Vaivém: Aprovado com louvor, Lavarini vira peça-chave do Minas



O Camponesa/Minas versão 2018/2019 tentará ter ainda mais a cara do técnico italiano Stefano Lavarini.

A avaliação da diretoria minastenista sobre o treinador na atual temporada foi extremamente positiva. E isso vai da capacidade dele se adaptar ao vôlei brasileiro e ao idioma português, passa pelo trabalho técnico e tático diário em quadra, além da gestão do grupo até culminar com os resultados.

O Minas conquistou os títulos sul-americano e mineiro, além de ter ficado em terceiro lugar na Superliga. Com um detalhe: o time foi praticamente todo montado antes da chegada do italiano. Ontem, ele voltou para as férias na Itália, deixou a renovação de contrato acertada e a lista de pedidos para a montagem da equipe.

– Quando o Paulinho (Coco) saiu, fomos ao mercado em busca de algo novo, fresco. Até com uma visão do futebol de dar chance para um técnico novo. Esgotamos as possibilidades no Brasil, pois acreditávamos que qualquer escolhido sofreria muita pressão, até pintar o nome do Stefano. Admito que não o conhecia bem. Foi uma aposta e deu super certo. A temporada foi muito positiva no primeiro ano dele. Todos ficaram impressionados com o profissionalismo dele. Quando ele chegou ao Minas já conhecia os nomes de todas as jogadoras brasileiras, não só as nossas, mas as adversárias. Já havia estudado as rotações dos outros times. Rapidamente estava falando um excelente português. Nos conquistou pelo jeito de trabalhar, pela visão objetiva, pelo trabalho estatístico muito bem feito. Digo que o Stefano trouxe para nosso time a paixão do italiano, uma característica que nos faltava – comentou Keyla Monadjemi, diretora de vôlei feminino do Minas.

Stefanp Lavarini teve ótima temporada de estreia no Brasil (Divulgação)

Além da renovação com Stefano Lavarini, Keyla confirmou a manutenção de três titulares: a levantadora Macris, a central Mara e a líbero Léia. O foco da montagem do time está, neste momento, em uma oposto, pontas e a segunda levantadora. A americana Hooker, após duas temporadas, não é prioridade e dificilmente voltará. Pri Daroit já saiu e Rosamaria, valorizada no mercado, ainda é uma incógnita. O Minas, como não poderia deixar de ser, negocia a renovação da capitã Carol Gattaz.

Diferentemente das últimas temporadas, o Minas tem um motivo especial para antecipar a montagem do elenco: a disputa do Campeonato Mundial, no início de dezembro, na China. O torcedor deve se lembrar que o clube fez algumas contratações de impacto depois deste prazo recentemente: Jaqueline, as próprias Hooker e Newcombe…

– Vamos ter um time mais forte e mais competitivo, para fazer um papel bem legal no Mundial. Aqui temos um lema de trabalhar sempre dentro da realidade orçamentária. Nos últimos anos, o Minas nos liberou um recurso extra já com a temporada em andamento e assim pudemos contratar algumas atletas. Para 2018/2019, o clube já liberou essa verba – revelou Keyla, que ainda negocia a renovação do patrocínio com a Camponesa.

Outro pilar histórico do Minas também será mantido na montagem do time para a próxima temporada: a valorização das categorias de base.

Keyla na homenagem para a levantadora Karine (Divulgação)

– Somos um clube emblemático neste aspecto na revelação, formação e lapidação de atletas. E temos uma estrutura que nos permite seguir nesta linha de pensamento. Digo que estamos colhendo hoje um trabalho feito lá atrás. Já são quatro temporadas seguidas terminando entre os quatro da Superliga. Voltamos a vencer o Mineiro depois de um tempo, ganhamos título internacional… Tudo isso é importante para motivar a base. É difícil sempre brigar lá em cima, mas estamos no caminho certo.

A diretora do Minas ainda lamentou a saída da Nestlé do projeto de Osasco.

– É com muito pesar que vejo a saída da Nestlé, que sempre investiu forte e obteve resultados positivos.

ATUALIZAÇÃO: No início da tarde, o Minas confirmou, por intermédio de nota oficial, a renovação de Lavarini, Macris, Mara, Léia, além das jovens Mayani (central) e Geórgia (líbero/ponta).

LEIA TAMBÉM

+ Luizomar confia em manutenção do time de Osasco



MaisRecentes

Atuação ruim tira Brasil da final da Copa Pan-Americana



Continue Lendo

Vôlei Renata anuncia novidades para a temporada



Continue Lendo

Jaqueline anuncia aposentadoria da Seleção



Continue Lendo