Vitória americana garante Brasil na semi do Mundial



A Seleção Brasileira garantiu nesta quinta-feira, sem entrar em quadra, vaga nas semifinais do Campeonato Mundial masculino de vôlei.

A classificação foi confirmada com a vitória dos Estados Unidos sobre a Rússia por 3 sets a 0, parciais de 25-22, 25-23-23.

Brasil e Estados Unidos, com um triunfo cada nesta fase, disputarão nesta sexta-feira, ao meio-dia (horário de Brasília), o primeiro lugar do grupo. O líder enfrentará o segundo colocado da chave de Sérvia, Itália e Polônia.

Como a Polônia fez 3 a 0 na Sérvia no encerramento da rodada, a briga pela classificação segue aberta. Os poloneses, liderados pelo provocador Kubiak, precisam vencer apenas um set diante da Itália, amanhã. A Sérvia, graças à grande margem de pontos feita em cima da Itália, na estreia, já está garantida.

Para a Azzurra, é necessário ganhar por 3 a 0 para levar a definição da vaga para os pontos average.

Os pontas Aaron Russell e Taylor Sander foram os destaques dos Estados Unidos na vitória sobre a Rússia. Eles marcaram 17 e 15 pontos, respectivamente. Pelo lado russo, o gigante Muserskiy anotou 12, quatro deles no bloqueio.

Russell foi o maior pontuador do jogo (FIVB Divulgação)

Algumas pessoas me perguntam se é uma surpresa a eliminação do time russo, vencedor da Liga das Nações dois meses atrás. Não diria que o resultado é surpreendente, pois a Rússia caiu diante de Brasil e Estados Unidos, outros dois candidatos ao título. Era um grupo imprevisível mesmo, com pouca diferença e favoritismo entre os três.

Fica uma constatação: os americanos venceram duas vezes os russos no Mundial. A segunda delas, apesar das parciais próximas, com boa margem de segurança no decorrer dos sets. Mostra um caminho encontrado para enfrentar a altura e força dos europeus, consequentemente material de estudo para outras seleções.

Vale lembrar que Renan Dal Zotto não estará no banco de reservas diante dos Estados Unidos. O Brasil será comandado pelo assistente Marcelo Fronckowiak. A explicação está no link abaixo.

LEIA TAMBÉM

+ A punição para Renan Dal Zotto após atitude antidesportiva diante da Rússia

 



MaisRecentes

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com as chuvas no Brasil



Continue Lendo