Vaivém: Com cubana, São Caetano apresenta time



O São Cristóvão Saúde/São Caetano anunciou seu elenco para a temporada 2017/18.

O destaque da equipe do ABC Paulista é a ponta Fernanda Tomé, 27 anos. Uma das remanescentes da última Superliga, ela foi convocada para a Seleção Brasileira e disputou os amistosos contra a República Dominicana em Manaus e Belém nesta semana. Tomé renovou com o São Caetano, apesar de diversas sondagens para trocar de equipe.

O clube paulista contará com um elenco jovem, média de idade de 24 anos. As levantadoras são Lyara Medeiros, titular da Seleção Brasileira sub-23, tem 21 anos e estava no Vôlei Bauru, e Ana Flávia, 20 anos, titular da equipe sub-21 que disputa o Campeonato Paulista.

As meios de rede são Camila Paracatu, 29 anos, uma das mais experientes, jogava no Rio do Sul, e Gabriela Penna, que estava no São Bernardo na última temporada, mas é formada na base do São Caetano. Segundo o clube, mais uma jogadora para a posição está em negociação deverá ser anunciada na próxima semana. Quem está de volta também é a ponta Sonaly, de 23 anos, que estava no Rio do Sul e retorna para o clube.

A cubana Anet (Divulgação)

A cubana Anet (Divulgação)

Já as opostos são Sabrina, do Bradesco/Osasco e a cubana Anet Alfonso. Com 20 anos e 1,87m, ela fez parte do elenco da seleção no Grand Prix de 2013, com 16. Ela jogou o último Campeonato Mundial sub-23, na Turquia. Na ocasião, ela marcou 34 pontos (23 no ataque, 10 no bloqueio e 1 no saque). Rosamaria, a maior pontuadora do brasileira, terminou com 88. Martinez, oposto dominicana, fez 130. Anet apareceu aida como 30ª melhor atacante no aproveitamento, com 25,8% de acerto. Cuba dividiu com o Egito o último lugar na competição, que foi vencida pelo Brasil.

Para fechar o elenco a líbero é Andressa Krachefski, 29 anos, ex-Renata/Valinhos.

– É um time jovem, mas com muitos talentos e todas foram escolhidas a dedo. Nós esperamos fazer uma boa temporada e classificar para os playoffs na Superliga e montar uma base para as próximas temporadas – afirma o técnico Hairton Cabral.



MaisRecentes

Conheça Kadu, a novidade da Seleção nos jogos pré-Mundial



Continue Lendo

Em dia de justa homenagem por ouro em Pequim, Brasil perde a quarta seguida



Continue Lendo

Coluna: Uma semana estranha para o vôlei brasileiro



Continue Lendo