicial) e a CBV aceitará a inscrição.

A disputa entre os dois lados já estava na Justiça, como vocês sabem. O Volta Redonda havia conseguido uma liminar para participar, mas a CBV posteriormente conseguiu cassá-la. Jogadores foram até a sede da entidade e protestaram. E assim os bastidores estavam quentes, posso dizer fervendo, desde então.  Tanto que Sylvio Maia, diretor executivo do time, pediu demissão no fim da última semana.

O anúncio oficial do Voltaço na Superliga ainda não aconteceu, mas o time participou das reuniões entre CBV e clubes, na última semana, em São Paulo, como ouvinte. Um indício de que o acerto estava para acontecer. Uma versão da tabela da competição, inclusive, já possui o time entre os participantes.

Hoje, somente uma grande e improvável reviravolta mudaria a situação.

 

 



MaisRecentes

Brasil “mapeia” os perigos para duelo com a Austrália



Continue Lendo

Wallace, Sander, Conte: destaques da 1ª fase do Mundial



Continue Lendo

Sada/Cruzeiro confirma estreia na Libertadores do vôlei



Continue Lendo