Vaivém: Giovane deixa o comando do Sesi



É oficial. O time masculino do Sesi não será mais comandado por Giovane Gávio.

Em nota oficial divulgada no início da noite, o clube paulistano disse o contrato dele não será renovado para a temporada 2013/2014.

Pelo Twitter, após a eliminação na semifinal da Superliga diante do Sada/Cruzeiro, o ex-atacante já havia feito uma espécie de despedida. Reproduzo abaixo o que ele escreveu, sem mexer nos textos:

“Mais uma temporada se passou! Acertamos, erramos, aprendemos muitas coisas e com certeza lutamos muito para chegarmos no nosso máximo! Mas não conseguimos! Obrigado a Fiesp (Paulo Skaf) obrigado Sesi! Obrigado a todos que participaram dessa odisséia! Obrigado principalmente aos jogadores e CT que me apoiaram e se deram de corpo e alma pra esse time! Obrigado tb torcida que fez seu papel! Sigo em frente com cabeça erguida, coração triste, mas com enorme sentimento de que precisamos aprender mais, melhorar e continuar lutando! Foi um orgulho trabalhar com tantas pessoas especiais! Superando as dificuldades do dia a dia sempre com comprometimento, suor e amor!”

Porém, também via assessoria, Giovane disse estar surpreso com saída.

– Fui pego de surpresa com essa notícia, a reunião era para falar sobre a próxima temporada, não imaginava que eu não faria mais parte. Mas a profissão tem dessas coisas, a posição de técnico está sujeita a isso, e agora já começo a pensar no futuro, num projeto novo – comentou o treinador.

A nota oficial do Sesi também deixa claro que o time continuará na próxima temporada.

 



MaisRecentes

Atuação ruim tira Brasil da final da Copa Pan-Americana



Continue Lendo

Vôlei Renata anuncia novidades para a temporada



Continue Lendo

Jaqueline anuncia aposentadoria da Seleção



Continue Lendo