Vaivém: Mais dança das cadeiras entre os técnicos



Mudanças no Banana Boat/Praia Clube e no Vôlei Amil.

Em Uberlândia, uma nota oficial anunciou o fim da trajetória de Spencer Lee como treinador. Para o lugar dele foi anunciado Ricardo Picinin, que dirigia o Vivo/Minas.

Já em Campinas, a esperada saída de José Roberto Guimarães, que terá dedicação exclusiva à Seleção Brasileira, foi confirmada. Assume Paulo Coco, fiel escudeiro de Zé Roberto.

– É com dor no coração que saio. Um pedaço de mim fica aqui, pelo desenvolvimento do projeto. Tenho que agradecer muito à Amil. Hoje está sendo um dia muito triste pra mim. Ao mesmo tempo, tenho que pensar na seleção do Brasil e me preparar para o Rio 2016 – disse Zé Roberto, em entrevista coletiva, revelando que ainda negocia com a diretoria sua permanência no projeto.

Já a nota oficial do Banana Boat agradece Spencer Lee pela parceria nas últimas temporadas.

“Hoje, a equipe Banana Boat/Praia Clube se despede de Spencer Lee, um profissional de exímia e comprovada competência, além de tratar-se de uma figura querida e estimada por todos colaboradores, associados, atletas e torcedores desta instituição. Mais do que uma despedida, esta mensagem é de agradecimento e reconhecimento a quem desde 2008 comandou com maestria a equipe do Banana Boat/Praia Clube. Spencer foi um exemplo de profissional, tendo contribuído para o desenvolvimento do Praia Clube e, consequentemente, do vôlei nacional.   A despedida faz parte de um processo natural do esporte. O termo não é nem renovação, porque sabemos que Spencer possui uma visão moderna e atual sobre a modalidade no Brasil. Acreditamos que esse “até logo” é uma forma de ambas as partes, Banana Boat/Praia Clube e Spencer, entrarem em contato com novas experiências, promovendo o crescimento do Clube e do treinador”.



  • HUgo

    lembro-me que Ricardo fez um bom trabalho no extinto Mackenzie, com as primeiras contratações veremos o ideal do treinador, não acredito que ele será muito ambicioso, gosta de trabalhar com um time jogueiro, sem muitas estrelas… tomara que eu esteja errado. Ainda prefiro Spencer, porém ele se queimou nesta ultima temporada. Se mostrou um técnico ainda imaturo sem muitas articulações e sem o principal de um treinador: ver o problema sem antes ele ter surgido, faltou isso ao Spencer. Sucesso e espero tê-lo na CT

  • Carla

    Axo que dessa o Praia se precipitou. Ricardo Picinin… o que ele entende de volei feminino??? Já não gostei dele dirigindo o Minas no final da temporada, pq apesar de ter conquistado bons resultados no final da fase de classificação, axo que foi sorte. Espero que eu esteja enganado, pois torço muito pro Praia.

    • lucas

      Ele dirigiu o Mackenzie e conseguiu fisgar uma vitoria contra a Unilever em plena oitava-de-final, duas superligas atrás… É um bom treinador.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo