Vivo/Minas fecha série. Em Canoas, Sesi sobrevive



A quinta-feira de Superliga começou com mais um equilibrado duelo entre Móveis Kappesberg/Canoas x Sesi, no Rio Grande do Sul, e terminou com o Vivo/Minas eliminando o Medley/Campinas, em BH.

Após 3h, com direito a mais um apagão (até o narrador do SporTV deu uma cornetada ao falar no assunto que está virando recorrente no vôlei), o time de Giovane Gavio sobreviveu na série ao vencer no tie-break, parciais de 25-23, 19-25, 25-23, 18-25 e 15-13.

Prestem atenção na diferença de pontos nos sets vencidos pelo Sesi. Todos no sufoco. Em vários jogos que vi do time, a superação e a experiência de alguns atletas falaram mais alto em momentos decisivos, já que o conjunto ainda deixa a desejar.

Sem Sidão e Tiago Barth, o jovem Aracaju foi escalado como titular no meio e logicamente sentiu o peso do jogo, fazendo apenas quatro pontos.  O companheiro Eder, por sua vez, apareceu bem em momentos-chave do jogo, totalizando 15 pontos (11 no ataque, dois no bloqueio e dois no saque). Ficou atrás apenas de Lorena (19) e Murilo (16).

Já o Canoas deu uma aula de bloqueio com Salsa (oito pontos) e Gustavo (seis). O restante do time colaborou com mais quatro. Mas deixou a desejar na rodada de bola, perdendo alguns contra-ataques. Gostei da entrada de Enoch a partir do quarto set. Ele foi mais eficiente neste jogo do que Minuzzi e Dentinho, os ponteiros titulares. Mas faltou algo à equipe de Paulão. Talvez o time com média de idade mais alta da competição (quase 31 anos) tenha ficado ansioso demais em alguns momentos, já que tinha a chance de conseguir a vaga na semifinal jogando em casa.

Não vi todo o jogo, mas li algumas críticas de Gustavo aos árbitros. A atuação deles comprometeu?

Sobre o terceiro e decisivo jogo, em São Paulo, não arrisco palpite. A série está muito equilibrada.

Em BH, com a transmissão do SporTV entrando já no fim do primeiro set, após o atraso da partida em Canoas, o Vivo/Minas viveu alguns altos e baixos, mas conseguiu carimbar o passaporte para a semifinal.

Olhando os números do jogo, fiquei me perguntando se Rodriguinho e Murilo Radke não usaram pouco dois jogadores em especial: Jurquin e Gustavão. Eles tiveram um altíssimo aproveitamento: o cubano colocou 12 de 17 bolas no chão (70%), enquanto o central pontuou em 13 de 19 ataques (68,4%). Não sou levantador, mas acho que faltaram bolas para a dupla.

Marcelinho foi eleito o melhor em quadra. E concordo com um comentário feito pelo Marco Freitas: aos 38 anos, ele vive a melhor fase, tecnicamente falando, da carreira. Já ajudou demais na campanha do terceiro lugar na temporada passada e está repetindo o alto nível nesta Superliga.

Para equilibrar os duelos com o RJX, o Minas precisará ter Filip saudável. Ele é um oposto que faz a diferença quando está fisicamente bem, além da regularidade de Lucarelli, que me chamou a atenção por algumas defesas incríveis e por ter conseguido controlar muitos saques pesadíssimos.

O que acham desta série semifinal?



  • Renato Dias

    RJX bem favorito, mas é bom tomar cuidado com o Mina. O Minas é um time que tem jogadores diferenciados e podem definir uma partida. E joga com muito coração, isso também conta. Pra conseguirem equilibrar vão precisar jogar sempre no limite, aí tenho plena certeza que podem encarar o RJX

    Que belo oposto é esse tcheco Filip. Definidor, potente, mas acima de tudo inteligente. E impressionante como ele vibra, totalmente no clima já

    E concordo tambem, Marcelinho nunca jogou o tanto que está jogando agora, está de encher os olhos. E sua vibração parecendo que é um garoto em quadra é bonito de se ver.

