Vaivém: Sesi começa a anunciar reforços



O Sesi anunciou nesta segunda-feira a contratação do levantador William e do ponta Renato Russomano, o Pato.

O levantador, que estava no Sada/Cruzeiro, e o ponteiro, que vem do voleibol italiano, assinaram contrato com o clube paulista e serão apresentados em breve, junto com o restante da equipe.

William e Murilo na disputa pela bola (Wander Roberto/Divulgação)

William e Murilo jogarão juntos na próxima temporada (Wander Roberto/Divulgação)

– Eu estou muito feliz em voltar para São Paulo, para as minhas origens, ainda mais depois de sete anos em Belo Horizonte. Agora as expectativas são as melhores possíveis. Vou poder jogar aqui e espero conquistar muitas coisas, começando pelo título paulista. É uma competição que não conquisto desde 1996, quando eu comecei a jogar, então a expectativa está enorme – comentou William, eleito o melhor levantador em três edições do Mundial de Clubes e o atleta mais premiado da história da Superliga na sua posição, com cinco prêmios de melhor levantador em cinco edições da Superliga.

Já o ponta tem em sua carreira o título sul-americano de clubes pela Cimed em 2009, o de campeão dos Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara, dois ouros de Jogos Mundiais Militares (2011 e 2015), e em 2014 foi convocado para a Seleção Brasileira de Novos. No Siena, time que defendeu nos últimos dois anos em solo italiano, Renato ficou com o título da Copa Itália na série A2 e de quebra foi eleito o melhor passador da Liga.

– Eu fui para a Itália porque eu tinha o sonho de jogar fora do Brasil. Além da origem de família, lá tem um campeonato de altíssimo nível, então era algo que eu precisava realizar. Já estava com 30 anos e não tinha saído do país, então quando eu tive a oportunidade de sair, em 2015, não pensei duas vezes e achei que seria o momento certo. Fui feliz. Agora na volta para o Brasil, venho com mais bagagem, e ainda com saudades da minha família, do meu país – explicou Renato.

Nos próximos dias o Sesi vai anunciar outras contratações: o levantador Evandro, que estava no Lebes/Gedore/Canoas, o oposto Franco, ex-Paris (FRA), o ponta Piá, ex-Bolívar (ARG) e o central Gustavão, ex-UPCN (ARG).



MaisRecentes

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo

O novo capítulo de uma relação conturbada entre Brait e Zé Roberto



Continue Lendo

Coluna: A empolgante decisão da Superliga feminina



Continue Lendo