Vaivém: Estrangeira em Uberlândia



O Banana Boat/Praia Clube anunciou, nesta segunda-feira, um reforço internacional para a temporada 2014/2015.

Trata-se da ponta americana Bailey Marie Webster, de 23 anos.

Pouco conhecida no cenário internacional, ela tem 1,91m e se destacou como universitária, faturando títulos nacionais e prêmio individual de melhor jogadora do país.

Neste ano, foi convocado para a seleção principal americana, no torneio que garantiu o país no Campeonato Mundial da Itália.



  • Stefanie Karg

    Vai continuar nadando … E morrendo na PRAIA!!! KKKKK!!!

    • Marcelo Mancini

      Pelo menos vai continuar nadando, enquanto muitos times por ai não tem força nem pra isso…
      kARGH….

  • Mick

    Torço muito pelo praia.

  • Paula Cerqueira

    Nunca a vi em ação. Mas, só em saber q a Sassá ñ será a titular, já é uma excelente notícia!!!!

    Sucesso ao Praia. Tomara q represente novamente o Brasil no Top Volley em dezembro!

  • Michel Pereira de Oliveira

    Ressalvada a contratação da Tandara, o Praia nunca contratou tão mal (Ramirez, Sassá, promessa Americana, Natasha… aff) quanto nesta temporada.

  • Felipe

    Só o Praia mesmo!!!

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Parece Piada…

  • Bernardo

    Uma ponteira com mais de 1,90m. Será que um dia o Brasil também conseguirá ter atletas dessa altura como ponteira?

    • Andre

      Bom meu amigo, me responde do que adianta ponteiras com 1,90 de altura??? Isso deu título para as Russas Gigantescas, sem falar nas Americanas, Chinesas, Alemãs e Sérvias? Altura não deu duas medalhas Olímpicas a elas. Talento e dedicação sim nos deram medalhas olímpicas e vários outros títulos. Temos um conjunto forte, não entendo essa eterna desconfiança da nossa seleção !

    • A. Barreto

      A Mari tem 1,88/ 1,90 (cada hora falam uma altura) com alcance de bloqueio de meio-de-rede, mas realmente não vejo outras jogadoras altas surgindo na ponta, pra padrão internacional não tem outro jeito, senão é toco em cima de toco.

    • Fabio

      A sérvia que jogou a última temporada por Osasco cansou de bancar para Gabi, que jogava de líbero quando era juvenil por causa da altura.

      • Edu

        A servia que estava no Osasco, a Sanja, um e noventa e três, uma das mais belas jogadoras da ultima superliga ficou menos de 20 por cento das partidas no banco para a Gabi.E aesforçada Gabi, um e setenta e quatro, fez um mundial desastroso e lá bancou o tempo inteiro para a Sanja – a jogadora mais regular do Molico na competição.Não existem verdades absolutas.

  • Achei uma boa contratação, alta e Jovem, creio que o praia montou um elenco com boas possibilidades para as pontas. Pode trabalhar bem o Técnico nesse sentido, acredito que vem forte. A única ressalva fica por conta das Centrais que não são tao boas assim, uma ataca e a outra bloqueia, e a levantadora que o desempenho é duvidoso. Mas nos demais, creio que esteja nívelado entre as liberos, só perde pra Fabi. As pontas são um destaque, e este grupo diverso eu achei interessante. Tandara, Ramirez, Jú Costa, esta americana, Sassá e etc.Bom Time, deve brigar por uma vaga na Final, Creio que semi-final é obrigação.

    • Andre Teodoro

      Concordo com Você, Karine não passa segurança e Jú Carrijo decaiu no momento mais indevido, nos Play-off’s. Gosto da Jú Carrijo só tem que ter sua confiança restabelecida, mas Karine é caso perdido. Quanto as Centrais Nat Martins parece estar em melhor moento que as demais, Letícia parece fora de forma, não jogou muito na última temporada, Aline Santos é alta tem 1,96 mas não sei como essa menina joga, nunca a vi jogando e Natasha tem que voltar a jogar como jogava no Minas com garra, talvez recupere a velha forma, pra isso tem que parar de comer salgadinho no banco e não se acomodar em ser reserva!

    • Fernando

      Com esse time, e obrigação chegar na semi final.

      esse ano os melhores times sao SESI, PRAIA, MOLICO e RIO

  • klaus

    Porque então não apostar numa jogadora brasileira?Se for para contratar estrangeira, então que seja uma jogadora já experiente.Tantas jogadoras brasileiras jovens com talento para se apostar. Sinceramente acho que a prioridade deve ser dada às brasileiras .

  • Edu

    Os EUA pela dimensão do campeonato universitário e o maior manancial de atletas de vólei em atividade.A fórmula é simples com bastante quantidade vamos aprimorar a qualidade.Não conheço a jogadora mas o Praia pretende fazer um time mais equilibrado e competitivo esse ano.Tenho um pé atras com o novo técnico -nada carismático, ao contrário do Spencer e movido na inércia em suas declarações públicas.Mas ele pode calar minha boca.Em tese começa a assumir a cara de terceiro melhor elenco da temporada.

  • Fabio

    Bem fraca no passe, a maior quantidade de substituições permitida pela liga universitária forma jogadoras especializadas só em ataque ou passe, já que umas só ficam em quadra quando estão na rede e outras só entram para fazer fundo, se daria melhor virando oposto.

  • Logan Tom

    Não entendo porque as pessoas tem criticado tanto as contratações do Praia Clube!! Pra um time com investimento mediano as contratações estão até muito boas. Na minha opinião, o time surge como a terceira força do país, atrás apenas do Molico Osasco e da Unilever. As levantadoras são medianas mais acho que vão dar conta do recado. As centrais não são nenhuma “Fabiana” ou “Thaisa” mas não devem comprometer. Tássia, a líbero também não eh nenhuma “Fabí”, mas não perde para líberos como C. Brait ou Léia. O trunfo vem com as ponteiras: Tandara e Ramirez são jogadoras de definição e que devem assumir papel fundamental para guiar o time. Além disso, o time contratou ponteiras experientes (Jú Costa e Sassá) que equilibrarão o passe e que, inclusive, devem brigar pela titularidade. Quanto a americana, é uma incógnita. Pode surgir como revelação no time e despontar na Superliga. Mas acredito que no início deve entrar aos poucos, nas inversões 5X1, pra ir ganhando ritmo de jogo.

  • Patricia

    Isso é o que eu não entendo, se é pra apostar em jogadora desconhecida, jovem, etc…. porque não uma brasileira da seleção juvenil? acho um absurdo certas contratações. Se é pra contratar estrangeiras prefiro as mais experientes, que realmente vem pra ajudar a equipe.

  • Rodrigo

    Acho que as pontas trm varias opçoes. Espero que seja bem utilizada essa americana, porque Sassa e Ramirez sao instaveis. E a primeira tem um ataque mediano. Fico com medo do meio de rede… Era melhor com Scott e Angelica, ficou medio com Nat e myhara, e agora piorou…

  • Mick

    Daniel a Herrera postou uma foto dela jogando contra o Osasco com a legenda “Humm preparandome”. Sabe se ela continua no Brasil, ela não respondeu as perguntas, ou ela só esta fazendo suspense.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo