Vaivém: Jackie grávida, Wal em dúvida e Sassá na mira do Sesi



O time do Sesi ainda nem foi oficializado, mas mudanças mesmo assim já acontecem. E não deixam de ser surpreendentes.

Neste sábado, por intermédio do Twitter, foi anunciada a gravidez da ponta Jaqueline, esposa de Murilo, campeão e destaque da última Superliga pelo time masculino de Sesi. Uma notícia que deixa todos do meio do vôlei felizes, já que o casal, além de jogar muita bola, tem conduta e caráter irretocáveis.

A jogadora, que seria um dos pilares da equipe, já pediu dispensa da Seleção Brasileira e consequentemente terá de dar um tempo nos planos também para o clube paulistano.  Sem Jackie, o Sesi se movimenta para anunciar a antiga companheira dela no Sollys/Osasco: Sassá.

A outra mudança pode acontecer no meio-de-rede. Walewska, uma das primeiras jogadoras a fechar com o Sesi, recebeu proposta para ficar no Zarechie Odintsovo, da Rússia, e os dirigentes paulistas já não dão o acerto como definitivo. Vamos aguardar a semana para as definições do novo time feminino.



  • debora

    eita virou a dança do criolo doido afff…Dani volta rpo rio snif..snif tava mto bom pra ser verdade

  • Minas Tenis Clube

    Vai começar a correria de novo.
    Fabiana ainda sem clube???
    Fofão já resolveu pra onde vai esse ano?

  • debora

    pois é onde sera q a fabiana vai jogar eis a pergunta q não quer calar…FABIANA vem pro sesi se a Wal não vir!!!!

    • Torcida VF

      Fabiana vai para o exterior …. sem chance de jogar no Brasil, Itália, Grécia ou Russia

  • Torcida VF

    Vai para Grécia, Italia ou Russia

  • Ana

    Jaqueline é uma anta mesmo. Tem a vida inteira para ter filhos mas vai ter logo em um ano anterior as olimpíadas, onde seria, provavelmente, titular. Nunca mais voltará à seleção.

  • Afonso (RJ)

    Nossa querida Jaqueline é uma atleta maravilhosa, mas faço a pergunta: seria tão ingênua que não sabia da possibilidade de estar grávida, e mesmo assim acertou contrato com o SESI? Ou havia algum adendo no acerto, algum alerta para a possibilidade? A pergunta não quer calar: terá sido nosso blogueiro por demais condescedente ao afirmar a irretocabilidade de conduta do casal?
    Ano passado Jackie pediu licença da selação para casar com o Murilo. Esse ano teve uma contusão e seu desempenho na superliga ficou bem abaixo de uma atleta da sua categoria. Agora, pede novamente licença da seleção para ser mamãe. O quadro é mais que claro. Nossa querida ponteira está colocando sua vida particular acima da vida de atleta. Dou a maior força para suas escolhas pessoais, e desejo a ela todas as felicidades possíveis e total realização. Mas certamente vai fazer falta nas quadras, pelo menos por um longo período. E, honestamente, me interrogo quanto ao seu futuro na seleção.

    • Rodrigo

      Enquanto no masculino todo ano surgem promessas como os “Walaces”, no feminino o negócio está feio… O time que disputará a Olimpíada de Londres está praticamente fechado, mas passado a Olimpíada o processo de renovação vai ser muito complicado! O Brasil carece de ponteiras altas e eficientes, uma jogadora que decida o jogo assim como Sheilla (oposta) terá passadp dos 30 anos e não se sabe se continuará jogando em alto nível! Não sei se Zé Roberto quer continuar na seleção após as Olimpíadas! Eu acredito que não, pois por ser técnico da seleção não pode defender nenhuma equipe brasileira feminina e ele deve está querendo voltar pro Brasil… A seleção B que ele falou no início do ano e que parece ficou só na falácia seria uma boa para que jogadoras como Priscila Daroit, Tandara, Letícia Hage fossem ganhando bagagem internacional… Elas poderiam disputar o Montreux e outro na Rússia o Yetsin, torneios que o Brasil opotou por não participar esse ano!

  • Jonathan

    A Fabiana é quase certo que ela vai jogar no exterior, eu li que ela tem propostas na Rússia e na Turquia (FENERBAHÇE) que o Zé Guimarães gostaria de ter ela no time. Já a Jaqueline parabéns pra ela. Tomará que ela volte com tudo já que falta apenas 1 ano e alguns mêses para as Olímpiadas.

