Vaivém: Minas terá solução caseira após saída de Jarbas Soares?



Na sexta-feira, a diretoria do Minas Tênis Clube confirmou a saída de Jarbas Soares do comando da equipe feminina.

O blog apurou que uma das possibilidades estudadas é efetivar Ricardo Picinin, que foi assistente de Horacio Dileo no Vivo/Minas nesta temporada, como treinador.

Picinin tem experiência no feminino, tendo sido técnico do Mackenzie, também de Belo Horizonte, além de longa experiência nas Seleções Brasileiras de base.

Caso a escolha de confirme, o Minas manterá uma tradição recente de não apostar em técnicos figurões e com experiência em revelar talentos.

O clube espera na próxima semana anunciar o novo patrocinador e iniciar a montagem do time.



  • FABIO

    Daniel,

    As vezes fico me perguntando porque a visão da diretoria do Minas em relação às equipes masculina e feminina são tão distintas. Evidentemente que, o orçamento e o patrocínio da Vivo era infinitamente superior ao da Usiminas. Será que pelo maior equilíbrio entre os homens as empresas optam por investir no voleibol masculino?

    Infelizmente na próxima edição da Superliga a equipe mineira estará presente apenas para jogar, sem o intuito de pleitear uma boa colocação. Triste para um clube de tamanha tradição no esporte. Espero que não se torne um futuro Pinheiros.

MaisRecentes

Sada/Cruzeiro sofre com o “próprio veneno” no Mundial



Continue Lendo

Copa Brasil com TV apenas na final



Continue Lendo

Os seis jogos finais do turno da Superliga masculina



Continue Lendo