Vaivém: Fofão quer voltar para o Brasil. Quem quer tê-la no time?



Vi a entrevista do repórter Luiz Paulo Montes com a levantadora Fofão. E fiquei surpreso com a insatisfação dela no Fenerbahce, da Turquia.

Tive o prazer de acompanhar grande parte da carreira da jogadora, com o grand-finale em Pequim, com o ouro olímpico. Fofão é amada pelas companheiras de time e comissão técnica, além de ser um verdadeiro exemplo fora de quadra. E joga demais. Faria bem a qualquer time do Brasil na atualidade, apesar da idade já avançada.  E teria espaço em quase todos os grandes daqui.

Com a criação do Sesi e a quase certa presença de Dani Lins (o namorado Sidão defende a mesma equipe), abre-se a vaga na Unilever. Sem Alisha Glass, o Vôlei Futuro também procura uma levantadora. É fato que farão ofertas para Fofão. Somente o Sollys, bem servido com Carol e Ana Tiemi, não deve se engraçar. Quem conseguir convencê-la fará uma baita contratação

No ano passado ainda se discutia se ela deveria voltar para a Seleção, já que José Roberto Guimarães ainda não conseguiu fixar uma levantadora. No Mundial, começou com Dani Lins e terminou com Fabíola. Se Fofão quisesse, teria jogado a competição.

 Abaixo, a matéria publicada hoje no LANCE!

http://www.lancenet.com.br/minuto/Encostada-Turquia-Fofao-voltar-Brasil_0_470353182.html



MaisRecentes

Nova TV, papo com arbitragem e descontração: a apresentação da Superliga



Continue Lendo

Veja como seriam hoje os grupos do Pré-Olímpico para Tóquio-2020



Continue Lendo

Itália, Sérvia, Holanda e China nas semifinais do Mundial



Continue Lendo