Vaivém: a situação da Cimed, sem a SKY



O projeto Cimed é uma interrogação para a temporada 2012/2013.

O tradicional time catarinense não contará mais com o aporte importante da SKY e fará reuniões na próxima semana para definir se o time masculino será mantido ou não.

Em entrevista ao blog, Renan Dal Zotto, gerente de esportes da Cimed, confirmou a indefinição.

– Hoje eu não me arriscaria a dizer qual a porcentagem de seguir, qual seria o tamanho, de descontinuar… Está tudo indefinido. Na semana que vamos nos reunir e buscar essas respostas. É assim todo ano. Vamos esperar – disse o ex-jogador da Seleção, por telefone.

Os jogadores, que ainda estão sob contrato até o fim da Superliga, já sabem da indefinição e muitos receberam sondagens de outros clubes. Como postei no blog mais cedo, João Paulo Tavares, por exemplo, aceitou jogar os playoffs da Série A-2 do Italiano.  http://blogs.lancenet.com.br/volei/2012/04/13/vaivem-joao-paulo-tavares-na-italia/

Giba e Gustavo, que estão ligados à SKY desde o projeto com o Pinheiros, estão no mercado. Eder e Renato receberam sondagens do Sesi e da Medley/Campinas.

– Faz parte. É normal nesta época times fazerem contatos, procurar jogadores. Muitos estão se mexendo.

Criada em 2005, a Cimed  conquistou quatro títulos da Superliga (2005/2006, 2007/2008, 2008/2009 e 2009/2010).

 



MaisRecentes

Vaivém: Claudinha chega com moral ao Osasco/Audax



Continue Lendo

Vaivém: “Livre”, Thaisa seguirá atuando no Brasil



Continue Lendo

Jaqueline chega ao Japão para substituir Drussyla



Continue Lendo