Vôlei renasce no Rio com dois times masculinos. E já tem até jogo marcado



É com muita alegria que vejo a volta do Botafogo ao vôlei, que finaliza as negociações para se juntar ao Volta Redonda, que disputou as últimas edições da Superliga Masculina. Antes que vejam o elogio como clubismo e me rotulem como torcedor do time de futebol de Loco Abreu, Maicosuel, Jefferson & Cia., deixo claro: sou corintiano.

Para os mais jovens, o Botafogo tem longa tradição no vôlei. São mais de 20 títulos estaduais, por exemplo. Sempre que fala da carreira como jogador, Ary Graça Filho, presidente da CBV, relembra da passagem pelo clube da Estrela Solitária.

Duas temporadas atrás, o Fogão tentou montar um time feminino. Já tinha até um acordo verbal para Antonio Rizola ser o técnico (até escrevi uma coluna no LANCE! sobre isso), mas a falta de patrocínio para montar um time competitivo fez o projeto não sair.

Desta vez, Miguel Ângelo da Luz (ex-técnico de basquete, campeão mundial com a Seleção feminina em 94 e prata na Olimpíada de 96), que é diretor de esportes olímpicos do Fogão, vê o projeto estar prestes a sair do papel. O acordo com Volta Redonda foi feito e o Botafogo espera fechar até terça-feira um patrocinador master para oficializar o time. Até então, a prefeitura local bancava parte do projeto. Ainda existe uma negociação com outro apoiador privado em curso.

O andamento do projeto já foi comunicado inclusive para a CBV, que ficou satisfeita. Técnico e coordenador do time ainda não estão definidos. Jogadores já contratados por Volta Redonda serão mantidos e outros estão apalavrados. Miguel admite a tentativa de contratar também um reforço cubano.

Os jogos acontecerão em Volta Redonda e também em General Severiano.

A montagem do Botafogo/Volta Redonda fará o Rio de Janeiro ter novamente um confronto local pela Superliga masculina, já que o poderoso RJX fará sua estreia na temporada 2011/2012. Os dois, inclusive,  já definiram a data para um jogo de apresentação. Ele aconterá, inicialmente, no dia 27 de julho, no Maracanãzinho.

Para a cidade que respira Olimpíada, nada melhor do que revitalizar um esporte campeão, que andava restrito ultimamente ao investimento da Unilever no feminino.

O que acharam?



  • Marcelo Souza

    Daniel qual a situação dessas jogadoras que até agora não foi falado nada, por favor estamos esperando as noticias todos os dias. As jogadoras são – Sollys/Osasco: Jaqueline Maria Pereira de Carvalho Endres; Sabrina Mancio Floriano; (Dani Vieira) – Daniela Vieira da Silva, Ellen Grazielle Saldanha do Amaral; Thaís David Barbosa; Ednéia Anjos de Souza Lima. Unilever/Rio de Janeiro: (Dani Suco) – Daniele C. Marcelo de Oliveira; Carolina Azevedo Won-Held de Freitas. São Caetano: Fernanda Davis Tomé; Letícia de Carvalho Guimarães; Aline Antunes Souza Silva; Ana Clara W. Saldanha; Gabriela Cordal Sasso; Isabela das Silveira Paquiardi; Karine Kelley Rangel de A. Monte; Maiara de Lourdes do Santos; Paulini Johan Ramme; Thaynara Emmel Roxo;Vi Danielle dos Santos Moreira – (Dani); (Katchu) – Kátia Maria Rodrigues. E.C Pinheiros: Verônica Maria C. de Brito, Eduarda Kraisch; Fernanda Luiza Kuchembecker; Jessica Peixoto; Kasiely Clemente; Bárbara Louise Bruch; Suelen Fernanda Santana Pinto; (Lia) – Juliana Valongo de Castro. Usiminas/Minas: Silvana Fernandes Papini; Francyne Aparecida Jacinto; Kenia Barros da Silva Madureira; Sâmera Taila; Marcella Macedo; Fernanda Frizzo de Oliveira; Nicole Marie Fawcett. Vôlei Futuro/Araçatuba: Fabiana Marcelino Claudino; (Dani Olivetti) -Daniela Hessel Olivetti; Arianne de Carvalho Tolentino; (Jú Saracuza) – Juliana Borges Saracuza; Elis Cristina Bento; (Teny) – Stephany Carvalho da Silva. Praia Clube/Banana Boat/Uberlândia: Rafaella Untar Dal Ponte; Mayara Cristina Almeida Peixoto; Elyara, Camila Aguiar Lelis, Nicole Oliveira Silva, Paula Neves Magalhães de Barros; Fernanda Soares da Silva Carneiro; (Nine) – Ana Paula Larroza. BMG/São Bernardo: Bruna Honório da Silva; (Helo) – Heloiza Lacerda Pereira; Macris Fernanda Silva Carneiro; Tatão; (Dani Scott) – Danielle Racquel Scott Arruda; Kátia Andrea Monteiro; Thais Mariely Custódio de Sousa. BMG/Mackenzie E.C: Ligia Ronca Centeno Reis; Emília Nunes de Oliveira, Thaynã Ferreira de Moraes, Gabriela Braga Guimarães; Fernanda Oliveira de Faria; Joyce da Cruz Victalino; Nayara Estephane G. de S. Ferreira; Carina; Angélica da Penha Correa Cabocla; Samanta Daiany Oliveira Oleynick; Vivian Caroline Moreira Rodrigues; (Tati Saldanha) – Tatiana Saldanha Silva; (Wime) – Aline Aparecida Siqueira; (Vivi Cruz) – Viviane Soares da Silva Oliveira Cruz. Macaé Sports: Camila Barreto Adão; Carla Bicalho Barreto – (Carlinha), Natiele Marques Gonçalves; Thays Ferreira Rodrigues, Marjorie Fernanda Apolinário Correa; Flávia Cristina Gonçalves de Assis; (Marcelinha Felinto) -Marcela Coelho da Silva Felinto. Pauta/São José/Santa Catarina: Léia Aparecida Lima; Carolina Weber Schmidtt; Cintia Regina Mendes Fernandes; Liv Stephania Sauer Fortes; Patricia Mileide Mozel; Natália Vieira Daneliczin; Michele Botzan; Danúbia Marcela Wessler; Thatiana Metzker Crispim. E ai Daniel sei que é muitas jogadoras mas nós amantes do volei ficamos impacientes e curiosos para saber como vai ficar os times. Desde já agradeço a sua atenção para nós frequentadores deste espaço único. Parabéns pelo seu trabalho.

    • Daniel Bortoletto

      dá pra montar quantos times aí, Marcelo? (rs)
      tem gente desempregada, outras em negociação pra ficar no Brasil, outras pra sair e outras sinceramente eu não sei… vai ser difícil responder todas, mas a galera do blog vai ajudando

      • Diogo Marcio

        Coitado do Dani, será que ele sabe cpf e rg delas? =o

        • SILMARA

          ESTÁ FALTANDO PATROCÍNIO. ESTE MARAVILHOSO ESPORTE É HJ O SEGUNDO NACIONAL E ESTÁ ENCHENDO GINÁSIOS PELO BRASIL AFORA. Sei de fonte segura que algumas atletas vão jogar a LIGA NACIONAL, JOGOS UNIVERSITÁRIOS, estaduais e SUPERLIGA NO EXTERIOR. Este é o caso de pelo menos 1 atleta relacionada acima, a jovem levantadora LIV SAUER FORTES. Tem contrato firmado na 1.bundesliga Alemã e deve retornar em dezembro. Em conversa informal durante os jogos do campeonato catarinense ela comentava o desejo de permanecer no Brasil. Onde o volei é referência, entretanto os times passam por inumeras dificuldades face a falta de patrocínio.

  • Marcelo Souza

    Daniel qual a situação dessas jogadoras que até agora não foi falado nada, por favor estamos esperando as noticias todos os dias. As jogadoras são – Sollys/Osasco: (Carol) – Carolina Demartini de Albuquerque; Jaqueline Maria Pereira de Carvalho Endres; Sabrina Mancio Floriano; (Dani Vieira) – Daniela Vieira da Silva, Ellen Grazielle Saldanha do Amaral; Thaís David Barbosa; Ednéia Anjos de Souza Lima. Unilever/Rio de Janeiro: (Dani Suco) – Daniele C. Marcelo de Oliveira; Carolina Azevedo Won-Held de Freitas. São Caetano: Fernanda Davis Tomé; Letícia de Carvalho Guimarães; Aline Antunes Souza Silva; Ana Clara W. Saldanha; Gabriela Cordal Sasso; Isabela das Silveira Paquiardi; Karine Kelley Rangel de A. Monte; Maiara de Lourdes do Santos; Paulini Johan Ramme; Thaynara Emmel Roxo;Vi Danielle dos Santos Moreira – (Dani); (Katchu) – Kátia Maria Rodrigues. E.C Pinheiros: Verônica Maria C. de Brito, Eduarda Kraisch; Fernanda Luiza Kuchembecker; Jessica Peixoto; Kasiely Clemente; Bárbara Louise Bruch; Suelen Fernanda Santana Pinto; (Lia) – Juliana Valongo de Castro. Usiminas/Minas: Silvana Fernandes Papini; Francyne Aparecida Jacinto; Kenia Barros da Silva Madureira; Sâmera Taila; Marcella Macedo; Fernanda Frizzo de Oliveira; Nicole Marie Fawcett. Vôlei Futuro/Araçatuba: Fabiana Marcelino Claudino; (Dani Olivetti) -Daniela Hessel Olivetti; Arianne de Carvalho Tolentino; (Jú Saracuza) – Juliana Borges Saracuza; Elis Cristina Bento; (Teny) – Stephany Carvalho da Silva. Praia Clube/Banana Boat/Uberlândia: Rafaella Untar Dal Ponte; Mayara Cristina Almeida Peixoto; Elyara, Camila Aguiar Lelis, Nicole Oliveira Silva, Paula Neves Magalhães de Barros; Fernanda Soares da Silva Carneiro; (Nine) – Ana Paula Larroza. BMG/São Bernardo: Bruna Honório da Silva; (Helo) – Heloiza Lacerda Pereira; Macris Fernanda Silva Carneiro; Tatão; (Dani Scott) – Danielle Racquel Scott Arruda; Kátia Andrea Monteiro; Thais Mariely Custódio de Sousa. BMG/Mackenzie E.C: Ligia Ronca Centeno Reis; Emília Nunes de Oliveira, Thaynã Ferreira de Moraes, Gabriela Braga Guimarães; Fernanda Oliveira de Faria; Joyce da Cruz Victalino; Nayara Estephane G. de S. Ferreira; Carina; Angélica da Penha Correa Cabocla; Samanta Daiany Oliveira Oleynick; Vivian Caroline Moreira Rodrigues; (Tati Saldanha) – Tatiana Saldanha Silva; (Wime) – Aline Aparecida Siqueira; (Vivi Cruz) – Viviane Soares da Silva Oliveira Cruz. Macaé Sports: Camila Barreto Adão; Carla Bicalho Barreto – (Carlinha), Natiele Marques Gonçalves; Thays Ferreira Rodrigues, Marjorie Fernanda Apolinário Correa; Flávia Cristina Gonçalves de Assis; (Marcelinha Felinto) -Marcela Coelho da Silva Felinto. Pauta/São José/Santa Catarina: Léia Aparecida Lima; Carolina Weber Schmidtt; Cintia Regina Mendes Fernandes; Liv Stephania Sauer Fortes; Patricia Mileide Mozel; Natália Vieira Daneliczin; Michele Botzan; Danúbia Marcela Wessler; Thatiana Metzker Crispim. E ai Daniel sei que é muitas jogadoras mas nós amantes do volei ficamos impacientes e curiosos para saber como vai ficar os times. Desde já agradeço a sua atenção para nós frequentadores deste espaço único. Parabéns pelo seu trabalho.

  • graca

    sou radicalmente CONTRA, BOTAFOGO é um time e o VOLTA REDONDA outro time, nao dá pra misturar as coisas… Como fica a cabeça do trocedor? Imagine uma parceria BOTAFOGO e FLAMENGO ou SANTOS e SAO PAULO = IMPENSÁVEL!!!
    o VOLTA REDONDA é bicampeao ESTADUAL recentemente, se juntar BOTAFOGO e VOLTA REDONDA o campeonato conta p/ quem ?

  • Vitor

    Fiquei muito feliz com a notícia. Mais por ler que os investimentos no time do Volta Redonda seriam maiores, com possibilidade de contratação de um estrangeiro. Em um cenário onde vemos times surgindo e não ficam mais do que duas temporadas e somem, a volta de um clube tradicional tem de ser recebida com bastante felicidade.
    Alheio ao futebol, onde sou torcedor do Botafogo, estou ainda mais feliz pelo vôlei.

  • Diogo Marcio

    Se a violência dos torcedores do futebol não migrarem para o volei, só a favor!

MaisRecentes

A dor de Gabi e de quem estava ao lado



Continue Lendo

Duas gratas surpresas na Superliga



Continue Lendo

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo