Vaivém: Bernardinho analisa contratação de Kosheleva



O Sesc confirmou, na manhã desta terça-feira, a contratação da ponta russa Kosheleva.

O técnico Bernardinho fez uma análise da negociação e falou sobre a recuperação da cirurgia no joelho da jogadora.

A NEGOCIAÇÃO

– Foi uma oportunidade que surgiu e não tínhamos como deixar passar. A possibilidade de contratá-la apareceu e, dentro de uma condição viável, já que se trata de uma jogadora de altíssimo nível, nós agarramos. Fizemos o que era possível, contamos com a colaboração das pessoas que trabalham com ela, e agora temos a alegria de contar com a Kosheleva para a próxima temporada.

O ACORDO

– Pelo que chegou até a gente, ela tem conhecimento do nosso trabalho, possui algumas boas referências e demonstrou muito interesse em trabalhar conosco. E isso nos orgulha muito. Ver uma jogadora desse nível criar essa expectativa, ter essa perspectiva de trabalhar com a gente. Nossa intenção é tê-la na melhor condição possível e no momento adequado. Não vamos apressar nenhum prazo, até porque o mais importante é a integridade, a carreira da atleta. Depois, pensaremos em como iremos usá-la da melhor maneira possível, para que ela possa ser esse reforço que nós acreditamos que ela será.

kosheleva em ação pela seleção russa (Divulgação CEV)

A RECUPERAÇÃO

– Estamos, desde já, mantendo contato direto com o pessoal responsável pela recuperação dela. É fundamental que as duas áreas estejam se falando. Recebemos alguns vídeos dela e vimos que ela está num ponto da recuperação até superior ao que eu imaginava, devido ao pouco tempo passado desde que ela fez a cirurgia. Vamos seguir conversando e trabalhando para ver qual será o melhor momento para ela chegar ao Brasil.

A EXPECTATIVA

– É uma honra ter uma jogadora desse padrão em nosso time. Vamos ajustar para que ela possa render o seu máximo, para colocá-la bem em quadra. Que ela possa se recuperar bem do joelho, entrar em forma e voltar a ser uma das principais atacantes do mundo. Vamos trabalhar como sempre a gente fez. Desenvolver a jogadora e, com a qualidade que ela já tem, esperar que possa nos ajudar a brigar por títulos nesta temporada.



MaisRecentes

Seleção mantém embalo e não toma conhecimento das dominicanas



Continue Lendo

Vaivém: Site crava volta de Hooker ao Osasco



Continue Lendo

Brasil não toma conhecimento da Argentina



Continue Lendo