Vaivém: Novidades em Minas Gerais



Com crédito, como deveria ser prática no meio jornalístico, novidades em matéria assinada pelo repórter Ivan Drummond, do Estado de Minas, sobre caras novas nos times mineiros para a temporada 2011/2012.

O Vivo/Minas confirmou com mais três reforços: o ponta Manius, ex-BMG/Montes Claros, o central Orestes, que jogava na Itália, e o ponta Guilherme Hage, que estatava no BMG/São Bernardo.

Antes, o time havia fechado com o levantador Marcelinho, o ponta Bruno Temponi e o líbero Fábio.

No feminino, o Praia Clube, de Uberlândia, anunciou duas contratações para a próxima temporada: a levantadora Camila Torquette, que começou a carreira no Minas, e a oposto Monique Pavão, que estava no Macaé. Com isso, o técnico Spencer Lee já tem definidos oito nomes.



  • Adriano

    Que pena. O Minas tem um excelente treinador, mas os jogadores não estão à altura. Já no ano passado, ele tirou leite de pedra de um grupo razoável, com alguns poucos destaques individuais, e conseguiu levar o time ao 4° lugar, à frente de equipe bem mais fortes. Esse ano, que achei que o time podia aproveitar a base e se reforçar, pelo contrário: acaba que o time está mais fraco ainda. Acho que até o Volta Redonda está se reforçando mais.

  • bye bye Camila, chances são dadas e temos de aproveitá-las. Pena o que fez de sua carreira.

  • Luciano

    Não é um time ruim, porém não dá para ser campeão, é apenas para disputar entre os oito. A priori agora é um oposto de decisão, o André Nascimento pra mim, um dos maiores e melhores oposto que o Brasil já teve ainda serve e muito para esse time, se não for ele tem que ser um estrangeiro, porque o mercado nacional de oposto nem tem mais..
    Não gosto muito do Marcelino mais de repente ele pode estar afim de querer mostrar o que ele sabe jogar, que isso não discuto..
    Valeu

  • Vitor

    Ah, meu Minas..
    Vem novamente com um time mediano, mas dessa vez menos promissor ainda. Não conheço esse Orestes. Mas o Manius fez uma Superliga bem fraca por Montes Claros. Nas oitavas contra o próprio Minas foi o ponto fraco do time. O Zanuto que é bom mesmo o Minas deixou ir pro Campinas. Já o Guilherme Hage é um ponteiro de jogo, vem pra fazer o papel do Ezinho, só que é mais alto. O Temponi em também não conheço, mas espero que seja um ponteiro de definição. Porque né..
    Espero ansiosamente a contratação de um ponteiro estrangeiro.

MaisRecentes

Lançamento do uniforme em grande estilo



Continue Lendo

Vaivém: Mais reforços para o Corinthians/Guarulhos



Continue Lendo

Vaivém: Definições no Sesc (ex-Rexona)



Continue Lendo