Volta Redonda joga ducha de água fria em parceria com Botafogo



Se depender do Volta Redonda, a parceria com o Botafogo não sairá mais.

Em entrevista ao repórter do LANCE! Luiz Paulo Montes, Luiz Eduardo Fernandes, gerente do Volta Redonda, revelou que a repercussão negativa na cidade foi um dos motivos.

– A parceria está engavetada. A prefeitura, nosso principal patrocinador, não aceita que ocorra nos termos propostos pelo Botafogo. Hoje, a chance de o negócio é acontecer é zero. A repercussão da notícia foi muito negativa para a nossa torcida. Temos um projeto, já participamos da Superliga, não podemos apagar essa história que temos por causa do aporte financeiro. Seria ótimo para nós, mas não foi interessante – declarou ao LNET! Luiz Eduardo.

Segundo o dirigente, pela proposta do clube carioca, apenas o líbero da equipe e a comissão técnica usariam o uniforme com o símbolo do Volta Redonda, algo que não agradou as partes envolvidas.  Luiz Eduardo Fernandes, inclusive, afirmou que em nenhum momento a parceria esteve próxima de ser concretizada, como disse Miguel Ângelo da Luz, na semana passada.

– Estávamos apenas negociando, não estivemos perto de fechar. Eles propuseram a parceria e nós e a prefeitura elaboramos um projeto para analisar como tudo seria feito. O vazamento da notícia, ao invés de alavancar, travou tudo. Hoje descartamos que algo aconteça com o Botafogo – disse.

Procurado pela reportagem e informado das declarações dos dirigentes do Volta Redonda, Miguel Ângelo da Luz disse ter sido pego de surpresa e afirmou que na noite de segunda-feira fez contato com Luiz Eduardo para agendar uma reunião pelo projeto.



MaisRecentes

Vaivém: Site crava volta de Hooker ao Osasco



Continue Lendo

Brasil não toma conhecimento da Argentina



Continue Lendo

Termina a parceria campeã olímpica de Alison e Bruno Schmidt



Continue Lendo