Vaivém: Um surpreendente reforço gringo em Maringá



Mais uma marca histórica para a Superliga 2015/2016.

Pela primeira vez um jogador africano vai atuar na competição brasileira.

Trata-se do central congolês Ilouoni Ngampourou, mais conhecido como Exoce, que defenderá o Copel Telecom/Maringá.

Segundo a ficha divulgada pelo clube, o jogador de 26 anos jogou por quatro anos na Argélia e por um ano no Bahrein, e estava no Espérance Sportive, da Tunísia.

– Espero estar à altura da Superliga – disse o central de 2,08m, que ele menos na estatura já ganha destaque: será o jogador mais alto do elenco paranaense.

O central de Congo defendera Maringá (Reprodução)

O central de Congo defendera Maringá (Reprodução Facebook)

Havia conversado com Horacio Dileo na festa de apresentação da Superliga, no Rio. Ele me contou das dificuldades do início da temporada: contusões, falta de ritmo, já que o Paraná não possui um Estadual, e um orçamento limitado. Para resolver o primeiro e o último item ele certamente precisou de criatividade e faz uma aposta grande ao contratar o jogador de Congo.

O país, para quem gosta também de geografia, é vizinho de Camarões, Angola, República Democrática do Congo, Gabão e ainda pelo Oceano Atlântico.  Também é conhecido como Congo-Brazzaville (este o nome de sua capital), para se diferenciar do vizinho Congo, o antigo Zaire, palco de sangrentas guerras civis nos últimos anos, que vitimaram milhões de pessoas.

Procurei no Youtube e encontrei um vídeo com jogadas de Exoce. Pela altura, já era esperado que fosse um jogador com grande alcance de bola no ataque. E boa parte do clipe mostra isso nos ataques pelo meio. Confira!

Exoce começa a treinar hoje com os demais companheiros.

Quem também chega ao Maringá e o oposto Alemão, 1,97m, ex-Montes Claros, Sada Cruzeiro e UFJF.



MaisRecentes

Dinheiro chinês desequilibra a VNL



Continue Lendo

Coluna: O nível europeu está altíssimo



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com a base



Continue Lendo