Vaivém: Mais um cubano na Superliga



O central Mesa (16) em ação por Cuba/Divulgação

O central Mesa (16) em ação por Cuba/Divulgação

O mercado foi agitado na minha folga.

O Funvic/Taubaté confirmou, na segunda-feira, a contratação do central cubano Isbel Mesa (notícia que os bem informados leitores do meu blog já antecipavam há tempos nos comentários).

O jogador tem 2,04m e 25 anos. Na equipe paulista, que agora tem uma parceria com o São Paulo Futebol Clube, Mesa terá como concorrentes pela vaga no time titular Riad, outro grande reforço de Taubaté, Otávio, ex-Minas, além de Deivid e Ialisson.

Pela seleção cubana, Mesa disputou o último Campeonato Mundial.

 



  • Claudiane

    Uma dúvida: ele não teria que ficar dois anos sem defender clube algum, não?

    • Marcelo

      A seleção cubana tem feito acordo com alguns jogadores e liberando-os para jogar fora.

    • Peu

      Isso é regra lá em Cuba. Não é da FIVB. Se o cara conseguiu desgarrar de Cuba, tá liberado. Funvic/taubate/SPFC: o novo campeão!

  • Marcelo

    Acho que ele não veio “fugido” né?

  • Billy

    Foi uma ótima contratação.Esse cubano joga muito mesmo e tomara que se adapte o mais rápido possível aqui no Brasil.

  • Luiz Carlos Furucho

    Do jeito que vai, logo teremos uma Superliga Masculina Paralela, só disputada por cubanos!

    • marcian

      Acho cubanos muito bem vindos. Gosto do estilo de jogo de Cuba.

  • marcian

    Era melhor um ponteiro não? Com esse tanto de centrais, contratar mais um? Enfim, ótima contratação.

  • Edu

    Não compraria um carro usado do Ricardo Navajas mas é indiscutível que ele tem um conhecimento profundo do voleibol.Examinando o elenco recrutado dessa temporada pelo SP -Taubaté faltava, na minha opinião , um ponteiro passador consistente.Preferiram mais um central, dos bons, disponíveis do mercado.Na minha modesta opinião a contratação de um JP Tavares agregaria mais talento e atenderia mais a necessidade ao time que dos chamados futuros titulares terão dois ponteiros de definição e sem especial talento para a recepção.

  • Ari

    Matéria incompleta, ele ainda tem que ficar um ano sem jogar por ter deixado a seleção cubana, só veio para ajudar nos treinos.

    • Edu

      Parece que essa informação tem procedência.Disputaria os jogos regionais e do Interior competições que não se submetem as sanções oficiais de Cuba.

      • Ari

        Exato, essas competições que você citou nao seguem as regras da FIVB.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo