Vaivém: Dança das cadeiras entre os treinadores



Alê Rivetti está fora do Brasil Kirin. Já é oficial.

Com a indefinição do futuro do RJ Vôlei, não me surpreenderia se Marcelo Fronckowiak pintasse na equipe de Campinas.

Para Rivetti, o futuro pode estar em Volta Redonda.

Aguardemos os próximos capítulos.



  • Rapha

    Daniel, essa historia que o Minas ta sem patrocinio no masculino procede?

    • Daniel Bortoletto

      quando tiver apuração, postarei sobre isso

  • Osmar Cordeiro

    Rivetti fez um belo trabalho , sofreu com elenco que se teve baixas por contusões como do Tavares , Bravo e Diogo . Chegou na final do paulista e semi da Copa Brasil e Superliga , acredito que ele deva aparecer no Praia Clube no feminino . O Fronckowiak é um grande nome e com o bom elenco e reforços em Campinas pode conseguir bons resultados .

  • Rodrigo

    Daniel, é verdade q o Giovani (ex do masc. do Sesi) será no novo técnico do Maranhão/Cemar ??? O técnico Chicao desistiu do projeto do Maranhão ???

  • Edu

    Pelo que vi o Giovane esteve em Piracicaba, a convite da prefeitura, para tentar viabilizar um projeto de vólei feminino.Não sei como as coisas como as coisas evoluíram depois das reuniões e com a decisão da CBV em diminuir para doze o numero de equipes para a temporada 2014/2015.Rivetti fez um excelente trabalho no Kirin Campinas.Foi o terceiro melhor time da liga, de longe, e vice paulista.O Volta Redonda praticamente impôs um perdão de parte grande de suas dividas – sob a alegação que abandonaria a competição – nessa temporada.Se o Rivetti for para lá ele esta ciente que as condições de trabalho não são as ideais.

MaisRecentes

Dentil/Praia Clube e Sesc abrem vantagem



Continue Lendo

Corinthians faz melhor jogo na Superliga



Continue Lendo

Coluna: A imprevisível Superliga feminina



Continue Lendo