Vaivém: O próximo time de Mari no Brasil



Os fãs de Mari já podem providenciar passagens e reservas de hotel em Uberlândia durante a Superliga 2013/2014.

Caso a recuperação da cirurgia no joelho esquerdo aconteça dentro do previsto, a ponta irá defender o Banana Boat/Praia Clube na próxima competição nacional.

Divulgação

Mari em foto no hospital, em abril, após a cirurgia

Ninguém vai confirmar a informação hoje, amanhã ou até o fim de semana. Faz parte e eu entendo os motivos médicos, que extrapolam uma simples assinatura numa folha de papel. Mas hoje já tenho segurança para escrever sobre a situação sem medo de uma grande reviravolta.

Existe um acordo, vamos dizer que apalavrado, entre os dois lados. Nos bastidores, técnicos, jogadoras e dirigentes já tratam o assunto como consumado há algum tempo. Eles, inclusive, já discutem até como ela poderá ser usada pelo time mineiro. A maioria acredita que ela atue com maior frequência como oposto, posição ocupado (e bem) atualmente por Monique. Na ponta, a “concorrência” será com Michelle, a cubana Herrera (outra que se recupera de lesão) e a americana Glass.

Independentemente da posição que atue, Mari será um grande reforço para o projeto do Banana Boat/Praia Clube. Vai ganhar uma exposição de mídia que ainda não teve, terá mais fãs país afora e vai se consolidar como um time com espaço para selecionáveis de renome, algo que até então ficou apenas na tentativa. Vale lembrar que o Praia sempre tentou contratações de impacto, como Paula Pequeno, só para dar um exemplo, mas ficou no quase.

Tecnicamente é preciso dar tempo ao tempo antes de prever qualquer coisa sobre o retorno de Mari. Eu faço coro com aqueles que preferem, hoje, a campeã olímpica em Pequim atuando na saída de rede.

Mari foi operada no início de abril, no Rio, para reconstruir os ligamentos rompidos em fevereiro em jogo do Fenerbahce (TUR). A expectativa inicial era retornar ao vôlei seis meses depois, ou seja, outubro. Pelo calendário que será divulgado em breve pela CBV, a Superliga começará em setembro. Neste caso, o tempo ajuda para que ela possa jogar boa parte da competição.

 



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube confirma presença no Mundial



Continue Lendo

Seleções disputarão amistosos pelo país antes dos Mundiais



Continue Lendo

O adeus do genial genioso Ricardinho



Continue Lendo