Vaivém: Time suíço confirma ida de levantadora para o Rexona-Ades



O Volero Zurich confirmou, em seu site oficial, que a levantadora americana Courtney Thompson está mesmo de partida para o Brasil.

A reserva de Alisha Glass na seleção americana vai defender o Rexona-Ades na próxima temporada.

Thompson era a capitã e camisa 15 do Volero (Divulgação)

Thompson era a capitã e camisa 15 do Volero (Divulgação)

Na semana passada, Thompson, 31 anos, enfrentou duas vezes o time carioca pelo Mundial de Clubes, em Zurique. Perdeu o primeiro jogo, mas venceu o segundo, que rendeu a medalha de bronze para as suíças.

– O Volero Zurich me mostrou, nos últimos dois anos, que eu era capaz de jogar no mais alto nível. A medalha no Mundial de Clubes com a minha equipe foi uma grande honra e uma despedida agradável. Agradeço à minha equipe, aos espectadores e fãs que nos apoiaram muito nestes momentos bonitos e emocionantes – comentou a americana.

A contratação de Thompson servirá para tentar preencher a lacuna deixada por Fofão, que se aposentou após o Mundial. Apesar de todos os discursos de apoio para a reserva Roberta, que teria a maior chance de vida na próxima temporada, a chegada de um selecionável internacional mostra que não é bem assim. Pode até existir confiança na jogadora, mas também existem dúvidas. No cenário atual, são raros os times que fazem investimento em uma estrangeira para mantê-la no banco de reservas. É esperar algumas meses para ver na prática se a tese faz sentido.



MaisRecentes

Mais seguro, Brasil vence e está nas finais da Liga das Nações



Continue Lendo

Vaivém: Mais uma campeã da Superliga no Osasco/Audax



Continue Lendo

Na estreia de Lucas Lóh na Liga das Nações, Brasil se recupera



Continue Lendo