Vaivém: Karine em Uberlândia? Sim ou não?



Depois de confirmar, via assessoria de imprensa, a contratação de Karine, o Banana Boat/Praia Clube, voltou atrás.

Segundo o e-mail distribuída nesta terça-feira, o clube de Uberlândia mantém contatos para ter a atleta, que defendeu o Volero Zurique no último Campeonato Mundial na Suíça.

“Informamos que o Release enviado ontem (12), acerca da contratação da levantadora Karine Guerra de Souza, 35 anos, deve ser desconsiderado. A contratação da atleta não está oficializada, a mesma tem contrato em vigência com outro clube. Por ora, pedimos a vocês que não divulguem tal informação. Desde já, agradeço a colaboração e compreensão de todos. Vale ressaltar que a jogadora mantém contato com os gestores da equipe Banana Boat/Praia Clube, porém, existem detalhes contratuais a serem acertados”.

 



  • Edson Pelegrino

    Acho que se arrependeram e vão atras de outra levantadora!!

  • Edu

    Jogou bem o mundial entrando bastante em quadra apesar de ser a reserva da americana Thompson, levantadora reserva da seleção americana, mais atlética, rápida, menos técnica, mais baixa e mais jovem que Karine.È a jogadora ideal para preparar a Carrijó para ambições maiores e hoje seria a titular caso se conclua a negociação no Praia.

  • Leiga

    O time vai morrer na praia? rs
    Perdeu uma grande oportunidade de contratar a Carol Albuquerque, que renovou com o Sesi.
    Agora só falta perder esta menina.
    Ela é perfeita ao time, pois sabe jogar com ponteiras de definição, como a cubana contratada.

  • filipe

    Daniel e a Ana tiemi, alguma notícia de onde jogará na próxima temporada.

  • Pablo

    Incrível que mesmo fora da lista de levantadoras selecionáveis do Brasil ela consegue colocar a americana – que disputa com Glass, Lloyd e talvez Spice a vaga de sucessora da Berg – no banco.

  • perikito

    A Karine, contra todos os prognósticos, foi quem pôs o time do Volero pra jogar na Mundial.

  • Gostei muito da Karine neste mundial,sempre segura nas suas decisões.Agora tem poucas boas opções no mercado ou quase nenhuma..pois Claudinha,Pri Heldes e Carol ja estão certas nos clubes..acho que Karine ta muito acima da Ju Carrijo,ela sabe levantar bolas altas ,coisa que a Carrijo tem certa dificuldade,mesmo antes de se machucar!Sei láse não pode ser a Karine tem a Fernandinha…não seria a melhor mais tem experiência e não se bala fácil,mas ta cada dia mais difícil encontrar uma boa levantadora..pois estão quase todas ja comprometidas.E sinceramente tenho até medo do Banana Boat ficar apenas com a Carrijo e Torquete…

  • Felipe

    Deveria ter fechado com a Diana que jogou no São Caetano. O pessoal do Osasco que sabe agir e pensar como TIME GRANDE, foi lá e contratou a Diana.Tem uma Levantadora que é muito boa,o nome dela é Carolina Leite,jogou no São Caetano a superliga passada também.A Karina é otima de grupo e só.Nem cogitem essa possibilidade de trazer a Fernandinha não,ela se acha demais,não joga nada e ela acabou com o time do Barueri,mas foi bom que o Mauricio Thomas colocou ela no seu devido lugar…
    Até agora Não sei como o pessoal não renovou com o Spencer Lee e renovou com a Juliana Carrijo.O Praia vai nadar e morrer na Praia.
    To pasmo até agora com a contratação da Sassa e da Natasha!
    Natasha nem ficou entra as 12 na superliga gente!Parece brincadeira .

    • Edu

      Tem três versões correndo na praça: primeiro, que o contrato com o Volero só acaba no final de maio e ela não poderia anunciar ainda a contratação.Segunda,que ofereceram uma renovação e ela esta plenamente adaptada em morar em Zurich suspendeu a efetivação do contrato.Terceira, que o Praia se arrependeu e já pensa numa contratação mais ousada para a posição já que o gerente do time já anunciou que a Carrijó começa a temporada na reserva.Quanto ao Spencer faz quase um mês que ele foi dispensado e foi para o Rio do Sul.O novo técnico é o Ricardo Picinin , o pródigo, que falou que o Cruzeiro” era o melhor time do mundo” ao sofrer a derrota na série contra o Minas.

MaisRecentes

Dentil/Praia Clube e Sesc abrem vantagem



Continue Lendo

Corinthians faz melhor jogo na Superliga



Continue Lendo

Coluna: A imprevisível Superliga feminina



Continue Lendo