    Parabéns ao Campinas, um time que também merecia ir mais longe, time com muito volume de jogo, talvez falte jogadores mais decisivos

  • Emanuella

    Até quando Murilo vai apitar os jogos?? Uma vergonha gente, alguém tem que fazer alguma coisa. Juiz ruim demais. alias quando aquele juiz apita jogo é confusão na certa. Ele é péssimo. Vergonha a bola que ele deu para terminar o primeiro set.
    Foquei com pena do Campinas, porque morreu na praia. Mas o Minas foi muito mais time. Achei que o Rodriguinho jogou muito mal nos dois jogos.
    Minas jogou demais. Até Quiroga que é timido no ataque hoje mandou muito bem. Marcelinho merecia muito mais a vaga em Londres que Ricardo. hoje ele joga o melhor voleibol da carreira. Deixa atacantes no simples o tempo inteiro.
    Falando em levantador, acho que Jotinha perdeu o tie break fazendo escolhas erradas que fizeram o Sesi abrir 4×1 rapidinho.

    • Marcos

      Emanuella:
      Sobre o Murilo, concordo 110%. O cara está demais. Quando eu jogava, a muuuito tempo atrás, nos Campeonatos Paulistas juvenis, eu, como capitão, ia perguntar alguma coisa para o árbitro e ele já emendava um “some daqui”. Hoje, como o árbitro vai fazer isso com a “estrela da companhia”? Mas eu acho que aquele árbitro é bom, embora os 2 toques do Gustavo tenham sido uma sacanagem, bem como o cartão para o Salsa “no grito”.
      Sobre o Marcelinho: já disse que sou fã do Ricardo, mas independente disso, na SL passada, o Ricardo moeu, e o Marcelinho foi OK. Na anterior, o Ricardo moeu e o Marcelo foi cortado do Pinheiros. O Marcelinho é um cara muito difícil, chega a ser desagregador (sim, mais que o Ricardo, já que ele não é tão bom assim), embora concorde que, esse ano, ele tem realmente jogado muito bem, e tem o time na mão, com passe excelente, centrais muito rápidos e um oposto “sangue nos olhos”. Mas é isso. Seleção, é um pouco demais…
      Jotinha: achei exatamente a mesma coisa: esperou 3 erros para pôr a bola no Bergamo… insistiu com o Salsa, enfim, péssimas decisões que decidiram o jogo. Vou além: no 1o set, o Paulão deveria ter colocado o Enoch no Dentinho para fechar o bloqueio. No 5o set, ao invés de começar com o Gustavo sacando, deveria ter começado com o Salsa sacando. São pequenos errinhos que perdem o jogo, especialmente contra um time melhor que o seu. Não pode dar vaza…
      Um abraço e bons jogos
      Marcos

      • Emanuella

        Marcus tu sabe que hoje estava pensando nisso. O Marcelo teve aquele episodio do corte do Pinheiros, mas ele me parece um cara super tranquilo. O Ricardo me parece uma pessoa muito mais dificil que ele, lembra como ele brigava com os colegas da seleção??
        E acho que a superliga do Marcelo ano passado foi tão boa como essa. Pra mim depois do Willian ele foi o melhor da superliga.
        Quanto ao juiz, as duas coisas que você falou sobre ele foi verdade, o dois toques e o cartão para o Salsa foram absurdos.
        Alguem precisa reprender o Murilo urgente. Chato demais.

        • Bil

          Emanuella, podia ser a Jaqueline a repreender, quando uma esposa quer algo do marido , ela sabe como conseguir, entretanto ela é bem parecida com ele, então, não vai acontecer !!!!

