Vaivém: O próximo time de Mari no Brasil



Os fãs de Mari já podem providenciar passagens e reservas de hotel em Uberlândia durante a Superliga 2013/2014.

Caso a recuperação da cirurgia no joelho esquerdo aconteça dentro do previsto, a ponta irá defender o Banana Boat/Praia Clube na próxima competição nacional.

Divulgação

Mari em foto no hospital, em abril, após a cirurgia

Ninguém vai confirmar a informação hoje, amanhã ou até o fim de semana. Faz parte e eu entendo os motivos médicos, que extrapolam uma simples assinatura numa folha de papel. Mas hoje já tenho segurança para escrever sobre a situação sem medo de uma grande reviravolta.

Existe um acordo, vamos dizer que apalavrado, entre os dois lados. Nos bastidores, técnicos, jogadoras e dirigentes já tratam o assunto como consumado há algum tempo. Eles, inclusive, já discutem até como ela poderá ser usada pelo time mineiro. A maioria acredita que ela atue com maior frequência como oposto, posição ocupado (e bem) atualmente por Monique. Na ponta, a “concorrência” será com Michelle, a cubana Herrera (outra que se recupera de lesão) e a americana Glass.

Independentemente da posição que atue, Mari será um grande reforço para o projeto do Banana Boat/Praia Clube. Vai ganhar uma exposição de mídia que ainda não teve, terá mais fãs país afora e vai se consolidar como um time com espaço para selecionáveis de renome, algo que até então ficou apenas na tentativa. Vale lembrar que o Praia sempre tentou contratações de impacto, como Paula Pequeno, só para dar um exemplo, mas ficou no quase.

Tecnicamente é preciso dar tempo ao tempo antes de prever qualquer coisa sobre o retorno de Mari. Eu faço coro com aqueles que preferem, hoje, a campeã olímpica em Pequim atuando na saída de rede.

Mari foi operada no início de abril, no Rio, para reconstruir os ligamentos rompidos em fevereiro em jogo do Fenerbahce (TUR). A expectativa inicial era retornar ao vôlei seis meses depois, ou seja, outubro. Pelo calendário que será divulgado em breve pela CBV, a Superliga começará em setembro. Neste caso, o tempo ajuda para que ela possa jogar boa parte da competição.

 



  • Pam

    não sou do exercito da Mari. Mas fico feliz com essa notícia. Espero que o time que já é tão simpático tenha mais sucesso que no ano passado. Acho que irá se dar muito bem.
    Não acompanho tanto assim, quem serão as centrais? A Angelica e a Dani sairam não é verdade?

    • Felippe

      As centrais titulares serão a Natália (ex-Sesi) e a Letícia Hage (que está treinando com a seleção).

      • bsb

        Mas tem tb a Aline Santos que para mim é melhor que as duas juntas.

        • Maira Gadu

          UHAHUAUHAUHUHAUHAHUUHA!!! Melhor que as DUAS JUNTAS!!!! Nossa, pra chegar ao nivel de MELHOR QUE DUAS, só aceitos se for Fabiana, Thaisa, Ade e Jucy. Fora essas, ninguem vale por duas. Se oriente pessoa

          • Apenas Thaisa e Jucy são de qualidades indiscutíveis..as demais são feijão-com-arroz,quanto a Fabiana,pelo amor de Deus não jogou nada na superliga e não valei nem por meia,o que dirá pra duas!

      • Pam

        obrigada

  • Pedro

    Acredito que ela vá jogar de oposto, já que, além das três pontas citadas, ainda tem a Isabela, ex-São Caetano.

  • Mauricio

    Sou fã da Mari e tenho certeza que ela vai estar pronta ainda esse ano pra voltar às quadras. Não sou médico-esportivo, nem técnico de clube, mas torço pra que o retorno dela seja gradativo, até pq a Monique está em boa fase e o Praia já está bem nas pontas. Ela começando apenas em inversões, nesse 1º turno, já está ótimo. Ela ganha confiança, se recupera aos poucos e não corre riscos. Na Unilever, em 2011, ela melhorou rápido e estava em ótimas mãos, mas foi “jogada na fogueira” muito rápido, na minha opinião. Pelo menos correspondeu e foi campeã. Ahh… e vai ser uma delícia ver a Mari como oposta novamente.

    • Felipe Lima

      Taí, a fórmula é essa mesmo!

  • Maria

    Sou muito fã da Mari e estou torcendo pra que ela volte com força total pois ela e uma grande jogadora, apesar da fase ruim que esta passando… Torço por você Mari

  • Beto

    Daniel, a Mari vai jogar de líbero!
    Brincadeira 🙂

    Boa sorte para a Mari. A Superliga só tem a ganhar com a sua experiência jogando novamente no Brasil.

  • bsb

    Torço para que tudo de certo, a Mari é uma grande jogadora e pessoa e o Praia dá exemplo de como um projeto a longo prazo e com seriedade dá certo, este projeto começou pequeno apenas como coadjuvante e hoje já é um dos principais times do Brasil e candidato a título. Spencer Lee tem muita contribuição nisto tudo, é um grande técnico, enquanto isto outros projetos se acabam em menos tempo (Vôlei Futuro – passado).

