Vaivém: o comandante gringo do Vivo/Minas



O Vivo/Minas será mesmo comandado por um argentino na temporada 2012/2013. O clube anunciou, nesta quarta-feira, acordo com Horacio Dileo.

Horacio Dileo: Divulgação/Minas

O hermano, de 49 anos, esteve em Belo Horizonte para sacramentar o acordo.

Muita gente, assim que coloquei no Twitter o nome do novo comandante mineiro, me pediu detalhes sobre a carreira dele. Para responder com riqueza de detalhes, pedi ajuda a um jornalista argentino especializado em vôlei. E vou postar mais tarde a análise dele sobre Dileo.

O que posso dizer é que a diretoria do Minas estava realmente inclinada a ter um técnico estrangeiro, tanto que negociou anteriormente com Daniel Castellani. Alguns brasileiros, inclusive, chegaram a se oferecer ao clube para a vaga que era de Marcelo Fronckowiak. Não deixa de ser uma aposta, como o Sada/Cruzeiro fez anos atrás com Marcelo Mendez e já colheu ótimos frutos.

O currículo de Dileo inclui a seleção colombiana, o desconhecido Ploiest, da Romênia, além de vários clubes locais, como River Plate, Hacoj, Regatas Santa Fe, Azul Voley, Conarpesa e Chubut.

– As expectativas são sempre as melhores. Já olhei o nosso plantel e vi que temos uma boa equipe. Agora, é hora de motivar o grupo e fazer o melhor que pudermos – disse o técnico, ao site oficial do Minas.

Dileo vai iniciar seu trabalho no início de junho.



  • ana maria

    Espero um bom trabalho. Não posso dizer que conheço a fundo o volei mas nunca ouvi falar nesse técnico. Desejo que consiga realizar um ótimo trabalho pois o Marcelo fez muito bem ao MInas.

  • Carlos E

    Certamente é uma aposta, mas acho válida. O mercado brasileiro está carente de bons nomes disponíveis, é melhor optar por alguém desconhecido aqui do que em algum nome brasileiro já manjado na sl. Ainda mais a situação deixada pelo Marcelo no Vivo/Minas com time pronto, quanto mais alheio ao grupo o nome, melhor. Pq chega sem ressalvas com determinados atletas e por aí vai.

    • Brasileiro

      Boa colocação.

  • newton.carvalho

    Sei não. Não dá para comparar com o Marcelo Mendez. O Marcelo quando chegou aqui, já acumulava uma boa bagagem. Boas passagens pelo volei espanhol (Uma liga “intermediária), chegando inclusive a dirigir a própria seleção espanhola. Vamos ver no que dá.

  • caio

    Lixo de técnico. Só treinou times sem expressão. Brincadeira. Antigamente o Minas investia muito no volei, agora não investi nada. O time masculino é bom e o feminino tá um lixo para a temporada 2012/2013. Depois os comentaristas do SPORTV falam que a Superliga é a melhor do mundo. kkkk. Eu acho que eles não assistem a Liga Italiana, a Turca, etc.

  • Marcelo

    Daniel,
    Só uma ressalva aqui, quem apostou no Marcelo Mendez foi o Montes Claros, que o trouxe para montar e comandar o projeto vice Campeão da Superliga 2009/2010, que no final chegou com Talmo comandando.

    Antes de ir pra o Sada/Cruzeiro, o Marcelo Mendez, já tinha sido campeão Mineiro, Campeão do Desafio Globo Minas e Campeão do Aberto Sulamericano com o Montes Claros. Logo após o mineiro o Sada/Cruzeiro pagou a multa rescisória do técnico e o levou para BH.

    Abraços

    • Daniel Bortoletto

      tem toda razão.

  • Júnior

    Aguardo a análise sobre este técnico!

  • GEOVANI

    DANIEL SEU BLOG E ÓTIMO;SEMPRE ACOMPANHEI,MAS É A 1º VEZ QUE COMENTO:GOSTARIA MUITO QUE O PELE FOSSE O TÉCNICO ,MAS JÁ, QUE ELE OPTOU PELA POLÍTICA BOA SORTE PRA ELE. DANIEL VOCÊ SABE PORQUE O O MINAS TEM TANTA MAL VONTADE COM O VÔLEI FEMININO. E SI O MINAS TRARA ALGUMA ESTRANGEIRA PRO TIME.PRA QUE QUER ASSISTIR O QUALIFICATÓRIO MUNDIAL TA PASSANDO NO :OLEOLE.TV OU http://WWW.STOPSTREM.TV

  • Fabio Rodrigues

    Horácio foi também assistente do Daniel Castellani no Fenerbahçe, trabalhando também com o Rodrigo Quiroga.

MaisRecentes

Vaivém: Jaqueline no Hinode/Barueri



Continue Lendo

Cai o primeiro técnico após UMA rodada da Superliga



Continue Lendo

Luizomar e Rizola não conseguem vaga no Mundial



Continue Lendo