        • Marcos

          Emanuella
          Como eu disse, sou fã do Ricardo e conheço a família dele, então sou suspeito.
          Só gostaria de relembrar que foi teve o lance do Pinheiros e também em Joinville, quando ele foi cortado nos play-offs pelo Giovane. No episódio do corte do Ricardo, ele também teve sua cota de participação, mas deixa pra lá. Isso é só para exemplificar o que eu falo sobre “desagregador”. Agora, reconheço que esse ano ele está jogando muito bem. Espero que tenha se encontrado e continue assim, pois o voleibol ganha muito com isso.
          Dá gosto ver o Minas e o Cruzeiro jogando, com muita velocidade. Isso é o voleibol, não aquela lentidão burocrática que a Seleção tem jogado nos últimos tempos…mas isso é outra história.

  • Adriano

    Sesi x Canoas

    Acho que o Móveis/Canoas desperdiçou a chance que tinha de passar à semifinal no jogo de hoje. A série está equilibrada especialmente porque o Sesi não está convencendo. Mas os gaúchos vacilaram. O Canoas liderou o primeiro set inteiro e deixou o Sesi virar no finalzinho, por detalhe. Os ponteiros, de fato, não estavam muito bem, e talvez a boa entrada do Enoch tenha sido um pouco tardia. Mas é incompreensível o time entrar fraco como entrou pro tie-break num jogo dessa importância, ainda mais tendo dado um banho de bola no 4º set. Na segunda metade do set, o time foi encostando, em especial graças a um bom saque, mas aí a diferença já era muito grande. Pro jogo 3, espero um 3 x 0 até com certa facilidade a favor do Sesi, que é um time matreiro e vai fazer pesarem as qualidades individuais. A chance era hoje.

    *
    Minas x Medley

    Essa série foi meio que decepcionante, graças à força do Minas, que se mostrou um time muito superior ao Medley – não foi o que vimos durante a fase classificatória. Concordo com o Daniel em relação às escolhas dos levantadores. O Jurquin talvez até tenha sido um pouquinho poupado em função de não estar 100% fisicamente, mas ele era de longe a melhor opção ofensiva pro time, ao lado do Bonatto, apesar de tudo. Desde o jogo passado, esse desnível entre os levantadores do Medley e o Marcelinho já vinha fazendo a diferença. O Rodriguinho já teve uma fase muito boa, alguns anos atrás, em Montes Claros, mas acho que pra próxima temporada, seria de interesse do Medley contratar um novo levantador – opções é que não faltam. Quem imaginaria que nas quartas-de-final, o Volta Redonda levaria a disputa pro jogo 3 e o Medley cairia já no jogo 2? Tem a ver com os adversários também, tudo bem, mas acho que o Medley rendeu muito pouco nesse playoff, dado aquilo que apresentou durante o campeonato.

    Quanto ao Minas, fico até um pouco desanimado, porque com a bola que o time está jogando, creio que encararia de igual pra igual o Sesi ou o Sada na semifinal e teria chances boas de passar por qualquer um deles. Mas contra o RJX, acho que não dá. Eu consideraria uma grande surpresa se o Minas eliminá-los. Mas se conseguisse essa proeza, independente de quem pegasse na final, eu já o consideraria favorito.

    *
    Por fim, essa coisa dos apagões tá um pouco vergonhosa, mesmo. Perdemos o primeiro set do Minas x Medley por causa disso – embora, também, o SPORTV não precisava ter marcado o segundo jogo tão em cima do outro.

    • Marcos

      Adriano:
      Sobre os levantadores: Acho o Rodriguinho bom e não comprometeu, embora tenha perdido o duelo para o Marcelinho, reconheço.
      Agora não são muitas as opções de levantador num nível maior que o dele, não. Só Ricardo (se tiver a fim), William, Marcelinho e, vá lá, Bruninho. Nenhum deles deve sair de seus times. O resto, é de igual para baixo…

      • Adriano

        Talvez você tenha razão. Na hora que escrevi o comentário, simplesmente lembrei da quantidade grande de levantadores de bom nível que temos, mas se for parar pra pensar, não são tantas alternativas assim. Opções concretas pro time, mesmo, seriam Ricardinho, Marcelinho e Sandro. Acho que o Marlon já renovou na Rússia. Depois, daria pra pensar em apostar em algum cara com menos grife, como o Daniel – reserva do William no Sada. Ou apostar mesmo no Murilo e trazer algum levantador mais rodado pra segurar a onda no banco. Eu não sou fã do Murilo, mas desses mais jovens, ele parece ser o que mais vale a pena apostar.

        Por fim, não acho que o Rodriguinho tenha sido ruim por si, mas pelas características do time, ele precisava ter feito mais a diferença, porque não é um time que tenha excelentes atacantes, como o Minas, por exemplo, então, precisava ter tido um jogo mais equilibrado e inteligente para brigar de igual para igual com os grandes. Nesse aspecto, acho que os levantadores deixaram a desejar.

        • Emanuella

          Ricardo deve ficar desempregado, acho uma boa opção. O povo adora massacrar o Bruno, mas ele e a salvação da nova geração. Nossa superliga e dominada por jogadores velhos.

        • Leandro

          Acho que o Sandro nao fica no Sesi ano que vem….seria outra opçõe pro time (assim como o Ricardo)…mas na realidade nao acho o Sandro, hoje, de nível maior que Rodriguinho…concordo que actualmente os melhores sao William, Marcelinho e Bruninho. (Ricardinho de hoje não sei…)

        • Marcos

          Adriano, na minha opinião, Rodriguinho é melhor que o Sandro, embora admita que são do mesmo nível. Sandro está funcionando legal no Sesi, mas fora de lá, é outra história. Marlon renovou, mas não acho ele tão melhor que o Rodriguinho. Apostar no Murilo é roubada. Isso seria trocar 6 por 4 (não por meia-dúzia). Murilo tem que comer bastante feijão ainda, embora realmente o bloqueio e saque dele sejam bons. O mesmo vale para o Daniel, que é bem inferior ao Rodriguinho. Ambos seriama postas de altíssimo risco que, imagino, o Medley não vai correr. Se o Marcelinho, Ricardo, William ou Bruninho derem sopa, vale a pena, senão, melhor ir com Rodriguinho mesmo. Vale ressaltar que uma lesão o atrapalhou bem esse ano…

  • Marcio

    Comentarei apenas o jogo de Canoas, ja que foi este q eu vi. Jogo muito equilibrado, o time do Rs evoluiu demais nos últimos jogos, jogando com consistência, agressividade e claro da experiência de seus jogadores. O SESI jogando pouco pelo meio, apenas com o Eder, ja que o Aracaju ainda nao tem a confiança do seu levantador, logo as jogadas pelas pontas ficam muito marcadas e se você tem o Gustavo do outro lado ja sabe o que acontece. Os erros de arbitragem aconteceram, mas foram para os dois lados…os dois times reclamando em demasia, o Gustavo e o Dentinho todos conhecem e sabem como eles agem, provocando em demasia. O que tem me surpreendido são as reclamações do Murilo. Pode ser pela rivaldidade com o irmão, mas esta reclamando por qualquer motivo. Acho o SESI favorito, mas nao me surpreenderia se o Canoas vencesse o duelo.

  • Leandro

    Vai ser uma grande semi RJX- Minas com ambos as equipes muito bem na competição (talvez as melhores no momento). Eu não sei quem leva, mas certamente será um show. Eu gostaria de enfatizar , demonstrando como o RJX está bem no momento, os destaques das quartas:
    Melhor ataque (Dante), Melhor levantador (Bruno), Melhor bloqueio (Riad), Melhor libero (Mario J.), Melhor jogador (Dante). Nada mal.

  • meyre

    Quando em casa e ja estava passando o 5o.set – tenso demais ( nunca imaginei que o sesi tivesse tanta dificuldade.. ). Eu gravei o jogo e vou assistir, para saber da arbitragem.
    Mas espero que , no sábado os meninos do sesi joguem com mais tranquilidade e de preferência ganhem de 3×0 ( chega de emoção!!)
    Quanto ao jogo de minas x campinas , gosto de ambos os times, mas gostaria que o campinas ganhasse , até porque eles tinham voleibol para ganhar sim. Achei que os meninos de campinas estavam muito nervosos.

  • ANALISE DO JOGO

    O Medley/Campinas ocupou o lugar que era dele na fase classificatória pelo elenco e investimento que fez, mas no primeiro mata-mata o time “peidou na farofa”. Na minha modesta opinião Marcos Pacheco, que é um técnico razoável, fez um trabalho muito ruim com este time. O time se mostrou muito instável durante a toda a Superliga, ganhando muitos jogos por 3 x 2. No primeiro jogo em Campinas contra o Vivo/Minas ele insistiu com o oposto Rivaldo, oposto pipoqueiro em jogos decisivos, que esteve apagado nos 2 jogos contra o Minas. Foi decepcionante o rendimento do Medlley nas quartas de final.
    Gostei da atuação do central Gustavão, jogador de personalidade em jogos decisivos e que merece uma oportunidade na seleção principal, do ponteiro Jurquim, que no ataque e no saque foi muito eficiente e do levantador Murilo, que é novo, mais não tem medo de arriscar, saca muito e ajuda no bloqueio.
    Decepcionante as atuações do oposto Rivaldo nos 2 jogos contra o Minas, do ponteiro Renato que é fraquíssimo no ataque, do mediano central Purificação que também pipocou nesta fase e do técnico Pacheco que foi muito burro nos jogos contra o Minas.

    • Marcos

      O Pacheco é um baita técnico . Levou a cimed a conquistar os seus títulos.embora o resultado não tenha sido adequado,não acho que o trabalho tenha sido malfeito .
      Acho o Rivaldo médio, porém muitíssimo melhor que o Franco (agora, pois o garoto tem futuro), dê modo que o Pacheco não tem culpa do seu oposto não estar correspondendo.
      Jurquin estava machucado.
      Gustavão é excelente no bloqueio, porém, o índice dê ataque dele é excelente baixo (veza as estatísticas.)seleção, ainda é excelente cedo pra ele. Antes dele podem ir lucao , sidao , éder, Maurício, barth, isac , Rogério.
      Sobre opostos, embora eu não goste do Rivaldo, fale quem é excelente realmente decisivo. Só Wallace e Filip . Com muito boa vontade, o Wallace ex-Sesi e o Theo . Os demais São do mesmo nível:vissoto , Lorena, bob, Lu an , leozao, tudo mesmonivel …

  • Rafa

    O Minas é um time muito organizado. Vai depender dessa organização para vencer. Tem que ter passe na mão e um saque eficiente, caso contrário fica muito difícil com um Lucão inspiradíssimo do lado do RJX.

    Um comentário interessante a se fazer, Daniel, é que, se o Canoas ganhar do Sesi, não teremos times de São Paulo nas semis. Algo no mínimo interessante, visto que normalmente os maiores investimentos são feitos lá.

  • Felipe Lima

    Mais um grande jogo na Super(des)Liga!!!

