Vaivém: Itapetininga anuncia experiente cubano



Mais um estrangeiro desembarcará no Brasil para a disputa da Superliga 2018/2019. Trata-se do oposto Michael Sanchez Bozhulev, nascido na Ucrânia, mas com nacionalidade cubana, reforço anunciado pelo Vôlei UM Itapetininga.

Aos 32 anos, o jogador de 2,06m tem no currículo passagens pelos quatro cantos do mundo. Antes do Arkas Izmir, da Turquia, Sanchez passou por Coreia do Sul, Rússia, Qatar, Argentina… Além disso, defendeu a seleção de Cuba. Em 2007, por exemplo, ele disputou os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, terminando com a medalha de bronze.

Segundo a diretoria do clube paulista, Sanchez chegará para disputar a competição nacional. Atualmente Itapetininga joga o Estadual.

Sanchez, o novo reforço de Itapetininga (Divulgação)

Já tive a oportunidade de ver Sanchez in loco, em um Mundial de Clubes em Belo Horizonte, em 2014. Na ocasião, o Al-Rayyan, do Qatar, montou um timaço com vários craques internacionais (o cubano Simon, o brasileiro Rapha). Certamente dará um peso de bola para o ataque do Itapetininga, uma das caras novas da próxima Superliga. Gosta de jogar com bolas altas, é um jogador vibrante e o currículo comprova a rodagem internacional.

O cubano detém o recorde mundial de mais pontos em apenas um set (31 pontos), na passagem pela Coreia do Sul, em uma parcial terminada em 56 a 54.

LEIA TAMBÉM

+ É bom ficar de olho na Itália no Mundial feminino



MaisRecentes

Atual campeão abre Superliga feminina com vitória. É o grande favorito?



Continue Lendo

Dentil/Praia Clube conquista a Supercopa. Mas tem muito a evoluir



Continue Lendo

Dirigente morre ao jogar torneio master em Saquarema



Continue Lendo