Você conhece Benin?



Talvez você já tenha ouvido falar do país africano citado no título, mas duvido que a referência tenha sido sobre vôlei.

Filiado à Federação Internacional, o país não tem qualquer representatividade. Dos quatro rankings da FIVB, Benin aparece apenas no das seleções de base masculinas, na 83ª colocação.

Nesta sexta-feira, Ary Graça, presidente da CBV, receberá o ministro do esporte de Benin, Didier Aplogan Djibode. O africano está no Brasil para aprender um pouco mais sobre gestão esportiva e buscar intercâmbio para desenvolver o esporte em seu país.

Um pouquinho de conhecimento sobre o glorioso Benin, localizado na região ocidental da África, fazendo fronteira com Burkina Faso, Níger, Nigéria e Togo. Possui cerca de 9 milhões de habitantes, foi colonizado pela França e ocupa o 134º lugar no ranking do IDH. Os indicadores sociais são péssimos, com apenas 30% de alfabetização, pouco mais de 55 anos de expectativa de vida e altíssimos índice de mortalidade infantil.

No ano passado, durante o Mundial masculino, na Itália, presenciei o jogo que os irmãos africanos de Camarões quase ganharam dos Estados Unidos, na segunda fase. Que o exemplo dos Leões possa, de alguma forma, incentivar Benin a encontrar no esporte, talvez no vôlei, um pouco de alegria.

Abaixo, um pouco do que senti naquele dia, em Ancona:

http://wp.me/p1b2tr-1c



MaisRecentes

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo

Dentil/Praia Clube e Sesc abrem vantagem



Continue Lendo