Vôlei Futuro campeão. É o favorito para a Superliga?



O Vôlei Futuro é o campeão paulista feminino. Em Araçatuba, fez a festa da torcida ao bater o Sollys/Nestlé por 3 a 1, com todas as parciais em 25 a 20.

Paula Pequeno e Fernanda Garay foram decisivas no ataque, principalmente na reta final dos sets. No passe, a dupla também teve regularidade, contando com grande ajuda de Verê, a surpresa de Paulo Coco, que atuou no lugar de Stacy Sykora, e Walewska, central que em várias passagens do jogo ajuda (e bem) na recepção.

Talvez, o passe seja o fundamento que vai decidir a Superliga, que começa esta semana. O Sollys/Nestlé mostrou insegurança no setor. Com a entrada de Hooker, que será apresentada amanhã, na saída de errada, Tandara pode ser usada na ponta e não é especialista. Vai ganhar demais no ataque, mas pode sobrecarregar Jaqueline e fazer Fabíola correr para todos os lados para levantar as bolas. A Unilever sofre com o mesmo problema, visto o acontecido na final do Carioca contra o Macaé. O trio Mari/Regiane/Fabi vai segurar as pontas para facilitar o trabalho de Fernanda Venturini? .

Assim, caso Paula e Garay mantenham o bom nível no passe, o Vôlei Futuro vai entrar em vantagem na briga pelo título nacional.



  • Léo

    Agora eu sei porque o povo de Osasco não gosta do LUIZ OMAR .

  • Diogo Márcio

    Parabéns ao VF. Ele não é o único favorito, pois tem outras equipes: RJ, Oz e Ss.

    Eu havia falado no post do 2° jogo, da necessidade das jogadas com as centrais e com Tandara, esse foi alguns do erros que comprometeram o jogo e acabaram sobrecarregando as ponteiras. Era nítido que a Tandara estava sentido a pressão de jogar na casa do seu ex time, além da pressão dada pela torcida. Se a Fabíola/Karine não tiverem uma entrosamento com as centrais, a história da final da SL vai se repitir! Centrais que o time tem, não se justifica marca tão poucos pontos. Espírito que a Jaqueline teve espirito guerreiro e Ju Costa esteve bem, só precisavá melhorar na recepção, que é um dos fundamentos que precisa ser melhorado. Que venha a Hooker não como salvadora da pátria, mas uma jogadora que venha tirar o fardo que as ponteiras estão tendo.

    Palhaçada que fizeram com a torcida do Osasco, que viagaram para Araçatuba e não poderam entrar pq o VF não deixou! No jogo Sesi e Campinas, na Vila Leopoldina dava para ver a torcida de Campinas.

    • torcedora de volei

      Diogo isso não é verdade. A torcida não pediu para guardar ingressos. E esses estavam esgotados desde a terça-feira. Isso foi colocado nas redes sociais. Agora não da para a torcida chegar na hora do jogo e querer entrar no ginasio. Não em Araçatuba, onde os torcedores lotam o ginasio.

  • Fernando Adilio

    Certeza que Volei Futuro vai para final.
    É a equipe mais bem preparada e tem um time fantástico, tanto titular com o banco de reservas.
    Paula voltou e agora segurem ela com a confiança lá em cima!!!
    Paulo Coco sempre foi semifinalista com times medíocres, agora que está com uma seleção (melhor que a seleção) é só sucesso para ele.
    Me arrisco a dizer que dessa vez, Unilever não chegará na final.
    E se bobear, não chegará nem na Semi:
    Volei Futuro (PP, Garay, Walewka, Gattaz, Stacy, Ju Odilon, A. Cristina, A. Tiemi, Fe Berti, Joycinha)
    Osasco (Jaquetoco, Tandara, Hooker, Brait, Adenizia, Thaísa)
    SESI (Sassá, Elisangela, Nati Martins, Soninha)
    Minas (Herrera, Ramirez…)

    Eu acredito em semi com esses times

  • Jairo (RJ)

    Daniel, que tal fazer essa pergunta depois umas seis rodadas, quando cada equipe já terá feito jogo na sua casa e na casa do adversário?

  • Nilton

    Olha, parabéns para o Paulo Coco. Ele é um tecnico que sabe montar times e tirar o máximo deles. fez isso no Pinheiros e foi campeao paulista em 2009 e 2010 e agora conquistou o tri. A entrada da Verê e da Gattaz mostram a sensibilidade dele, de sentir o time. Mas o melhor apra o VF foi a contratação (dedo do tecnico também). Ele trouxe a Garay, que hoje eu considero nossa melhor ponteira (a que melhor equilibra passe/ataque/saque/bloqueio), dando equilibrio ao passe do VF e principalmete a Wal, nossa melhor central em atividade, muito mais experiente que a Fabizona e ainda, de lambuja, faz (e bem) o fundo de quadra. Ontem além de ajudar no passe, ser decisiva no bloqueio e aataque ela deu uma aula de disposição e posicionamento defensivo.
    Parabéns ao VF, parabéns so Paulinho coco!!!

  • emanuella

    ainda acho que o Osasco é mais time que o VF, e aposto na mesma final de todos os anos , Tandara será reserva no Osasco, Ju Costa esta melhor que ela no ataque e é melhor no passe.

  • Daniel_Sam

    Minhas favoritas estavam de lados opostos nesse jogo, de um lado Jaqueline jogou mau e não lutou para salvar seu time, do outro lado PaulaPEQUENO mostrou que será dona de uma das vagas de titular…
    Jaque:–>(Passa bem e joga bem se o time estiver bem)
    PP4:–>(Guerreira,corajosa e tem muita raça,mesmo que o time esteja atrás, ela luta até o fim sempre)
    Acho que Jaque será reserva da PP4!!!
    Quem vocês acham que será dona da outra vaga?
    Mari: Deveria voltar a ser oposta;
    Garay:Tem as mesmas características da Paula,mas com menos experiência;
    Natália:Vê-la no banco me dará a impressão de PURO TALENTO desperdiçado;
    Sassá: Não pode ser descartada;
    Priscila Dairot: Deveria ser titular em todos os jogos do Sul-americano(Para ganhar moral)
    Falow…

    • graça

      Daniel concordo com vc… Que final espetacular fez a PAULA, é uma verdadeira LÍDER, a raça e a vibração dela contagia todo o time, ela faz o time jogar com ela, corajosa, ajuda tanto na defesa qto no ataque. Pra mim PAULA e COSTAGRANDE são as melhores ponteiras em atividade, jogadoras que motivam as demais com o seu poder de liderança.
      UNILEVER com MARI e REGIANE jogando ao mesmo tempo nas pontas NÃO DÁ. Se tiver pelo menos uma ponteira-passadora de verdade p/ jogar com a VENTURINI as coisas já mudam bastante.
      SOLLYS ainda pode evoluir com a chegada de HOOKER.
      Mas o VOLEI FUTURO está atualmente em vantagem, principalmente com ANA CRISTINA de titular EM VEZ da TIEMI.

  • Afonso (RJ)

    Vi o jogo e achei mais que merecida a vitória do Volei Futuro. Mas não se enganem. O Sollys é capaz de jogar bem mais que isso. E não me refiro apenas à entrada da Hooker. Adenísia, Thaisa e principalmente a Tandara podem render muito mais. Mas acho que o principal passa pelas levantadoras, que se mostraram instáveis nesses últimos jogos. Acho que ambas podem e devem melhorar, especialmente a Fabíola.
    E quanto ao Volei Futuro, a Stacy ainda deve voltar à sua melhor forma e contribuir muito com o time.
    De qualquer forma foi um excelente jogo de vôlei. Daqueles que dá gosto de ver. E olhem que estamos apenas no início da temporada. Essa superliga promete.

  • Daniel:- Este campeonato brasileiro de volei promete ser sensacional. Vou torcer para o Volei Futuro ser campeão, mas o Osasco e o Rio de Janeiro são também fortes candidatos ao título. Parabéns ao VF por se sagrar campeão paulista e em especial à Paula Pequeno que é um colírio para os olhos e voltou à antiga forma. …

  • Afonso (RJ)

    Voltando a Falar do jogo Macaé x Unilever:

    Baixei o jogo na íntegra do YouTube, sentei a bunda na poltrona e, lápis e papel na mão, tive a pachorra de fazer as estatísticas de recepção do time do Rio. Não conheço os critérios que os profissionais usam, mas os meus foram os seguintes:

    Passe A – A bola vai na mão da levantadora
    Passe B – Há necessidade da levantadora deslocar-se, mas ainda é possíve realizar um levantamento coerente.
    Passe C- A levantadora praticamente “salva” a bola, não realizando levantamento coerente, ou outra jogadora é obrigada a levantar, na maioria das vezes resultando em bola de graça para o adversário.
    Passe D – Erro de recepção. A bola vai para a quadra adversária ou para fora. Os “aces” adversários são também aqui computados.

    O que apurei vai a seguir:

    Time Fabi Mari Regiane Amanda Juju
    Total 91 28 23 29 7 4
    Passe A 45 17 12 10 4 2
    Passe B 22 6 6 7 1 2
    Passe C 15 2 4 8 1
    Passe D 9 3 1 4 1

    Notei: 24 recepções ruins (é muito), metade de Regiane. Das três jogadoras que mais participaram da recepção, a Mari foi a que teve melhor aproveitamento, seguida de perto pala Fabi. A Regiane foi a mais instável e a mais caçada em quadra, sendo substituída pela Amanda a partir do terceiro set. Após a substituição, o direcionamento do saque do Macaé variou mais, com a Mari e a Fabi recebendo relativamente mais bolas que anteriormente.

    Da segunda vez que assisti ao jogo, me deu a impressão que o Unilever teve a partida sob controle quase que todo o tempo, e que após a vitória pouco comemorou, como se tivesse apenas cumprido a sua obrigação.

    Fiquei pensando, que durante a transmissão ao vivo bem que nossa percepção pode ser facilmente influenciada pelo estilo de narração, visto que atualmente a tendência dos locutores é tentar transmitir o máximo de emoção aos jogos, mesmo que de forma artificial e frequentemente com certo exagero, a fim de cativar a audiência. Me poupem: no tie break, o Unilever com 7 pontos de vantagem e a cada pontinho do Macaé o narrador dizia que ainda tinha muito jogo pela frente e que não tinha nada definido ainda!!!

    Não digo que o número de erros da recepção do Unilever tenha sido pequeno, e certamente não nego que o Unilever precisa melhorar nesse fundamento, mas acho que supervalorizá-los talvez tenha sido uma forma encontrada pela narração a fim de criar a falsa impressão de um jogo equilibrado e portanto com maior emoção. Não é à toa que os profissionais que manteem uma estatística dos jogos para terem dados mais objetivos do que simples impressões que podem ser influenciadas pela emoção do momento. Não sei… posso estar errado e dizendo besteira… apenas trago isso como reflexão…

  • graça

    O fato é que VENTURINI dá um banho de CLASSE, ESTILO e TÉCNICA nas outras levantadoras, ela jogando parece flutuar de tanta leveza, faz parecer levantar ser a coisa mais simples do mundo! Mesmo recebendo um monte de TIJOLADAS da MARI e da REGIANE ela conseguiu deixar sua marca no jogo. O UNILEVER precisa pelo menos uma ponteira-passadora DE VERDADE para que VENTURINI mostre todo seu potencial.

  • Mauricio

    “Talvez, o passe seja o fundamento que vai decidir a Superliga”. Será que a ponteira-passadora que se destacar nessa Superliga estará cotadíssima para Londres?

    Quero ver a Natália, se vai virar passadora ou vai ficar para trás como a Regiane….

  • Felipe

    Com certeza o Minas Vai estar na frente do SESI esse ano o Minas e muito Mais time que o SESI!!
    O que salva o SESI e a Lili ! Ja O Minas Tem Herrera,Ramirez Natasha e A libero Tassia que São excelentes Jogadoraas.
    Enquanto o SESI tem so ELizangela e a Sassálvadora da Patria !

  • gustavo

    Boa Noite pessoal!
    Estava vendo a foto da reportagem do melhordovolei e vi Mari e Sheilla abraçadas!!!!
    Que bom que elas voltaram a se falar!!!!
    Go shari!!!!
    arrasam!!!!

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo