Vaivém: São José anuncia treinador



Leonardo Carvalho é o novo técnico do time masculino do São José.

O carioca, que comanda a Seleção sub-21, já treinou o Volta Redonda e foi assistente do RJX, campeão em 2012.

– O que mais me cativou, me seduziu no São José, foi o projeto em si. É um time que não se resume a uma equipe adulta de voleibol campeã da Superliga B e uma participação em Superliga A. Trata-se de um projeto consistente desde sua categoria de base e isso tem muito valor. É uma formação sólida, que amadureceu muito no último ano. Estar na Superliga é o resultado dessa trajetória, é a cereja do bolo e as perspectivas para a temporada são de crescer ainda mais, de muitas conquistas.



  • rafa

    Masculino ou feminino?

    • Daniel Bortoletto

      masculino.

  • Marcod

    A equipe tem um plano audacioso para se tornar independente financeiramente da prefeitura nos próximos anos, espero que dê tudo certo.

  • klaus

    Ótima notícia.Sabe , eu estou gostando dos clubes que resolveram apostar nos jogadores mais jovens e não estão fazendo loucuras.E nada melhor que um técnico das categorias de base da seleção pra comandar um time como o São José.Espero que ele aposte em jogadores promissores.

  • Luciano

    Parece que o São José quer reviver o Montes Claros antigo. Ouvi comentários que o Lorena (desequilibrado) estaria negociando com o time, também querem Diogo e Rodriguinho, quem sabe Ezinho e Acácio também não atuem pela cidade, ou até mesmo o Salsa.
    Sei que no Monte Claros o Rodriguinho não fica, pois confirmaram a renovação com o Índio e contrataram o Rodrigo de levantadores, ao passo que Kachel e Kadu também irão atuar pelo time.

    • Euripedes Jr.

      Falaram que o Lorena vai ser o capitão desta equipe , em cada time ele só apronta foi assim na discussão com o Lipe com o Taubaté , o contrato que ele assinou com o Taubaté jogando por Maringá sem avisar a diretoria , a discussão com o Giovane e outros .

      • Edu

        Lorena estava apalavrado com o Taubaté e jogando com o Maringá.O Taubaté também recrutou um jogador dessa forma,dois meses antes, e ele disputou a final da Superliga.

  • Marcelo

    E o mercado feminino? Poderia postar alguma coisa sobre o Bauru, time promete vir bem arrumado na próxima temporada, Érika está para surgir por lá. Também tem o Osasco que deve anunciar sua nova oposta em breve, já que ela até já se despediu do antigo clube nas redes sociais.

  • Edu

    O São José foi um grave exemplo de megalomania.Como um time de frágil recursos pode se dar ao luxo de ter duas unidades disputando tanto o feminino como no masculino.Se nem o Sesi com sua fartura de recursos o conseguiu bem.A consequência foi clara: rabeira das duas categorias.No masculino, meteram os pés pelas mão, ainda mais no voleibol, trocando o técnico na quinta rodada e dispensando três jogadores no meio do campeonato sob alegada indisciplina e deficiência técnica.Deixando o ambiente conturbado.Justo o jovem técnico que começou a arregimentar o projeto há 5 anos desde da vontade inicial de se ter um time de voleibol na cidade.Não que fosse incompetente senão não traria o time da serie B para a serie A mas planejou um time mediano ,bom pra serie B, sobreviver com dificuldades na A.O levantador, por exemplo, era baixo, meio gordinho e lento demais.Lorena que na época do Taubaté promovia o chamado terror dizendo que jamais perdeu para a equipe rival em nível regional esta tentando se ajudar e ao time captando recursos para tentar pagar o seu salário e levar mais algum.Também tem interesse no recrutamento do central Alberto que estava no elenco do Taubaté.Estão na expectativa dos quadrangular com os últimos colocados e os times ascendentes da serie B.Mas torcendo para que a ausência de equipes na próxima temporada para lhes possa colocar direto na Superliga para fazer número.

MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo