Vaivém: Satisfeito com estreia na elite, Giovane segura base



Segundo colocado na fase de classificação e semifinalista na temporada de estreia na elite da Superliga Cimed Masculina. A campanha do Sesc foi considerada como positiva por dirigentes e pelo técnico Giovane Gávio.

Desta forma, nada mais óbvio do que manter a base para o próximo ano.

Antes mesmo de ser eliminado pelo Sesi, o Sesc deixou acertada a renovação de contrato de grande parte da equipe titular. Jogadores com bom desempenho na temporada e assim valorizados no mercado.

Comemoração do Sesc durante a Superliga (Marcelo Piu/Divulgação)

Entre os titulares, já estão garantidos o levantador Thiaguinho, os pontas João Rafael e Maurício Borges, o central Maurício Souza e o líbero Tiago Brendle. Os dois reservas mais utilizados por Giovane também renovaram: o oposto PV e o ponta Japa.

Boa parte destes jogadores estará nas convocações de Renan Dal Zotto para os compromissos da Seleção Brasileira em 2018. Os Maurícios Borges e Souza, campeões olímpicos, são nomes certos. Thiaguinho, João Rafael e Brendle também foram lembrados no ano passado, tiveram boa performance na Superliga e terão novas oportunidades na Liga das Nações, brigando por vaga no grupo que disputará o Campeonato Mundial.

LEIA TAMBÉM

+ Renan convida 10 novatos para treinos da Seleção masculina



MaisRecentes

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com as chuvas no Brasil



Continue Lendo