Vôlei Brasil Kirin mostra a cara em Campinas



A segunda-feira é dia de apresentações e volta ao trabalho para vários times brasileiros.

Vou destacar durante o dia alguns deles por aqui. Começo com o Vôlei Brasil Kirin, assim batizado novo time de Campinas.

Divulgação

Alan, André Heller e Maurício, o embaixador do time campineiro

Durante as últimas semanas, adiantei no blog e na minha coluna Saque no LANCE! algumas das novidades da equipe do interior paulista. Algumas foram confirmadas hoje, como o contrato até 2017. A empresa, que já havia patrocinado a Superliga anos atrás, com a marca Água Schin, promete também foco no social ao se associar ao time masculino campineiro.

– O nosso compromisso com o patrocínio da equipe de Campinas vai além do time profissional. Um dos pilares do projeto é a inclusão de jovens que sonham em trilhar uma carreira como atleta profissional, por meio do patrocínio à categoria de base. Outro pilar muito importante é a iniciativa social por meio dos núcleos com aulas de mini vôlei no contra turno escolar possibilitando o contato dos jovens com o esporte – disse Juliana Nunes, VP de Assuntos Corporativos e Sustentabilidade da Brasil Kirin.

Ao apresentar os reforços, uma novidade: o oposto Bergamo, ex-Kappesberg/Canoas. Ele era um sonho antigo, a negociação chegou a esfriar, mas no fim das contas acabou contratado. Além dele, foram apresentados os pontas João Paulo Tavares, João Paulo Bravo e Mineiro, o levantador Paulo Renan e o meio de rede Vini. Foram mantido o líbero Alan, os meios de rede André Heller e Gustavão, o oposto Rivaldo, o ponta Diogo e o levantador Rodriguinho. O técnico será Alexandre Rivetti, que era assistente de Marcos Pacheco.

Como já escrevi aqui antes, acho um time mais homogêneo do que o da temporada passada. Os dois João Paulos são os principais responsáveis por isso. Pode ir mais longe do que as quartas de final da última Superliga.

 



MaisRecentes

Fernanda Tomé é novidade em nova lista para o Mundial



Continue Lendo

Vaivém: Mais uma estrangeira na próxima Superliga



Continue Lendo

Simon veste camisa do Civitanova. Vem novela judicial aí!



Continue Lendo