Vaivém: Hooker no Minas



A americana Hooker está de volta ao Brasil. A jogadora vai defender o Camponesa/Minas na Superliga 2016/2017.

O anúncio aconteceu nesta noite. Será a segunda passagem dela pelo país. A primeira aconteceu aconteceu cinco atrás, em Osasco.

Hooker era destaque da seleção americana há alguns anos (FIVB Divulgação)

Hooker era destaque da seleção americana há alguns anos (FIVB Divulgação)

– Hooker é uma jogadora muito experiente, de nível técnico internacional. Foi uma das protagonistas da seleção americana de 2008 a 2012, participou da conquista da medalha de prata em Londres, jogou Grand Prix e mundial. Outro ponto importante é ela ter dito uma experiência no Brasil, ela conhece as jogadoras, sabe como é o nível técnico e conhece a Superliga. Além disso, é uma jogadora rápida, muito forte e o alcance de seu bloqueio é muito bom. Ela tem muita qualidade no setor defensivo e tudo isso a faz uma jogadora diferenciada. Com certeza, ela vai agregar muito valor técnico à nossa equipe. Estamos ansiosos e aguardando a chegada dela – analisou Paulo Coco.

A capacidade técnica de Hooker, no auge da carreira, era incontestável. Resta saber como ela se encontra atualmente. Depois dos Jogos de Londres, a americana parou de jogar após engravidar.  No retorno, em 2014, teve uma passagem pela pouco expressiva Liga de Porto Rico. Na sequência, jogou um ano na Coreia do Sul e outro na China.

Dúvidas sobre o momento à parte, a americana tem nome para brigar pelo protagonismo na Superliga e fazer o Minas subir um degrau na lista dos melhores times do país.



  • Kleber Alves

    Hoocker já não é mais a mesma. Porém , é uma atração para superliga, claro, se somente se preocupar em jogar vôlei. Caso a Jaqueline realmente, confirme sua presença no Minas, a equipe sobe de nível e buscará as primeiras colocações da Superliga.

  • Edu

    Hooker teve sua melhor fase de carreira no Osasco.Reconhece que aqui foi o lugar onde foi mais feliz jogando voleibol.Na hora de renovar com o clube pediu um absurdo e aceitou a proposta milionária da Russia que na época conseguia pagar os melhores salários do voleibol mundial feminino.Depois jamais foi a mesma. Kirally pelo histórico da oscilação de temperamento já tinha descartado um retorno para a seleção.Recentemente na preparação previa olímpica retornou ao grupo para melhorar a qualidade dos treinamentos mas não na condição de selecionável.Se criou um rumor que para retribuir sua renovação antecipada para o ciclo de 2020 Kirally cederia a pressão da Federação Estadunidense e ela retornaria para jogar a Olimpiada de 2016.A ultima noticia que recebi e que estaria gravida novamente do marido com quem tem uma relação pública bem espinhosa.A despeito disso e a melhor ponteiro definidora já surgida no voleibol dos EUA. A superestimada Hill , boa jogadora mas muito irregular, esta alguns degraus abaixo a ela na comparação de se decidir uma partida.Precisa se saber se teremos a Hooker que fez imenso sucesso no voleibol brasileiro ou a que fazia dos clubes reféns de seus chiliques na Itália ou na Àsia. Outra coisa interessante e que ela foi o motivo de aprofundar a fenda de relacionamento entre o Luizomar e o ZRG. Numa entrevista ao Sportv o Luizomar disse que conseguiu aperfeiçoar alguns fundamentos da Hooker na passagem pelo Osasco.Num programa posterior da mesma emissora mostraram a declaração ao ZRG que colocou em duvida a capacidade do colega treinador em melhorar uma jogadora, já pronta, nas suas palavras.Minas se reforçando pra melhorar o nível técnico da Superliga.

MaisRecentes

Brasil faz dever de casa pela classificação



Continue Lendo

O bipolar Brasil no Grand Prix



Continue Lendo

Vaivém: Campinas apresenta patrocinador e caras novas



Continue Lendo