Virada impede título brasileiro. Mas fica uma boa impressão



A Seleção de Novas esteve perto do título da Copa Pan-Americana, nesta sexta-feira. Depois de abrir 2 a 0 (30-28 e 25-18), o Brasil levou a virada dos Estados Unidos, parciais de 25-22, 25-21 e 15-11, ficando com a medalha de prata.

Comparando os times, o vice era um resultado até esperado pelas brasileiras. Os Estados Unidos contavam no time-base com Alisha Glass, Metcalf, Sykora e Richards, que foi o nome da final, ao marcar 35 pontos. Merecidamente, a maior pontuadora do torneio ainda levou para casa o prêmio de MVP.

Pelo lado brasileiro, a oposto Joycinha, com 25 pontos, liderou o time na pontuação. Priscila Daroit anotou 23 e Gabi, 18. É certo que o teste foi válido, pois muitas das jogadoras do Brasil passaram a integrar há pouco tempo o grupo principal e algumas delas certamente estarão no ciclo olímpico de 2016.

Na premiação individual, a capitã Natasha foi eleita a melhor bloqueadora.



MaisRecentes

Vaivém: Itapetininga contrata central americano



Continue Lendo

Monique é convocada para treinos da Seleção



Continue Lendo

Números de Ágatha e Duda são ótimas credenciais para Tóquio-2020



Continue Lendo