Vaivém: Mais novidades em Araçatuba e Volta Redonda



Além de Piá, o Vôlei Futuro confirmou hoje a contratação do central Vini, campeão da última Superliga com o Sesi.

Atualmente treinando na Seleção que disputará os Jogos Mundiais Militares, no Rio, em julho, Vini teve participação decisiva nos jogos finais. Para a próxima temporada, ele teria de disputar posição com os selecionáveis Sidão e Rodrigão, além de Thiago Barth, que se recupera de lesão.

A contratação tenta suprir a saída de Lucão, que foi para o RJX. Antes, o Vôlei Futuro havia fechado com o oposto Lorena, o central Mauricio, o ponta Robinson (Bob). Do time titular da última temporada seguem Ricardinho, Camejo, Michael e Dentinho.

Para quem me pergunta sobre o time, no papel ele é mais fraco do que o medalhista de bronze na última Superliga.

Já o Volta Redonda fechou nesta sexta-feira a contratação do central Giovanni, que estava no BMG/Montes Claros. O jogador de 29 anos  já defendeu também o Minas, UCS, Sada/Cruzeiro e Brasil Vôlei, além do Unicaja Almeria, da Espanha.

Em fase final de montagem, o time carioca contará, entre outros, com o oposto Jamelão (ex-Medley/Campinas), o ponta Clinty (ex-Fátima/UCS), o líbero Daniel (ex-Vôlei Futuro) e o levantador Vinhedo (ex-Pinheiros/Sky). É mais forte do que a equipe da última temporada.



MaisRecentes

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com as chuvas no Brasil



Continue Lendo