Vôlei na TV aberta. Eba! Mas com veto ao nome dos patrocinadores. Uhhhh!



Uma ótima e uma má notícia para quem gosta de vôlei. O Esporte Interativo, rede de TV aberta (canal 36 UHF em São Paulo e parabólicas por todo o Brasil, além da TV fechada: Oi TV (canal 515) e Via Embratel (canal 48), começará a transmitir neste sábado a Superliga. O primeiro jogo será Pinheiros/Sky x Cimed. Agora a parte ruim. Por contrato, o canal não poderá citar o nome dos patrocinadores. Assim, no sábado você verá Pinheiros x Florianópolis.

Quem acompanha este blog (e sei que muitos não concordam) sabe que defendo uso do nome dos patrocinadores. Os motivos são: eles  pagam a conta, contratam os craques e merecem ter a exposição na mídia. Simples assim. Ou alguém se lembra do Rexona como Curitiba, quando Bernardinho lançou o projeto vencedor no Paraná? Ou alguém já esqueceu do Banespa, empresa que por anos bancou um time profissional e uma das principais categorias de base do país? Ou para os mais antigos, dos tempos de Pirelli, Atlântica Boavista, Supergasbrás…

O Esporte Interativo sublicenciou o direito de transmissão junto à Rede Globo. Além da Superliga, irá transmitir as principais competições das Seleções (Liga Mundial, Grand Prix e Copa do Mundo), além do Circuito Mundial de vôlei de praia. Infelizmente para os patrocinadores, os nomes não poderão ser citados.



MaisRecentes

Coluna: Uma semana estranha para o vôlei brasileiro



Continue Lendo

São Bernardo desiste do Paulista. Alerta ligado na Superliga



Continue Lendo

Brasil leva virada dos Estados Unidos em terceiro amistoso



Continue Lendo