Vaivém: Stanzioni avança por novo time em tradicional clube paulistano



Na atual temporada, Alexandre Stanzioni foi o técnico do Corinthians. Na próxima, ele estará fora da quadra, na gestão de uma nova equipe masculina que está prestes a ser oficializada.

Stanzioni espera conseguir confirmações de patrocinadores até a semana que vem para fazer o anúncio. O time teria sede em São Paulo e para disputar a próxima Superliga com o CNPJ da Associação Desportiva São Bernardo, que na atual temporada era parceira do Corinthians/Guarulhos, em um acordo a ser finalizado com o tradicional Clube Atlético Juventus.

Na negociação, Stanzioni não está propondo apenas a criação de um time de vôlei. A intenção é fazer uma parceria de co-gestão de todos os esportes olímpicos do clube da Mooca, criar uma plataforma de negócios, captar dinheiro na iniciativa privada e em projetos incentivados. É a realização de um sonho antigo dele, que vem sendo formatado há anos.

– Passado o susto da saída do Corinthians, colocar tudo isso de pé não é simples. Mas a coisa está se consolidando. Na minha concepção de projeto, precisamos de um pool de patrocinadores, com a possibilidade de estender a ideia do vôlei para outras modalidades – comentou Stanzioni.

Stanzioni no comando do Corinthians (Alexandre Loureiro/Divulgação)

Para a montagem do elenco, ele projeta um orçamento “um pouco mais econômico” do que o utilizado pelo Corinthians na última Superliga.

Para quem não é de São Paulo talvez seja difícil entender o carisma do Juventus. “O primeiro de muitos, o segundo de todos” é a expressão que melhor define o carinho de torcedores de futebol dos grandes clubes do estado com o Moleque Travesso, apelido que ele carrega por aprontar surpresas em duelos contra Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos nos gramados. Fundado na década de 1920, o Juventus atualmente está na Série A-2 do futebol paulista, joga suas partidas na simpática Rua Javari, onde se come deliciosos cannolis enquanto se vê os jogos.

PS 1: A nota acima gerou o entendimento de alguns que a parceria está fechada. Se alguém entendeu assim não era esse o meu desejo, até porque não tenho tal informação.  E me desculpo com esses que possam ter interpretado o texto assim. O projeto está no mercado, a ideia de gestão está explicada no texto. 

PS 2: O Juventus também entrou em contato para negar qualquer proximidade de acordo. Está devidamente registrado aqui.

LEIA TAMBÉM

+ Sesi acerta com reforço que estava na Turquia

 

 



MaisRecentes

Vaivém: Vôlei Renata oficializa renovação de Dileo



Continue Lendo

Vaivém: A aposta ousada do Camponesa/Minas em Gabi e Natália



Continue Lendo

Venda de ingressos para final da Superliga no Mineirinho



Continue Lendo