  • ANALISE DO JOGO

    Se o ex-levantador Maurício, que é o dirigente da Medley, usar o mesmo critério que teve quanto demitiu o técnico anterior da temporada 2011/2012, terá que demitir o Marcos Pacheco. Fez um péssimo trabalho nesta temporada. Pelo time que tem e pelo investimento feito tinha por obrigação chegar as semi-finais.
    O MTC estava sem técnico no primeiro jogo e o Ricardo Picinin que era técnico de time feminino, conseguiu ganhar dentro de Campinas.
    Vexame

    • Marcos

      Na temporada passada, o Cacá teve 2 anos para montar um time com orçamento modesto. Quando o Medley mudou de patamar, Maurício procurou um técnico “nível A”, com vários títulos de SL nas costas. Mudar agora é bobagem, embora, sim, deveriam ter vencido o 1o jogo, mas é um duelo equilibrado. Veja só:
      Marcelinho x Rodriguinho/Murilo – Marcelinho foi muito melhor
      Filip x Rivaldo – precisa dizer alguma coisa? Colocar o Franco ajudou alguma coisa?
      Lucareli x Jurquin – ainda mais com Jurquin baleado…
      Quiroga x Renato – Quiroga
      Henrique x Gustavão – empate, pra ser camarada, pois o saque/ataque do Henrique foram melhores
      Mauricio x Purificação – Maurício, surpreendentemente, arrebentou

      A culpa é do técnico?

  • FORA MARCOS PACHECO

    FORA TÉCNICO MARCOS PACHECO

  • FABIO

    Estive na arena ontem e o jogo foi bacana. Como você Daniel, acredito que o time a ser batido nessa Superliga é o RJX. Para o Minas chegar a mais uma final, terá que melhorar muito no quesito saque. Com a boa linha da passe do time carioca, os saques flutuantes do Mauricio e Quiroga serão apenas método de treinamento para o time do Eike Batista. Tb acho que Marcelinho está jogando o seu melhor voleibol. É raro ver um levantamento fora do tempo. Sou mineiro e torço pelo Minas, sei que terá um adversário dificílimo pela frente, mas se jogar como nesses dois jogos das quartas, acho ser possível chegar a final.

    • ana maria

      Sei que até agora o MInas nem arranhou o time do Rio mas…o time evoluiu bastante em conjunto e é isso que é lindo no esporte coletivo, quando há de fato uma equipe jogando e vê-se isso pelas estatísticas. Então…Vamos MInas! Acredito num belíssimo confronto e acredito no MInas!

  • Marco Túlio

    Parabéns ao time Minastenista, é muito bom ver Minas Gerais tão forte na Superliga Masculina.

    Espero ver um jogaço entre Sesi e Canoas, vejo uma leve vantagem do Sesi. Lorena “amarelão?? Espero que sim, mas acho que não!

    Daniel, sem querer ser chato mas já sendo. O Jurquin não é oposto como vc colocou.

  • Jairo(RJ)

    Eu não vi o jogo e pergunto pra quem viu o jogo do Medley x Vivo Minas:

    A informação do Daniel sobre a pouca distribuíção de bolas para o Gustavão e Jurquin estaria relacionada a dificuldade com o passe ou falta de visão do jogo por parte do Murilo e Rodriguinho?

    • Emanuella

      Jurquin estava jogando no sacrificio, estava com muita dor no braço. e o Gustavão recebia bolas demais, muitas mesmo tanto que chegou a ficar no bloqueio algumas vezes. Acho que o Rodriguinho jogou muito mal, mas o Murilo entrou até muito bem. O Minas é que estava muito melhor mesmo

    • Mario

      Para mim foi mais falta de visão do jogo…

  • bsb

    Uma vergonha o que fizeram com o Canoas, essa arbitragem é ridícula, e prejudicou o time do RS, interferindo no resultado final. Parabéns CBV.

  • Eduardo

    RJX é até agora o melhor time da SL,mas pra mim não existe nenhum time com uma dupla de atacantes como Filip e Lucarelli. Jogadores eficientes, decisivos, inteligentes. Dá muito gosto ver esses dois jogadores jogarem.

  • juliana

    o problema e que o nias tinah que encarar o sesi e ia chegar a finla com rjx pode fazer um graça mas o jogo encaixa e fica positivo pro rjx

MaisRecentes

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo

A zebra aparece em Belo Horizonte



Continue Lendo