  • Nágela

    Eu sou super hiper mega fã da Mari e torço muito para que ela volte e volte com muita fome de bola.. pq ela com vontade de jogar num tem pra ninguem.. ela é extraordinária em qualquer posição.. seja oposta, ponta. meio… ela é show!! amo ve-la jogar enche os olhos de alegria.

  • Juju

    Notícia boa!

  • Adriano

    Obrigado pela informação, Daniel.

    Acho que você está coberto de razão em relação à necessidade de darmos tempo ao tempo para ver como – e quando – a Mari volta. O mais importante nesse momento é ela voltar com condições perfeitas para jogar. Depois arranja-se o resto.

    Agora, só pra dar um pitaco extra… Em relação a essa coisa de ponta ou oposto… Hoje, acho, sim, que isso é o de menos. O importante é ela voltar bem. Mas eu não tenho a mesma opinião que algumas pessoas tiveram no ano passado, na época que o Zé Roberto tentou usá-la como oposto. Bateram na tecla de que se a Mari não tivesse responsabilidade de passar, ela ficaria mais solta pra atuar atacando. Eu penso que como ponteiro você tem mais diversidade de opções para ajudar a sua equipe. E a Mari não vinha bem de modo geral, inclusive no ataque. Então, num certo sentido, isso funcionou pra aumentar a pressão na função: “Ou você ataca, ou está fora, porque basicamente está aqui pra isso.”

    Mas sei que, hoje em dia, isso é uma coisa que não tem mais relevância. Além disso, o Spencer procurou montar um elenco bem eclético. Assim como a Monique pode ajudar na ponta, a Kim Glass pode atuar como oposto, a própria Herrera pode vir pra saída, também. Dessa forma, acho que o lugar onde a Mari está é ideal pra ela, já que quando ela estiver voltando, poderá se adaptar da melhor forma que for. O time tem características que comportam isso. Muito bom para os dois lados!

  • Iara

    A Mari é sem sombra de duvidas uma das melhores jogadoras do Brasil. Ok, ele tem um histórico de lesões muito grande, mas ela consegue superar isso em quadra. E é muito gratificante saber que ela ta de volta a superliga, que so tem a ganhar com uma jogadora com a experiencia que ela tem…
    Pode parecer impossível tendo em vista que existe times muito fortes vindo ai (como o Amil, e o Osasco – sollys/molico), mas eu ainda acredito em uma final emocionante com Praia x Unilever.

  • Humm não sei se será uma boa contratação pro banana boat…ela t vindo de uma grave lesão e herrera tb!mas se for pelo marketing até pode ser,mas marketing não ganha jogo,pode-se ganhar mais projeção e o praia precisa é de uma colocação melhor ainda na SL!

  • Victor

    Mt felizz.. o ataque do Praia é um dos melhores da SL, Mari, Herrera, Kim, Monique e Michelle!! Já gostava do time ano passado, esse ano eles tem tudo pra ir mais longe.. acho super possivel uma final! :DDD

  • Joana

    Fico muito feliz em saber que a Mari poderá atuar no Praia. O técnico e o time como um todo ganharam bastante destaque na SL passada. Dá para sonhar em chegar entre os primeiros,quem sabe até o título. Acho que a tendência é melhorar cada vez mais e dar muito trabalho aos times considerados de ponta! A maneira como o Spencer lida com as jogadoras é admirável e isso pode ser um ponto muito positivo para a Mari recuperar toda a confiança e jogar bem! Já era bom ver o Praia jogando,imagina agora!! Torço muito para que ela recupere o seu melhor voleibol e volte arrasando!! Ela merece!!

  • Leo

    Espero que Mari volte da contusão muito bem. Torço muito por ela, no seu auge, jogou o fino da bola.

    Acredito que Spencer fará um bom trabalho com ela. Com muito esforço e dedicação, ela pode voltar a jogar o que sabe. Go Mari.

  • Teresa

    excelente notícia. Mari voltando a jogar já é bom demais; em Minas, aí virou festa. Se confirmar esta contratação, bem-vinda a Minas, Mari. Sucesso.!!!!

  • Luiz

    Sorte. É isto que desejo a ela. Sorte. Porque tem muita gente que não merece em lugar que não deveria estar. Mas, a vida é assim mesmo.

  • Pingback: Vaivém: Mari confirmada no Banana Boat/Praia Clube | Saque - um blog de vôlei()

  • Mari é MAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaravilhosa! Agora sou fã do Praia Clube, pois, tenho certeza que o praia será campeão! Mari, Herrera, Glass, as Pavãos e elenco vão detonar nessa superliga! Sucesso Mari! O Brasil te ama!

  • Heder

    Muito Feliz pela Mari esta de volta ao vôlei Brasileiro, e principalmente no praia club que é um ótimo time. Ano passado deu muito trabalho a os grandões imagina agora com esse elenco maravilhoso, Maria(oposta), Herrera (ponta) e Glass (ponta) ainda temos as gêmeas que estão fazendo um ponto trabalho…opção de banco. Parabéns Mari….

MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo