Vaivém: confirmações do dia



Antes de iniciar a jornada de volta ao Rio, um pequeno giro de confirmações do mercado:

– A oposto Lia foi anunciada pela Usiminas/Minas.

– O oposto Leandro Vissotto confirmou a transferência para o Ural Ufa, da Rússia, após uma temporada em Cuneo (ITA).

– A Unilever anunciou a renovação dos contratos da ponta Amanda e da central Valeskinha.

– O time feminino do Sesi terá Ingrid, ex-Mackenzie Cia do Terno, como uma das opostos.



  • Jairo(RJ)

    Daniel, na sua opinião quem tem o campeonato de vôlei mais forte: Itália ou Rússia?

  • Fabiano

    A Amanda só deve jogar no Rio, ou melhor, jogar às vezes no Rio. Uma eterna reserva.

    Lia no Usiminas/Minas? Por essa eu não imagina. Não é uma jogadora fenomenal, mas achei que seria alguém pior, afinal pelo que parece grana é e sempre será o problema do volei feminino do Minas.

    Já o Sesi fez uma ótima contratação. A Ingrid tem um grande potencial e precisava de um time mais forte pra desenvolver o seu voleibol.

  • Jailson

    Coragem do Vissotto trocar o campeonato italiano pelo russo…

  • Jailson

    Qualificatório Olímpico Masculino da Norceca.
    Transmissão ao vivo: http://usavlive.com/

  • Guga

    heuae Lia??

    Nao conheco uma Oposta que gosta mais do Block do que ela, sem Herrera e a outra la q esqeci o nome, o Minas sera um mero coadjuvante, junto com o VF, Osasco vem forte, e o Rio ate agora nao se cutulcou publicamente.

  • Edson Pelegrino

    Ótima contratação,mas acho que a Ingrid vai colocar a Elisângela no banco!

  • klaus

    O problema da Ingrid é que ela só tem 1,78m , altura muito baixa para uma oposta, mas mesmo assim jogou muito no Makenzie.

  • Adriano

    Daniel, falando em Ingrid, estou curioso em saber: o Mackenzie está esperando os times se definirem para ver o que sobra no mercado ou é possível que ele nem participe da próxima Superliga? É um dos poucos times sobre o qual não se escutou notícia alguma e a equipe titular já se desmontou praticamente inteira. A pergunta vale também para o Macaé. Acho que são os únicos pequenos que ainda não se manifestaram – até São Caetano e Rio do Sul já estão se movimentando.

    • carlos

      Macaé como sempre pega o que sobra na feira…. o que sobrar o macaé pega…lamentável…. um time que já teve o patrocínio da Petrobras qnd surgiu a equipe na temporada 97/98, e contava com marcis Fú e Izabel…. está em decadência…. o culpado? O técnico do Osasco…..

  • Guilherme Henriques

    Adriano , sou de Bh e durante o campeonato brasileiro de seleções estaduais feminina que aconteceu aqui , tive conversando com o Ricardo Piccini , técnico do Mackeinze , ele me disse que perdeu a base quase que toda do time . Lara foi para o Pinheiros , a Hage foi para o Praia , Ingrid no Sesi , Gabi no Unilever , Pri e Daroit indo para o Campinas , infelizmente são perdas muito grandes “/ , e difíceis de repor , com uma estrutura ñ tao boa , quanto ah dos times do RJ e SP . Torço para que esse guerreiro consiga montar um novo time , que possa surpreender o Brasil , como fez na temporada passada . O Usiminas/Minas vive uma situação um pouco parecida , falta de dinheiro , Aqui em bh , falam que a Usiminas não deixou a MRV entrar no projeto e investir mais dinheiro nessa equipe que tem muita tradição no voleibol nacional. A Justificativa da Usiminas , que não é oficial , seria de que com a entrada de capital da construtora MRV , a Usiminas teria que destinar parte do dinheiro que investe no minas , para pagamento de impostos . Sou mineiro , apaixonado por volei , e torço para que nossos representantes na superliga 2012/13 , honre a tradição e o carinho que Minas Gerais representa no volei brasileiro . Abraço

MaisRecentes

Semana positiva das Seleções adultas



Continue Lendo

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo