Vôlei Nestlé mostra força na abertura da final



O Vôlei Nestlé não deu chances para o Hinode/Barueri na primeira partida das finais do Campeonato Paulista feminino.

Na noite desta segunda-feira, em Barueri, o time de Osasco dominou as ações do início ao fim para vencer por 3 sets a 0, parciais de 25-21, 25-18 e 25-16.

Parciais quase autoexplicativas sobre o domínio do Vôlei Nestlé. O segundo e decisivo duelo acontecerá na sexta-feira, no Ginásio José Liberatti. Para levantar seu sexto título paulista consecutivo, a equipe da casa precisará bater o adversário. Em caso de triunfo do Hinode a decisão vai para o golden set.

Segundo Spencer Lee, técnico do Vôlei Nestlé na ausência de Luizomar de Moura, que está com a seleção peruana, foi a melhor atuação do time na temporada:

– Apareceu o jogo coletivo. O passe trabalhou bem, o que ajuda muito no ataque, e o saque entrou para anular alguns opções de Barueri, o que favoreceu nosso bloqueio e defesa. Foi nossa apresentação mais consistente. O time está ganhando volume de jogo e confiança. Com isso, ganha também agressividade nos momentos certos. Também erramos menos.

O Barueri jogou sem a levantadora Naiane, que lesionou o joelho no treino na manhã de ontem. Mas a ausência não explica a atuação ruim da equipe coletivamente, com falhas na virada de bola e no passe, além de uma certa apatia.

– Eu como capitã assumo nossos erros. Jogamos muito abaixo do que estamos acostumadas, com diversos erros de recepção e passe que comprometeram o jogo. Sabemos do nível do Osasco, que é muito forte, e agora vamos ter que trabalhar muito mais para chegarmos ao nosso objetivo – disse a ponta Erika.

 



MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo