Vaivém: “Decido meu futuro até segunda”, diz Bruninho



Em entrevista ao blog, o levantador Bruninho prometeu decidir o futuro até o início da próxima semana.

Ele admitiu ter ficado balançado com a proposta do RJX. Ela o fez repensar a mudança, que era dada como certa, para o Modena (ITA).

– A proposta me deixou dividido. Estava disposto a ir para a Itália mesmo, mas o pessoal de Modena está propondo um contrato longo e isso está emperrando um pouco. O pessoal do RJX me deu um dead-line para decidir até segunda. Vou passar o fim de semana pensando nisso – disse o levantador.

Bruninho revelou ainda ter falado por telefone com Marlon, companheiro de Seleção, que defendeu o RJX na última temporada, assim que recebeu a proposta.

– Liguei para ele assim que me procuraram. Existe um respeito mútuo entre nós dois.  Quando ele me disse que estava de saída, fiquei mais tranquilo. Estou amadurecendo a ideia desde terça, quarta-feira.

Ele disse também ter conversado com Renan Dal Zotto. Na noite desta sexta, a Cimed comunicou a imprensa que está se retirando do vôlei. Ainda assim, existe a possibilidade de manutenção do time em Florianópolis, com outro patrocinador.

– Eu o avisei que não posso esperar muito. O limite é até segunda – reforçou Bruno, que jogou sete temporadas na capital catarinense, e descartou a possibilidade de jogar na Rússia.



MaisRecentes

Conheça Kadu, a novidade da Seleção nos jogos pré-Mundial



Continue Lendo

Em dia de justa homenagem por ouro em Pequim, Brasil perde a quarta seguida



Continue Lendo

Coluna: Uma semana estranha para o vôlei brasileiro



Continue Lendo