Vaivém: A transferência de Ngapeth para a Rússia



Uma das principais peças do quebra-cabeça internacional do mercado de transferência anunciou o futuro nesta quinta-feira. O ponta francês Earving Ngapeth confirmou, em entrevista ao jornal L´Equipe, a troca do Modena (ITA) pelo Zenit Kazan (RUS).

Ele será o substituto do cubano Leon no time russo. A rescisão do atual contrato de dois anos já está, segundo ele, acertada com Catia Pedrini, presidenta do Modena.

Como de costume, Ngapeth não foi politicamente correto e explicou com detalhes os motivos da mudança de equipe.

– Eu tomei a decisão por duas razões simples: a primeira é que sinto que fiz tudo em Modena. Eu estive lá por quatro anos e meio e, fora a Liga dos Campeões, eu ganhei tudo. Eu sinto que entrei em uma espécie de rotina. Eu sinto falta de algo. Sinto a necessidade de ver outra coisa – comentou o ponta francês.

Ngapeth

Ngapeth festeja o título da Liga pela França (FIVB Divulgação)

Ele também deixou claro não ter sintonia com o técnico búlgaro Radostin Stoychev.

– Radostin Stoytchev é um bom treinador, mas ele não é meu tipo de treinador. Nós tivemos desentendimentos ocasionais, humanos, às vezes um pouco duros. Eu gosto de ter a liberdade no meu jogo. Em vez disso, ele quer que tudo seja quadrado. Eu não sou esse tipo de jogador. Não posso continuar assim, em um sistema de jogo que não me satisfaz. É melhor eu sair – explicou ao L´Equipe.

O Zenit Kazan é o atual campeão mundial, além de possuir três conquistas na Liga dos Campeões da Europa. O técnico Vladimir Alekno, por anos treinador da seleção russa, tem no currículo uma longa passagem pelo vôlei francês e domina o idioma. Outro ponto importante para a decisão tomada por Ngapeth. Por último, mas não menos importante, o francês também vai engordar bastante a conta salarial com a transferência para o vôlei russo. Perguntado sobre a “tradição” do Zenit de pagar um milhão de dólares aos seus astros por temporada, Ngapeth não confirmou, mas também não desmentiu.

EFEITO DOMINÓ

A confirmação da saída de Ngapeth pode acelerar o anúncio de outra perda gigantesca para Modena: o campeão olímpico Bruninho. Os dois jogadores são muito amigos dentro e fora de quadra. Perguntando recentemente sobre o futuro, o brasileiro pediu para esperar a participação do time no Campeonato Italiano. E o que não faltam para ele são propostas.

 

 

 



MaisRecentes

Copa altera o status da Seleção Brasileira masculina



Continue Lendo

Coluna: Vale prestar atenção na vizinhança



Continue Lendo

Coluna: Já esperava ver a Seleção em outro patamar



Continue Lendo