Vaivém: Garay na China



A ponta Fernanda Garay vai atuar na China na temporada 2016/2017.

A jogadora fez o anúncio da transferência para o Guangdong Evergrande, em seu site oficial.

Apesar de já ter contado com várias estrelas do vôlei mundial (Brakocevic, Costagrande, Harmotto, Kim Glass), o time chinês está atualmente buscando vaga na elite do país. Não precisaria lembrá-los, mas a China superou o Brasil nas quartas de final da Rio-2016 para depois faturar o ouro no Maracanãzinho.

Garay em ação contra o Japão (Alexandre Arruda/Divulgação CBV)

Garay em ação contra o Japão, em um amistoso no Rio de Janeiro, em 2015 (Alexandre Arruda/Divulgação CBV)

Garay estava na Rússia e nos últimos anos sofreu com problemas financeiros do Dínamo Krasnodar e do Dínamo de Moscou.

Quando vejo a transferência de uma titular da Seleção Brasileira para um time de segundo escalão me questiono sobre o momento do vôlei nacional e da Superliga. Como nenhum clube/patrocinador consegue seduzir uma atleta deste nível com um projeto de médio e longo prazo? Não dá para culpar apenas a crise mundial, a Dilma, o Lula, sei lá mais quem. Duvido que Garay tivesse como projeto de vida morar na China, após passar os últimos anos na Rússia.

É uma pena para o vôlei brasileiro.

No meu mundo ideal, um time poderia ter  Fernanda Garay. Outro Jaqueline. E ainda outro Sheilla. Campeãs ou bicampeãs olímpicas! Nosso campeonato na temporada 2016/2017 mudaria de patamar.

 



MaisRecentes

Vaivém: Hooker veste a “camisa” de Osasco



Continue Lendo

Brasil se recupera com 3 a 0. Mas não foi assim tão fácil



Continue Lendo

Uma satisfação



Continue Lendo