Volta Redonda joga ducha de água fria em parceria com Botafogo



Se depender do Volta Redonda, a parceria com o Botafogo não sairá mais.

Em entrevista ao repórter do LANCE! Luiz Paulo Montes, Luiz Eduardo Fernandes, gerente do Volta Redonda, revelou que a repercussão negativa na cidade foi um dos motivos.

– A parceria está engavetada. A prefeitura, nosso principal patrocinador, não aceita que ocorra nos termos propostos pelo Botafogo. Hoje, a chance de o negócio é acontecer é zero. A repercussão da notícia foi muito negativa para a nossa torcida. Temos um projeto, já participamos da Superliga, não podemos apagar essa história que temos por causa do aporte financeiro. Seria ótimo para nós, mas não foi interessante – declarou ao LNET! Luiz Eduardo.

Segundo o dirigente, pela proposta do clube carioca, apenas o líbero da equipe e a comissão técnica usariam o uniforme com o símbolo do Volta Redonda, algo que não agradou as partes envolvidas.  Luiz Eduardo Fernandes, inclusive, afirmou que em nenhum momento a parceria esteve próxima de ser concretizada, como disse Miguel Ângelo da Luz, na semana passada.

– Estávamos apenas negociando, não estivemos perto de fechar. Eles propuseram a parceria e nós e a prefeitura elaboramos um projeto para analisar como tudo seria feito. O vazamento da notícia, ao invés de alavancar, travou tudo. Hoje descartamos que algo aconteça com o Botafogo – disse.

Procurado pela reportagem e informado das declarações dos dirigentes do Volta Redonda, Miguel Ângelo da Luz disse ter sido pego de surpresa e afirmou que na noite de segunda-feira fez contato com Luiz Eduardo para agendar uma reunião pelo projeto.



MaisRecentes

Brasil perde segunda para os Estados Unidos



Continue Lendo

Lucarelli oficialmente fora do Mundial



Continue Lendo

Rússia fatura torneio preparatório para o Mundial



Continue Lendo