Vaivém: Dupla de levantadores anunciada pelo Sesi



O Sesi começou a confirmar, nesta segunda-feira, o elenco para a próxima temporada.

Depois de anunciar a renovação do técnico Rubinho, o vice-campeão da Superliga Cimed  masculina anunciou a permanência da dupla de levantadores: William Arjona, campeão olímpico e eleito o melhor da posição na temporada 2017/18, e Evandro Batista.

Com 39 anos, William não pensa em parar. E demonstra satisfação com o primeiro ano no projeto paulista.

– Estou feliz em continuar, sinto que ainda tenho muita coisa para fazer aqui no Sesi-SP. O time cresceu, evoluiu, e eu evoluí. Chegamos a duas finais importantes, na Copa do Brasil e Superliga, faltou um detalhezinho para a gente ganhar, mas sem dúvidas o trabalho foi bem feito e estamos no caminho certo – comentou.

Sobre o futuro, William prevê dias melhores:

William em ação na final da Superliga (CBV Divulgação)

– Agora vamos partir de um padrão, já temos um conhecimento, uma filosofia, e isso é muito importante, não estamos começando do zero. Isso vai ajudar a gente, acho que o Sesi-SP está acertando demais em conseguir manter a maioria dos jogadores para que a gente possa começar de uma maneira diferente, dando continuidade no trabalho.

Evandro também irá para a segunda temporada no Sesi, após passagens pelo Bento Vôlei, UCS, Ulbra, Banespa, Unisul, Suzano, Benfica (Portugal), Isernia (Itália), Vitória de Guimarães (Portugal), Vôlei Futuro, Vivo Minas e Canoas.

– Eu fico muito feliz em ver que correspondi às expectativas da comissão técnica e do time. Ser reserva de um craque como o William não é fácil, pois você sempre será comparado ao melhor levantador da atualidade. Achei que foi um ano de muito crescimento técnico, tático e como pessoa. Tive oportunidade de voltar a trabalhar com amigos, como é o caso do Murilo, Renato e Lucão. Agora devemos dar continuidade ao trabalho para conseguir chegar ao lugar mais alto do pódio – disse Evandro.

LEIA TAMBÉM

+ Sada/Cruzeiro anuncia americano Sander



MaisRecentes

Quem se deu bem nos grupos da segunda fase do Mundial masculino?



Continue Lendo

Brasil cumpre obrigação e agora torce por rival por liderança



Continue Lendo

Brasil se recupera, vence o Canadá e ainda pode ser 1º do grupo



Continue Lendo