Vivo/Minas acumula derrotas e fica sem técnico



Três derrotas seguidas, a última delas para Montes Claros, por 3 a 0, fizeram o Vivo/Minas entrar em crise.

Quase no início desta madrugada, o clube mineiro confirmou a saída do técnico Horacio Dileo. Segundo a nota oficial, ele colocou o cargo à disposição e a diretoria não se opôs com a saída. Sinal de que a relação entre ambos já estava estremecida e que o momento era mesmo de mudança. O nome do substituto deve ser anunciado nos próximos dias.

Admito que me surpreendi. O argentino fez um excelente trabalho na temporada passada, ao levar o Minas à semifinal. Neste ano, o time ainda não engrenou, mas brigava pelo quarto lugar e pela vantagem do mando de quadra nas quartas de final.  Pelo investimento, uma colocação digna.

Pelo Twitter, Dileo se despediu:

“Torcida do Minas. Muito obrigado pelo apoio , carinho y respeito constante. Eu devo muito a vocês . Torçam sempre por este time. Abraço”

O que vocês acharam da decisão de Dileo e do Minas?

 

 

 



  • ana maria

    Uai! Estou bastante surpresa. Também penso que o trabalho do Dileo era muito bom considerando as condições da equipe: contusões, saída de jogadores. Torço muito desde sempre pra essa equipe mas já tem uns anos que apesar de bons times, na hora da decisão, a coisa não vai. Bom…tem o sul americano aí e vai ser mais uma lavada dos demais times sobre o Minas. Uma pena! Vai saber o que rola nos interiores, né. Sou só uma torcedora e muito longe de BH. Como torcedora…me resta torcer.

  • Afonso RJ

    Não tem a ver diretamente com o post, mas com a licença de todos:
    Recentemente postei um comentário sobre as transmissões dos jogos via WEB que a CBV fazia com bastante frequência e que ultimamente suspendeu.
    Mandei um e-mail para a CBV questionando o fato, sem grandes esperanças de obter resposta. Estava enganado. Eles atenciosamente responderam. Transcrevo aqui a resposta:

    “Caro Afonso,

    Devido a questões técnicas, suspendemos as transmissões. Estamos revendo os contratos e, em breve, retomaremos as transmissões.

    Atenciosamente,

    Equipe CBV”

    • Rafael Augusto

      Amigo, como que você conseguiu enviar um email para a CBV? qual Email deles? Grato!

      • Afonso RJ

        Entre no site da CBV: http://www.cbv.com.br
        Vá para a página principal (home) ou clique encima do logotipo da CBV.
        Tem um menu hrizontal no pé da página, logo abaixo dos logotipos dos patrocinadores.
        Clique na opção “contato” (última opção à direita).
        Preencha o formulário com seu e-mail, nome e a mensagem.

  • Eduardo

    Isso está me cheirando a boicote. Minas não tem time para jogar tão mal. E para piorar, o time ainda tem Sesi e Cruzeiro nas próximas rodadas. Ou seja, o time deve emendar 5 derrotas seguidas… Uma pena.

  • Vinícius

    Concordo com o Eduardo, tá “cheirando” a boicote. O time não é de 1o nível (pra competir com Sesi, Sada e Campinas) mas não é tão ruim assim… Perder do Maringá por 2×3, ok… Mas perder para JF e MOC, não dá, inadmissível… Já era pra o MTC estar “colado” com o Campinas.
    O time tem bons nomes, acho que ainda faltam uns 2 de seleção, de alto nível para poder realmente disputar título.
    Bom, como sugestão, Marcelo Fronckowiaki, de novo.

    • Bernardo

      Boicote??? O MTC chegou às semifinais nas últimas três superligas. O único que conseguiu esse feito ao lado do Sada. Tal fato mostra por si só que há competência e muito profissionalismo envolvendo os dirigentes, jogadores e comissão técnica.

      É claro que essas três derrotas consecutivas para times considerados inferiores demonstram que algo precisa ser alterado, e pode, inclusive, ser interpretado por um momento instável da equipe, como aconteceu com o Sada quando perdeu para o Taubaté.

      Filip só começou a jogar como titular na partida contra o Maringá, o Maurício caiu um pouco de rendimento e o sérvio não tem jogado uma partida inteira. Situação semelhante a que vem ocorrendo no Sesi, pois o Serginho e Sidão não vem jogando e há sempre uma troca entre os opostos Evandro e Renan durante as partidas. Ou seja, contingências desse tipo são passíveis de ocorrerem.

      Minas com o plantel que possui tem capacidade, sim, para brigar pela terceira colocação e bater de frente com Campinas, não é à toa que venceu o mesmo por 3×1 em Belo Horizonte sem maiores dificuldades. Pelo que vem fazendo nas últimas superligas e inclusive nessa, eu não ousaria desacreditar do MTC. Ainda é muito cedo para traçar qualquer prognóstico!

      • Vinícius

        Caro Bernardo, respeito tudo o que escreveu, concordo com quase tudo, exceto o boicote (que você não concorda) e ainda acho que pode ter sido… Porque penso assim? Porque tomar 0x3 para o MOC na Arena, alguma coisa não ia bem…
        Quanto ao time, antes do Filip voltar, o destaque era o Franco, que o substituia…
        Passe não é com o Maurício, pode tentar outra…
        Bom, acho que ainda falta “o cara de decisão” para “dividir” com o Filip os momentos cruciais de um jogo…

        O MTC tem chances de ser 3o? Sim, tem. Mas para por aí. Não tem time para ganhar de Sesi ou Sada. Esse sul-americano que começa em breve, você tem dúvidas de quem vai “levar”?

        O MTC tem tradição tanto que chegou às semi nos últimos 3 anos, como você comentou. Mas eu quero disputar o título! Quero que o MTC levante a taça novamente, como o fez por diversas vezes…

  • Não vejo isso como boicote,vejo como um desgaste natural e também o elenco do MTC é bommas com poucos investimentos se olharmos os primeiros colocados…desta mesma forma caminha o banana boat\praia no feminino,que provavelmente irá encontrar a 3º derrota pro volei Amil e que também pelo elenco que tem não ta fazendo jus aos resultados.A única diferença talvez seja a falta de humildade e visão deste último,que mesmo se afundando continua a achar que está tudo bem.\já o MTC não já é mais profissional e sabe que o que deve guiar são resultados e não panelinhas formadas pelo sr Spencer Lee,no volei não há mais espaço pra atitudes assim.

  • Paulo Torres

    Dessas três derrotas, fui apenas ao jogo contra o Maringá. O time fez uma boa partida, mas errou muitos saques e caiu de produção sempre no fim dos sets. A derrota contra o UFJF, mesmo por 3×0, não me surpreendeu – os juizforanos já venceram o Minas muitas outras vezes.

    Agora, a troca de técnico nesse momento é algo bem complicado: em duas semanas, o Minas sediará o Sul-americano de clubes, e terá o rival Sada/Cruzeiro e o UPCN, algoz da última temporada, pela frente… Acredito que o time seja comandado pelo auxiliar Ricardo Piccinin (que treinou o surpreendente Mackenzie há duas temporadas, na Superliga feminina) pelo menos até o Sulamericano.

  • rodrigo m alvarenga

    Cara de boicote para retorno do Marcelo Fronckowiaki…

  • Lilika

    Alguma possibilidade dele ter sido sondado para assumir a seleção argentina? Pois apesar desses tropeços o trabalho dele estava sendo bem feito no Minas…enfim, sorte pra ele e. pro Minas tbm…

    • Daniel Bortoletto

      O nome argentino é o Velasco

      • Paulo Torres

        E o Dileo era auxiliar do Weber na seleção.

  • Rafael

    Ninguém sabe o que aconteceu direito, mas que foi bom pro time a saída do Horacio, isso foi. Time entrou com uma postura completamente diferente hoje contra o Sesi e conqusitou uma vitória simplesmente S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L em São Paulo!

  • Eduardo

    Ontem estive na Vila Leopoldina para ver Sesi x MTC. Como disse o Rafael, foi um jogo sensacional. Ontem o Minas jogou como a gente espera, ao contrário do Sesi… Algumas impressões:

    1) Piccinin evitou mexer no time com a intenção de dar constância e passar confiança aos jogadores. Só isso explica por que ele manteve o Rapha tanto tempo em quadra, mesmo o ponteiro tendo feito um 1º set pavoroso. Mesmo tendo à disposição dois outros bons ponteiros como Maurício (bom no ataque, fraco no passe) e Léo Mineiro (fraco no ataque, bom no passe).

    2) Lucas Lóh, pelo que jogou ontem, seria, como diria o Collor, “imexível”. É, ao lado do Lukinhas, a base do passe do time. Muito consistente e confiante. Só precisa evoluir no ataque.

    3) Maurício entrou e mudou o jogo. Virou as bolas que o Rapha não virou, e não comprometeu no passe. E sacou muito bem, verdade seja dita.

    4) Dupla de centrais esteve ótima. Acho até que o Marcelinho poderia utilizá-la mais, e assim sobrecarregar menos o Filip.

    5) Oposto parece ter voltado à velha forma. Quase 60% de eficiência é marca de oposto de alto nível.

    6) Sesi: no papel é imbatível, mas na quadra… Não tem time para passar sufoco diante de Minas ou Maringá (pela Copa Brasil, ganhou no sufoco de 3×2). Para mim, o time continua devendo. Lucão poderia ser mais bem aproveitado pelo Sandro.

  • ana maria

    Eu precisava escrever aqui sobre o jogo com o Sesi. Não o assisti todo, apenas o tie break. E…soltei um baita grito de felicidade pela vitória do Minas. Espero que joguem com a mesma intensidade sempre. Nem é pela torcida (claro que a gente gosta muito disso) mas por vocês mesmos atletas que merecem brilhar!

  • Eduardo

    Olá Bortoletto,

    Sabe se já saiu a tabela do Sul Americano masculino em BH?

    Abração,

    Eduardo

    • Daniel Bortoletto

      que eu saiba, ainda não

MaisRecentes

A dor de Gabi e de quem estava ao lado



Continue Lendo

Duas gratas surpresas na Superliga



Continue Lendo

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo