Vaivém: Uma assinatura e uma dúvida no Sollys/Osasco



A ponta Jaqueline só precisa assinar o novo contrato para que o Sollys/Osasco anuncie a renovação por mais uma temporada.

Existe e possibilidade, neste novo vínculo, de extensão até a temporada 2012/2013.

A permanência de Jaqueline ajudará Luizomar de Moura a diminuir a diferença de patamar entre o Sollys e a Unilever, atual campeã, que montou uma verdadeira seleção para a temporada 2011/2012.

O clube de Osasco tenta ainda eliminar as dúvidas jurídicas para anunciar a oposto americana Destinee Hooker. O acerto com a jogadora já existe há um mês, mas o processo que ela possui por quebra de contrato na Itália deixa o staff do Sollys temeroso. Caso Hooker seja punida pela Federação Internacional, uma suspensão arruinaria o planejamento do time.



  • Alessandra França

    Hooker provavelmente não será punida. Até representante dos EUA daquele FIVB Heroes ela foi escolhida, sinal de que sua imagem junto a federação não está tão desgastada assim.

  • Diogo Márcio

    Uma boa é uma má notícias!
    Adorei saber que a Jack vai continuar, gosto muito do seu jogo – Torcendo pra Hooker completar o time. Acredito que a Federação Norte-Americana deve atuar nesse decisão, pois eles tbm perderia uma grande jogadora, perto das Olimpíadas de Londres e Pan 2011!

  • Lukas

    Que bom que a Jaque fica em Osasco! Fico muito feliz feliz por isso!

  • Rodrigo

    Unilever ainda bem melhor do que o Sollys… O Osasco deveria ter contratado uma ponteira estrangeira definidora de bolas… Jaqueline só dar volume de jogo e leva muito toco, além de sumir nos momentos decisivos… Olhe lá se Ivna não pegar o lugar dela ao longo da Superliga! Unilever infelizmente mais uma vez campeão e dessa vez com mais facilidade… Eu apostaria numa Calderon, Megan Hodge, Jordan Larson, Logam Tom, Osmokrovic, Piccinini, Elitsa Vasileva… Mas, esperar o q do Luizomar q se contenta em todo ano ser vice! COMPLICADO!

    • Vicee , vai sonhando VF vai acaba com osasco , e vai dar muito trabalho pro Unilever

    • Diogo Márcio

      Megan Hodge como ponteira passadora?! Tá fumando o que? porque eu tbm quero fuma esse “baguio” louco kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Diogo Márcio

      Megan Hodge como ponteira passadora?! Tá fumando o que? porque eu tbm quero fuma esse “baguio” louco kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Adriano

      Todas essas que você comentou já haviam assinado com outros times, ou estavam em via disso acontecer. Eu acredito que ficar com a Jaque foi a melhor opção pro Sollys. Verdade que a Unilever ainda está melhor, mas acho que o time não tinha muito outra opção. Precisava de uma boa passadora de qualquer jeito, por ter perdido a Sassá. Então, dos males, o menor.

      Se o time conseguir entrosar rápido a Fabíola com as atacantes e contar com todas 100%, pode até brigar de igual pra igual com a Unilever. O problema maior continua sendo a diferença entre os treinadores, como todos sabemos.

  • André

    Com a confirmação de Hooker, não vejo o Sollys tão atrás assim da Unilever não… A oposta em questão é uma atacante de nível altíssimo, uma das grandes do mundo atualmente. Além disso, o time de Osasco tem, no papel, o melhor meio de rede no Brasil: Thaísa e Adenízia, duas centrais de seleção, que, se usadas de maneira correta por uma levantadora competente (Fabíola tá aí pra isso), podem fazer a diferença. Por fim, nas pontas, a vinda da Jaqueline traz uma estabilidade no passe junto à ótima Camila Brait, o que libera a permanência de Tandara, que tem demonstrado uma grande ofensividade no ataque. Pra completar, o banco do time, dessa vez, apresenta opções razoáveis como Ivna, Ju Costa e Karine… Ou seja, acho que, nesses termos, o time fica bem equilibrado. Recepção funcionando com Jaque e Brait, Fabíola colocando as meios pra jogar como um diferencial da equipe em relação às demais, Jaque nas bolas rápidas e Tandara como opção de potência na ponta, e Hooker como desafogo quando nada disso funcionar.

  • Álvaro Médio

    Jaqueline e Tandara nas pontas, Hooker de oposto. Acho mais equilibrado do que Mari e Naty nas pontas e Sheillinha de Oposto.
    O passe da Naty e da Mari não é confiável. A Jaque passa muito bem e a Tandara passa melhor que a Naty. No ataque, as ponteiras da Unilever são muito superiores.
    A Hooker é uma das poucas opostas do mundo que não leva de lavada da Sheilla (cracaça de bola).
    As meios do Osasco são superiores às do Rio. As levantadoras são duas incógnitas (a Venturini pela falta de ritmo, a Fabíola pq é 1/2 pirada).
    As líberos se equivalem. O banco do Osasco é melhor, mas o técnico do Rio é o MELHOR de todos os tempos, um DEUS do vôlei.

    E aí????

    Pra mim, Sesi e VF serão coadjuvantes que podem aprontar das suas!!!

  • Sidnei Gama

    Olá, Daniel!
    E a Érika, Fofão, Carol Albuquerque tem notícias donde irão jogar?

    • Daniel Bortoletto

      nenhuma definição para as três ainda

  • Vitor

    Com Hooker e Jaqueline o Osasco volta a ter time pra brigar pelo títutlo. A Jaque não viveu um bom momento na última temporada. Principalmente após o vice mundial com a seleção. Ele deve estar bastante motivada a superar mais esse contratempo na carreira e principalmente recuperar o espaço perdido na seleção para a Fernanda Garay e ter saído atrás também das ‘novas’.

    Já a Hooker dispensa comentários.

  • Igor

    Tem duas jogadoras da Rep. Tcheca que jogaram muito no ultimo mundial como ponteiras. Poderiam trazer as duas para o Brasil

MaisRecentes

Semana positiva das Seleções adultas



Continue Lendo

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo