A virada sofrida em Macau



Um apagão interrompeu Itália x Tailândia, em Bari, nesta sexta-feira. Outro apagão fez o Brasil perder o primeiro jogo no Grand Prix.

Nesta madrugada, em Macau, na China, as bicampeãs olímpicas perderam de virada para a Sérvia, parciais de 16-25, 29-31, 25-19, 25-19 e 18-16. E o passe foi um dos vilões.

Boskovic deitou e rolou, marcando 30 pontos (FIVB Divulgação)

Boskovic deitou e rolou, marcando 30 pontos (FIVB Divulgação)

José Roberto Guimarães saiu jogando com Fernanda Garay e Natália como titulares, mas usou Jaqueline e Gabi durante a partida. Mas a instabilidade em um fundamento tão importante foi decisiva para construção do resultado negativo.  Foram nove aces da Sérvia na partida, cinco deles feitos pela ponta Mihajlovic, ex-Rexona.  Apenas ela fez mais pontos no saque do que todo o time brasileiro (quatro).

A virada de bola sérvia também foi melhor do que a brasileira. Basta ver os números de Boskovic e Mihajlovic no ataque: foram 46 pontos da dupla apenas neste fundamento.

Um sinal de alerta não apenas para o restante da campanha brasileira no Grand Prix, mas principalmente para a Rio-2016. Vale sempre lembrar que o Brasil, por ter caído em um grupo mais “light” na primeira fase deverá ter um cruzamento bem forte já nas quartas de final.

 

 

 



MaisRecentes

Conheça Kadu, a novidade da Seleção nos jogos pré-Mundial



Continue Lendo

Em dia de justa homenagem por ouro em Pequim, Brasil perde a quarta seguida



Continue Lendo

Coluna: Uma semana estranha para o vôlei brasileiro



Continue Lendo