Veja como seriam hoje os grupos do Pré-Olímpico para Tóquio-2020



A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) divulgou as regras de classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Serão 11 vagas em disputa para cada naipe, já que o Japão já está garantido como país-sede.

As seis primeiras serão definidas em Pré-Olímpicos Mundiais. Serão seis grupos com quatro seleções cada, com o campeão carimbando o passaporte olímpico.

A definição dos integrantes será feita com base no ranking da FIVB em agosto de 2019. Abaixo fiz um esboço de como seria cada grupo com a pontuação atual. Vale lembrar que ela será atualizada ao fim do Mundial feminino.

Ting Zhu liderou a China na conquista do ouro olímpico no Rio em 2016 (FIVB Divulgação)

Masculino

Grupo A: 1, 12, 13 e 24 (BRA, EGI, BUL e HOL)
Grupo B: 2, 11, 14 e 23 (EUA, SER, BEL e TUN)
Grupo C: 3, 10, 15 e 22 (POL, ALE, CUB e ESL)
Grupo D: 4, 9, 16 e 21 (ITA, FRA, AUS, VEN)
Grupo E: 5, 8, 17 e 20 (RUS, IRA, FIN e COR)
Grupo F: 6, 7, 18 e 19 (CAN, ARG, MEX e CHN)

Feminino

Grupo A: 1, 12, 13 e 24 (CHN, ALE, PUR e CUB)
Grupo B: 2, 11, 14 e 23 (EUA, TUR, BEL e AZE)
Grupo C: 3, 10, 15 e 22 (SER, ARG, TAI e TCH)
Grupo D: 4, 9, 16 e 21 (BRA, COR, BUL e POL)
Grupo E: 5, 8, 17 e 20 (RUS, DOM, CAM e KAZ)
Grupo F: 6, 7, 18 e 19 (ITA, HOL, CRO e CAN)

Já as cinco vagas restantes para os Jogos de Tóquio serão definidas nos Pré-Olímpicos continentais: América do Sul, Norceca, Europa, África e Ásia. Mais uma vaga apenas para cada continente.



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube conquista a Supercopa. Mas tem muito a evoluir



Continue Lendo

Dirigente morre ao jogar torneio master em Saquarema



Continue Lendo

Coluna: Uma Superliga 100% transmitida



Continue Lendo