Vaivém: Um outro gringo vindo aí?



O Brasil Kirin também deve contar com um estrangeiro em seu elenco na temporada 2015/2016, algo que o Funvic/Taubaté já concretizou ao fechar com o canadense Gavin Schmitt (http://blogs.lancenet.com.br/volei/2015/04/12/vaivem-gringo-bom-de-bola-em-taubate/).

O alvo da equipe campineira é o experiente levantador argentino Demian Gonzalez, 32 anos.

Ele defende há várias temporadas a UPCN, que disputa com o Bolívar as finais da Liga Argentina. Inclusive vence o playoff, em melhor de cinco das finais, por 2 a 0, podendo garantir o título na quinta-feira.

Nos últimos anos, Gonzalez jogou várias vezes no Brasil em Campeonatos Sul-Americanos e Mundial de Clubes.  Vi de perto seu bom desempenho no Mineirinho no ano passado, quando a UPCN ficou em terceiro lugar no Mundial, vencendo o Sada/Cruzeiro no último jogo.

Uma aposta interessante da equipe de Campinas.



  • Livia

    Levantador estrangeiro e com essa idade? Não sei não…

    • Billy

      Ora Livia o levantador(geralmente)quanto mais velho(com maior rodagem nas quadras) melhor fica.Concorda!?

  • Guga

    O problema maior do Brasil Kirin ta longe de ser o levantador.. O time foi construido no papel para ser no máximo terceiro lugar da SL, Centrais Fracos, um Oposto que ja tem um historico de contusões que deixa os times na mão na fase final, e uma piada de mal gosto que eh achar que o Michael iria dar conta do pepino na saida, as pontas tambem são muito fracas, Tavares já deu… Não tem como jogar com ele e o Bravo ao mesmo tempo, precisa de um mais definidor.

  • klaus

    Não gostei.O que o time precisa é de ponteiros definidores .Sandro cumpre muito bem a função de levantador.

  • Edu

    Bom levantador.Esperava também um pouco mais do Sandro após seu desligamento do Sesi e sua entrada no Campinas.Equipe, aliás, que caminha sempre dentro de uma realidade racional e consistente do ponto de vista financeiro e de planejamento no voleibol brasileiro.

  • Juliano

    De longe o melhor levantador argentino que eu já vi.

    Um absurdo é que parece não ter o devido espaço na seleção argentina.

    Ele é muito bom mesmo.

  • @alcidesxavier

    Acredito que o problema do Brasil Kirin são os atacantes, ponteiros não resolveram e o oposto de fato se lesionou, o time perdeu a referencia. Sandro é um bom levantador, melhor fazer uma proposta boa para manter Sandro e gastar com um ponteiro/oposto definidor.

  • Bernardo

    Acho que o problemas de Campinas não é o levantador, nesta temporada foram as lesões, mas mesmo se elas não tivessem ocorrido creio que os centrais e os pontas eram a parte a ser reforçada.

  • Kleber Alves

    O problema do time não é levantador.
    Precisam de um ponteiro mais definidor.

    Não gostei muito da temporada do Gustavão, apesar de que na outra temporada ele foi melhor. O Vini é ótimo, Luzinho é bom…

    Melhor gastar com pontas gringos.

  • Raffy

    Como alguns colegas acima falaram também concordo que o Sandro não foi o problema. Pelo meio, Gustavão/Luisinho/Vini até que foram regulares. Aliás o Gustavão parece meio acomodado, talvez precise jogar por outro clube pra ver se deslancha de uma vez, voleibol pra isso ele tem, fora a altura que ele tem de sobra. Para mim, os pontas que não eram confiáveis e pra complicar ainda mais, perdem os opostos por lesões, sendo que o reserva era central e foi adaptado. Deveriam ter ficado com o Rivaldo mesmo. Não tinha como dar certo mesmo.

  • MAIS UMA BURRICE

    Assim como o Praia Clube no feminino, o Brasil Kirin não sabe contratar. Temos grandes levantadores brasileiros de sobra e vai contratar um argentino? Brincadeira. Qual foi o grande problema do time nesta temporada? Oposto e pontas.

    • Edu

      De sobra?.Faça uma lista excluindo o Rapha,Sandro,Marcelinho,Ricardinho(vale só os que atuam por aqui)?

  • Julio

    Um ponteiro bom de bola é o alemão Denys kaliberda, esse sim seria uma ótima contratação.

  • humberto

    Eu gostaria de saber a opinião dos colegas leitores aqui do blog,estava pensando a respeito de contratações de gringos e a naturalização do leal,todos os gringos que estao jogando aqui e esses confirmados que virão acho todos bom de bola,mas o volei brasileiro é conhecido pelo talento e por formar novos talentos.Essas contratações estrangeiras e a propria naturalização do leal não seria um “sintoma” de que estamos numa safra muito fraca,quase “implorando” pra um cubano vir resolver a carencia de ponteiros passadores,oq os colegas acham disso?

    • klaus

      Humberto você tem razão quando diz que estamos sem bons jogadores mas isso é fruto da péssima administração da CBV que não olha e nem ajuda os clubes formadores.São eles os responsáveis por formar os fundamentos dos jogadores,de realizar peneiras e estão sofrendo com a falta de apoio.Talentos nós temos e muito mas sem apoio fica difícil.Muitos jogadores desistem bem antes de se tornar atletas profissionais.Antes nós sofríamos com a falta de jogadores altos e hoje isso não é mais problema.É preciso fomentar os clubes, apoio permanente e que a CBV se disponha a ajudar nessa formação.

    • Billy

      Pois é Humberto.Saudades dos tempos em que o Brasil se sagrava campeão mundial no infanto-juvenil e juvenil direto.Mas hoje a coisa esta globalizada e não existem mais times bobos no vôlei mundial.Num mau dia até os favoritos(considerados)caem.Sinal dos tempos…Há de se continuar investindo nas categorias de base para se colher os louros no futuro.Abraços.

  • Allan Chagas

    Daniel você sabe se o orçamento de campinas vai diminuir mesmo para este ano, sobre o time vai ser desmanchado mesmo?
    Como torcedor espero grandes reformulações na equipe mesmo já que foi uma ano decepcionante começando pelo técnico tentaria a contratação do Javier Weber já que ele está na argentina e não na Europa.
    Sobre o time ficaria só com Vini e o Ary e tentaria contratar o levantador cubano Raydel Hierrezuelo que joga na italia na molfeta e o ponteiro japonês Yuki Ishikawa que joga no modena.

    • Daniel Bortoletto

      orçamento mantido

  • lucoelho

    Eu gostei da contratação. O Sandro é bom, mas nao rendeu como devia no Brasil Kirim. Nao sei se por falta de entrosamento com os atacantes, se por falta de afinidade com o esquema tático… Só sei que o Sandro nao brilhou, fez o feijão-com-arroz, nao prejudicou mas também nao foi decisivo. Entao, considero a contrataçao do argentino um excelente aposta, ele fez excelentes passagens contra o cruzeiro no sul-americano, pode render muito.

    Agora, o que esse time precisa mesmo é de oposto né? Não dá mais para passar uma temporada inteira improvisando central na funçao (tudo bem, houveram vários jogadores importantes lesionados, mas por isso mesmo precisa ter um banco que segure minimamente a qualidade do jogo do time e tambem dar uma benzida no CT por via das duvidas para ver se sai a urucubaca que impede o brasil kirim de ser campeao).

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo