Vaivém: O acerto de Monique e a situação de Tandara



Monique vai mesmo jogar no Vôlei Amil. O anúncio ainda não foi feito pelo time campineiro, mas já foi confirmado pelo Banana Boat/Praia Clube, time defendido pela oposto nas últimas temporadas.

A primeira pergunta que ouvi foi: então Tandara vai mesmo sair? A Unilever será seu destino?

Minha resposta: ainda não é possível dizer isso.

Primeiro pois a equipe campineira teve uma formação tática, na Superliga, com Kristin sendo uma “falsa oposto”.  Ela cruzava com Claudinha, mas atuava como passadora, algo que Natália e Tandara também faziam, não tão bem, admita-se. Monique não é uma oposto tradicional, que só ataca e ponto.  Ela pode tentar passar.  Não me parece tão simples assim montar essa linha de passe, mas é uma possibilidade.

Segundo pois o Vôlei Amil sabe que Tandara foi seu principal nome na temporada. Ela está sim valorizada e tem espaço no mercado, sendo sondada por todos os times com grana e sem Sheilla. Ao menos que ela bata o pé e não aceite discutir a renovação, Campinas tem a prioridade para mantê-la. Logicamente, terá de reajustar seu salário. Algo normal após o desempenho dela ter dado um salto.



MaisRecentes

Vaivém: Site crava volta de Hooker ao Osasco



Continue Lendo

Brasil não toma conhecimento da Argentina



Continue Lendo

Termina a parceria campeã olímpica de Alison e Bruno Schmidt



Continue Lendo