  • tigrao

    Daniel, boa tarde! Tem certas pessoas que pensam que jogadores sao maquinas e que a prioridade nas suas vidas deve ser sempre a SELECAO BRASILEIRA! ERRADO, Jaqueline, assim como outras JOGADORAS-MAES como PAULA, ISABEL, ANA PAULA, FERNANDA etc… tem como prioridade a FAMILIA e nao a FAMIGERADA SELECAO… Sao seres humanos e nao ROBOS como muitos desejariam e somente ELA e seu marido MURILO e que devem saber a melhor hora para se ter um filho! Um FILHO eh MUITO MAIS IMPORTANTE que a selecao na vida da JAQUELINE, e por isso desejo muito sorte ao casal NOTA MIL do volei brasileiro! JAQUE E MURILO meus parabens pelo FILHAO e MUITAS FELICIDADES p/ VOCES!!!

    • Afonso (RJ)

      tigrão:

      Concordo apenas nos seus votos de feliciadades. Tudo bem que dê sua opinião, mas ninguém aqui disse em nenhum momento que a Jaqueline deveria priorizar isso ou aquilo. É uma decisão dela e do marido. Apenas se comenta essa opção. E ninguém disse que a seleção seja mais importante que um filho, seja lá de quem for. Apenas se comenta as decisão de tê-lo nesse momento, com as olimpíadas se aproximando. E, se acha que a seleção é FAMIGERADA, talvez esse blog não seja o espaço ideal para você se manifestar.

  • Álvaro Médio

    Isso é que é planejamento de carreira!
    A mulher para um ano pra casar e outro pra ter filho, tudo isso em um só ciclo olímpico!
    Fora da seleção! Vá jogar na floresta junto com suas primas antas!!!!

  • Vitor

    Jaque não fez uma grande Superliga. Com a ida de Natália pro Unilever, a chance dela se firmar na seleção de vez e brigar de igual pra igual com Mari e Paula (na minha opinião são as titulares sem discussão) pela titularidade em 2012. Jaqueline pela temporada que fez já ficaria atrás. Agora com a gravidez então, pode perder espaço até pra Fernanda Garay, que volta ao Brasil depois de uma grande temporada no Japão e com vantagem de jogar ao lado da Paula. Sem falar na sempre constante e importantíssima Sassá.
    Se foi uma gravidez planejada, foi arriscado por parte da Jaque se quiser ir a Londres. Mas pra vida pessoal dela, tudo segue perfeito. Desejo muita felicidade ao casal, porque eles merecem. Sempre corretos, simpáticos, competentes e muitos outros elogios.

    Já o Sesi, contratou, na minha opinião, a ponteira mais completa do Brasil. Se a Sassá tivesse 10cm a mais seria uma das melhores do mundo sem dúvida. Agora, não vejo com bons olhos uma dupla com a Érika. Na minha opinião seria necessário uma ponteira mais alta. Se a perda da Jaque não será tão lamentada, a da Walewska caso seja confirmada, será muito sentida. Apenas Fabiana seria uma reposição a altura. Mas ela parece disposta a ir mesmo pra Europa. Vamos aguardar.

  • Ismael Colomaca

    Achava ela burra…agora tenho certeza ! É uma quadrupide. Parabéns ao casal pelo bebê.

  • rafael

    Ano passado ela pediu dispensa da seleção pra cuidar do casamento…esse ano pediu dispensa pra ter um filho. Definitivamente a Jaque não é uma atleta de confiança para um ciclo olimpico de 4 anos.Mesmo que ela volte a forma( o que não acredito ), creio que o ZRG ja perdeu a paciencia com ela. Pro proximo ciclo(rio 2016) ela ja esta com 34, o que acho muito improvavel que até mesmo o futuro tecnico que vir a substituir o ZRG possa inclui-la nos planos, ainda mais com o historico de contusões dela, que pesa muito em um atleta com mais de 30 anos.Espero ver seu pimpolho(a) brilhando em 2032 Jaque!!!rsrs, se puxar os pais, será um grande libero

    • Ismael

      E se puxar apenas a mãe será caixoteiro !

MaisRecentes

Zé Roberto chama nove para a Seleção



Continue Lendo

Renan aposta em “legado de Bernardinho” para iniciar trabalho



Continue Lendo

Vaivém: Bauru anuncia reforço



Continue Lendo